Tópico da segurança rodoviária. Hyundai i30 falha teste do alce - Página 6
 Rede MPL:
Página 6 de 23 PrimeiraPrimeira ... 56716 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 151 para 180 de 680
Like Tree53Likes

Título: Tópico da segurança rodoviária. Hyundai i30 falha teste do alce

  1. #151
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito Suspension Failure on Saturn S.U.V.'s in Rollover Tests

    By DANNY HAKIM

    Published: Tuesday, July 27, 2004

    Suspension Failure on Saturn S.U.V.'s in Rollover Tests Prompts Inquiry - The New York Times



    The suspensions on two Saturn Vue sport utility vehicles broke during rollover tests performed by the government last month, causing the left rear wheels of the vehicles to collapse. The suspension failures occurred in separate tests of the two- and four-wheel-drive versions of the Vue, which is made by General Motors.
    The National Highway Traffic Safety Administration is investigating why the failures occurred, according to a brief summary of the investigation posted late last week on the agency's Web site. The process often takes more than a year and must be completed before the agency orders a recall, if it so chooses.
    In interviews yesterday, consumer advocates called on G.M. to voluntarily recall the vehicles and said that the test results suggested a flaw in their design.
    ''I can't think of a government test in recent memory that resulted in such a catastrophic failure,'' said Clarence Ditlow, director of the Center for Auto Safety, a consumer advocacy group.
    ''It's truly amazing that both vehicles had the same failures,'' he added, referring to the similar outcome on both models. ''That shows you there's a design problem.''
    Jim Schell, a spokesman for G.M., had no comment on the test result or on whether G.M. was planning a recall, other than to say G.M. was cooperating with the agency's investigation.
    More than 200,000 Saturn Vues have been sold in the United States since the models went on sale in 2001, according to Ward's AutoInfoBank.
    ''They should immediately fix this,'' said Joan Claybrook, the president of Public Citizen, a consumer advocacy group that has backed a Senate proposal to create minimum rollover performance standards for all cars and trucks.
    ''The vehicle has its own tripping mechanism,'' she added. ''I would urge General Motors to immediately recall these vehicles.''
    Rae Tyson, a spokesman for the traffic safety agency, said, ''We've opened a defect investigation,'' but would add little beyond that because the investigation is continuing.
    He would not say whether the two 2004 Vue models tested by the government tipped up on two wheels after the suspension failures.
    ''The test results are still under review,'' he said.
    The agency did say, in its investigation summary, that they had received a complaint from a Vue driver who experienced a similar failure earlier this year that led to a rollover. In that case, the left rear wheel of a 2003 model Vue ''bent underneath the vehicle,'' the summary said.
    Rollovers have been an area of increasing scrutiny because of surging sales of S.U.V.'s and pickup trucks, which are more prone to roll over than passenger cars because of their higher ground clearance.
    This year, the traffic safety agency has been conducting its first rollover tests on a track. Previously, the agency used a mathematical formula, factoring in a vehicle's specifications, to predict rollover risk. Congress ordered the agency to devise a track test after nearly 300 people died in rollovers of Explorers equipped with Firestone tires in the late 1990's.
    In the new tests, conducted at speeds of 35 to 50 miles an hour, vehicles are driven through as many as 10 maneuvers known as fishhooks. The maneuver simulates the kind of jarring swerve that might happen when vehicles drift off the road and then the drivers overcompensate while trying to recover.
    The suspension of the four-wheel-drive Vue failed at 45 m.p.h., according to the agency's summary; the summary said the two-wheel-drive Vue had ''a similar rear suspension failure'' but did not say at what speed.
    Several S.U.V.'s and pickup trucks have tipped up on two wheels during the new tests, indicating an imminent rollover risk. Vehicles do not actually roll over on the test track because they are equipped with metal wings, known as outriggers, to protect the test drivers.
    Sales of the Vue were up nearly 17 percent in the first half of the year, according to the Autodata Corporation, as consumers appeared to consider smaller, more fuel-efficient S.U.V.'s in light of higher gas prices.
    For G.M., the world's largest automaker, the Vue test results are the latest problem in what has been a difficult year for recall-related issues. The company recalled more vehicles in the first four months of this year than it did in all of 2003, costing it $200 million more than it expected in the first quarter.
    G.M. has made strides in quality surveys in recent years, with its Cadillac brand especially thriving in the eyes of its customers, according to J.D. Power & Associates. But long-term reputations for quality and dependability are considered by analysts to be a key reason that competitors like Toyota and Honda spend far less on rebates to entice buyers than do the traditional domestic automakers.
    Not that Japanese automakers are immune to recalls, which are increasingly common as vehicles become more loaded with safety and entertainment gadgetry. On Monday, Toyota said it was recalling nearly 130,000 Camry sedans to fix faulty side airbags that might not properly inflate in an accident.
    Photos: More than 200,000 Vues have been sold in the United States since 2001. (pg. C1); The left rear wheels on two Saturn Vues collapsed during testing by the government last month. A full inquiry could take more than a year. (pg. C6)


  2. #152
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito Firestone and Ford tire controversy

    The Firestone and Ford tire controversy was a period of unusually high tire failures on some Ford vehicles, resulting in numerous accidents.
    In May 2000, the National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA) contacted Ford and Firestone about the high incidence of tire failure on Ford Explorers, Mercury Mountaineers, and Mazda Navajos fitted with Firestone tires. Ford investigated and found that several models of 15" Firestone tires (ATX, ATX II, and Wilderness AT) had very high failure rates, especially those made at Firestone's Decatur, Illinois plant. This was one of the leading factors to the closing of the Decatur plant.[1]
    Joan Claybrook, who was the president of the public advocacy group Public Citizen and previously an Administrator of the NHTSA, stated before the Transportation Subcommittee United States Senate Committee on Appropriations on September 6, 2000, that, "there was a documented coverup by Ford and Firestone of the 500 defect". Also Clarence Ditlow; Executive Director for the Centre for Auto Safety in his statement before the Senate Committee on Commerce, Science and Transportation in Washington DC, September 20 2000[2] stated "Emerging Information shows that both Ford and Firestone had early knowledge of tread separation in Firestone Tires fitted to Ford Explorer vehicles but at no point informed the NHTSA of their findings".
    The Ford Explorer was first offered for sale in March 1990. Ford internal documents show the company engineers recommended changes to the vehicle design after it rolled over in company tests prior to introduction, but other than a few minor changes, the suspension and track width were not changed. Instead, Ford, which sets the specifications for the manufacture of its tires, decided to remove air from the tires, lowering the recommended psi to 26. The Firestone-recommended psi molded into the tire for maximum load is 35psi.
    The failures all involved tread separation—the tread peeling off followed often by tire disintegration. If that happened, and the vehicle was running at speed, there was a high likelihood of the vehicle leaving the road and rolling over. Many rollovers cause serious injury and even death; it has been estimated that over 250 deaths and more than 3,000 serious injuries resulted from these failures.
    Ford and Firestone have both blamed the other for the failures, which has led to the severing of relations between the two companies. Firestone has claimed that they have found no faults in design nor manufacture, and that failures have been caused by Ford's recommended tire pressure being too low and the Explorer's design. Ford, meanwhile, point out that Goodyear tires to the same specification have a spotless safety record when installed on the Explorer, although an extra liner was included into the Goodyear design after recommendations to that effect were made to Ford. Firestone included an extra liner in its product and this was then also used to replace tires on Ford Explorers.
    Many outside observers tend towards blaming both parties; Firestone's tires being prone to tread separation and failure, and the SUVs being especially prone to rolling over if a tire fails at speed compared to other vehicles. A subsequent NHTSA investigation of real world accident data showed that the SUVs in question were no more likely to roll over than any other SUV.[3]
    A product recall was announced, allowing Explorer owners (and owners of its stablemates) to change the affected tires for others.
    A large number of lawsuits have been filed against both Ford and Firestone, some unsuccessful, some settled out of court, and a few successful. Lawyers for the plaintiffs have argued that both Ford and Firestone knew of the dangers but did nothing, and that specifically Ford knew that the Explorer was highly prone to rollovers. Ford denies these allegations.
    Car and Driver magazine tested a first-generation Explorer with a built-in rollcage and a special device that would flatten the tire at the push of a button. While driven by professionals on a closed track, the Explorer did not flip in any of the numerous tests.
    In a 2001 letter to Ford Motor Company Chief Executive at the time Jacques Nassar, then Chairman / CEO of Bridgestone/Firestone announced that Bridgestone/Firestone would no longer enter into new contracts with Ford Motor Company, effectively ending a 100-year supply relationship.[4]

    http://en.wikipedia.org/wiki/Firestone_and_Ford_tire_controversy


    www.automotiveblogger.net/2007/03/


    http://www.consumeraffairs.com/news04/uhaul_ford.html


    www.lagardelaw.com/ford_explorer.php
    Última edição por GTTDI : 21-06-09 às 21:36:28

  3. #153
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito Dia Europeu para a Segurança em Passagens de Nível




    REFER associa-se ao Dia Europeu para a Segurança em Passagens de Nível
    25/ Junho/2009 17:03



    Os acidentes em passagens de nível foram o tema em discussão na manhã de hoje, no Centro Cultural de Belém, num evento em que a Rede Ferroviária Nacional assinou a Carta Europeia de Segurança Rodoviária e revelou as linhas orientadoras para 2011.


    Foto: Direitos reservados


    600 vítimas por ano. É este o número de mortes, na Europa, em acidentes relacionados com passagens de nível. Para contrariar estes dados, a REFER associou-se ao Dia Europeu para a Segurança em Passagens de Nível e iniciou uma campanha de comunicação sob o lema 'Pare, escute e olhe', que pretende promover um modelo educativo de incentivo ao comportamento seguro, consciente e cívico nas passagens de nível. Em Portugal, os números revelados pela entidade indicam que, em 2008, houve 55 acidentes neste locais, dos quais resultaram 17 mortos - uma cifra que a REFER pretende reduzir para metade já em 2011. Preocupados com os índices de mortalidade, a Comissão Europeia, o Fórum Europeu de Tranportes, a União Internacional dos Caminhos-de-ferro e o Conselho Europeu para a Segurança nos transportes apostaram numa campanha de sensibilização simultânea nos 28 países aderentes, tendo sido planeadas inúmeras acções de comunicação à escala europeia, desde a distribuição de folhetos em passagens de nível, escolas, escolas de condução até a mensagens de sensibilização difundidas na rádio e televisão.




    O Presidente do Conselho da Administração da REFER, Luís Filipe Pardal, referiu que a adesão da empresa à Carta Europeia de Segurança Rodoviária permite 'maior visibilidade dentro da Comissão Europeia' e tem como objectivo 'reduzir a sinistralidade', ao mesmo tempo que chama a atenção dos utilizadores de que 'o seu comportamento é determinante para evitar acidentes'. A campanha de sensibilização vai passar nos principais canais de rádio e televisão, mas é nas políticas educativas e na comunicação local com as populações onde a REFER espera captar a atenção dos utilizadores, contando, também, com o apoio dos meios de comunicação social. A Rede Ferroviária Nacional referiu igualmente que no quarto trimestre de 2009 será divulgado um Livro Verde sobre a Segurança nas Passagens de Nível, permitindo a todos o acesso às práticas correctas e ao código de conduta a cumprir nestes locais.




    Paul Veron, o Director de Comunicação da União Internacional dos Caminhos-de-Ferro (UIC), afirmou que o Dia Europeu para a Segurança em Passagens de Nível promove o 'desenvolvimento dos transportes rodoviários', ao mesmo tempo que alerta para a percentagem de 95% de mortes em passagens de nível devido à prática de transgressões automóveis. De acordo com Veron, 'este é um problema da sociedade e não apenas dos caminhos-de-ferro', afirmando que a UIC propõe-se a actuar na educação e adopção de um 'comportamento seguro', através de campanhas locais e não 'de massas', salientando a componente 'multi-modal' dos acidentes em passagens de nível.



    Susana Abrantes, do Departamento de Comunicação da REFER, referiu que 'a supressão dos atravessamentos rodoviários sobre os caminhos-de-ferro e a reconstituição e melhoria da segurança em passagens de nível tem sido uma prioridade para a empresa. Nos últimos dez anos, a REFER reduziu de 2494 para 1229 o número destes cruzamentos, num investimento de 269 milhões de euros e que reduziu para metade o número de vítimas mortais em Portugal'.

    http://turbo.sapo.pt/canal.aspx?chan...4-92CEBCB04829
    Última edição por GTTDI : 26-06-09 às 10:17:58

  4. #154
    Piloto Lendário LinoMarques's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Glass City. [Não deite fora as suas revistas de carros - dê-mas!]
    Posts
    36,738

    Por Defeito

    Segundo um relatório ao nível da União Europeia, elaborado pela organização governamental alemã DEKRA, o número de acidentes em que os pesados se têm envolvido, bem como o número de vítimas que causam, tem vindo a diminuir bastante desde os anos 70.

    Um estudo muito interessante, de que cito aqui uma parte:

    "Relatório de Segurança Rodoviária 2009


    Por exemplo, o aumento da instalação dos sistemas de assistência, incentivos financeiros para estas acções, aumento do uso do cinto de segurança, formação contínua e introdução da gestão do risco por parte de organizações relevantes poderiam levar a um progresso em termos de segurança rodoviária.

    O aumento rápido do número de quilómetros percorridos e o aumento da capacidade de transporte, com menor número de mortos e feridos graves: este é o denominador comum no desenvolvimento de veículos pesados de transporte de mercadorias nos últimos anos. De acordo com as estatísticas oficiais na Alemanha, em 1995, 22% dos acidentes envolvendo veículos pesados com mais de 12 toneladas resultou em danos corporais enquanto que em 2007 baixou para apenas 12%. Entre 1995 e 2007, o número de mortos caiu cerca de 40% para 1,095, enquanto que o número de danos corporais graves caiu em 40% para 8,476. Durante o mesmo período, os danos corporais ligeiros caíram em 8.5% para 39,386.

    “Estes números fornecem uma indicação clara de que tem existido um desenvolvimento substancial da segurança rodoviária e dos veículos no que concerne aos veículos que transportam mercadorias”, explicou o Dipl.-Ing. Clemens Klinke, quando apresentou o relatório durante a noite parlamentar, a 7 de Maio, na representação de Baden-Württemberg em Berlim.

    Apesar disso, continua a existir um número de possibilidades por explorar no que respeita a medidas de segurança. Algumas delas envolvem a instalação e integração de elementos de segurança mais activos e efectivos em veículos, como por exemplo, aqueles relativos a dinâmicas de controlo de condução, controlo de velocidade regulado à distância e controlo electrónico de percursos. “Durante anos, todos os veículos comerciais sofreram um grande desenvolvimento nesta área e estão prontos para ficar disponíveis”, afirma Klinke. Até agora nenhum destes sistemas de segurança foi introduzido na produção em série de veículos. De facto, como resultado da grande pressão de custos dos veículos na indústria transportadora, os sistemas apenas foram instalados especificamente em 5% dos novos veículos."

  5. #155
    Piloto Lendário LinoMarques's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Glass City. [Não deite fora as suas revistas de carros - dê-mas!]
    Posts
    36,738

    Por Defeito

    Ainda por parte da DEKRA, temos este excelente conjunto de conselhos para quem conduzir em estradas secundárias:

    "Dicas sobre o comportamento de condutores em estradas secundárias

    É imperdoável cometer erros em estradas secundárias!

    Nunca conduza sem cinto de segurança ou capacete!
    Canalize toda a sua atenção e concentração para a estrada.
    Tome atenção a todos os possíveis intervenientes na estrada – seja um peão ou um veículo agrícola.


    Sair da estrada significa risco de vida!
    • Ajuste a sua velocidade às diferentes situações, especialmente em curvas
    • Antecipe as situações enquanto conduz para evitar manobras bruscas.
    • O ESP no seu veículo ajuda-o a manter-se na faixa.

    As ultrapassagens são sempre arriscadas!
    • Atenção: a faixa livre pertence ao trânsito que circula em sentido contrário.
    • Antes de mudar de faixa – olhe pelos espelhos e use o pisca.
    • Na dúvida, nunca ultrapasse!

    Cruzamentos – tenha atenção!
    • Faça conta com os veículos agrícolas que, a qualquer momento, podem entrar ou sair da estrada ou mesmo atravessá-la.
    • Dê tempo quando estiver a cruzar ou a entrar na estrada – é mais difícil avistar os motociclos.
    • Tenha em conta que um veículo que está a entrar na estrada precisa de tempo para acelerar."

  6. #156
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito http://special-reports.pickuptrucks.com/2008/11/braking.html

    Braking - PickupTrucks.com Special Reports

    Braking

    Posted by Mike Levine | November 14, 2008
    60 to 0 MPH Brake Test

    Our brake test was the simplest test we performed. We accelerated each truck to 60 mph then fully applied the brakes to find out which truck would stop in the shortest distance. We ran each truck a minimum of three times, unloaded, in two-wheel drive with traction and stability control enabled. The best stopping distance determined the winner.
    It’s not surprising that the Toyota Tundra and Nissan Titan had the best braking scores. They have the largest brakes available in the segment, though the Tundra really stood out from all the other trucks; it stopped 7 feet shorter than the Titan.


    Again, we saw a dramatic difference in how the Silverado and Sierra performed relative to each other. The Sierra had the longest braking distance of all the trucks tested, 15.4 feet longer than the third-place Silverado. We don’t think the Sierra’s more aggressive rear shocks were the only reason for this gap, but we’re at a loss to figure out where the rest of the difference came from, given the wheels, tires and powertrains were identical, and we only measured a 40-pound curb-weight difference between the trucks.
    The stopping distances of the second- and fifth-place trucks were only about 8 feet apart — incredibly close — versus a nearly 24-foot difference between the first- and sixth-place trucks.

  7. #157
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito

    Achtung Blitzeinschlag



    Attention lightning strike

    With the car surely by the thunder weather If on a damp-stifling summer day in the sky which together-brews itself, drivers are well protected contrary to pedestrians and cyclists with lightning strike. Is that really like that?

    Lightning discharges - since always an impressing, in addition, furchteinflößendes Naturspektakel - are to be observed interesting to enjoy however also with caution: Here originate in tensions up to some hundred million V with rivers between 10,000 and 20,000 ampere. In the comparison: Household electricity mains are appropriate for maximally 15 to 25 ampere with 250 V of tension. Drivers are fine in this case raus. Scientifically it is proven who within a sheet metal or a metal housing is and this from the inside not affected, is before lightning strike surely. Lightning is led away over the closed metal body to the earth, so the so-called cage principle to Faraday. Which you should absolutely consider as drivers despite reduced lightning strike danger:

    • As parking lot during a thunderstorm none in relation to the environment increased points select • Windows and sun roof close
    • Antennas, as far as possible, draw in (could be critical in the case of the case for the attached electronic devices and their wiring)
    • Mobile phone do not use and/or from the antenna separate
    • In the interior one should not metal parts, which stand with the body in connection, affects, which might represent a problem during the nowadays usual plastic lining hardly. In addition is valid: Motorized road users must count with thunderstorm particularly on poor visibility, hail showers, gusts of wind, aquaplaning, torn off branches and other obstacles on the lane. more… If lightning hits now nevertheless? Naturally lightning can hit also into a car, which occurs extremely rarely however. Then fright reactions are conceivable for the passengers, caused by the blend and bang effect. Absolutely retain to peace. Perhaps only your car can carry some wounds of it. Since a lightning strike is as mentioned very improbable, „genuine “met cars for an investigation were not to be found. With placed behind attempts in high voltage laboratories one could determine however fire-pure at the lacquer as well as straight over the tire flanks.

    Caution with Cabrios and motor home With Cabrios and motor home gaps in mentioned above the Faraday's cage principle can develop. Owing to the usual metal reinforcements with a Cabrio cover construction the lightning strike danger is with closed covers avoided. With an impact lightning is derived over body and tire directly to the ground. Perhaps motor home consists at the roof cutout of plastic, because stroke or folding roofs is not uncommon. For an optimal lightning protection here metal frames should strive and - be with trained, which must be connected metallically with the sheet metal roof. Thus lightning can be led safely to the earth. Campers are exposed to special dangers with thunderstorm. How you protect yourselves, experience here. Two-wheeler drivers and pedestrians need additional protection Motorradfahrer, pedestrians and cyclists should absolutely avoid in the open air the proximity to high objects such as trees, masts in thunder weather. If a thunderstorm surprises you, look for if possible protection under a bridge or a like and hold if necessary you for distance to your motorcycle.

  8. #158
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito O inseguro silencio dos hibridos

    Hoje, 10:29:25 #1 (link) Ruben99
    Pedestre

    Data de Registo: Jun 2009
    Localização: Casa
    Posts: 42
    Poder de avaliar: 0


    Japão impõe ruido aos hibridos
    Pois é, o numero de atropelamentos causados por carros hibridos tem vindo a aumentar! E porque? Porque ao circularem no modo electrico não fazem ruido.
    E como toda a gente sabe os hibridos no Japão tem grade sucesso.
    Tanto a vender como a atropelar pessoas pelo que parece
    Mas o governo japonês quer por fim à este fenómeno e iniciou estudos para impor níveis de ruído mínimos aos híbridos.


    Ao que parece a Lotus ja apresentou o seu sistema "Safe & Sound" que utiliza colunas e microfones colocados pelo carro que não causa ruido dentro do carro, mas no exterior conssegue-se ouvi-lo chegar.

  9. #159
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito teste travoes






  10. #160
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito teste travoes toyota yaris mk1


  11. #161
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito visibilidade traseira teste racv-Australia

    Última edição por GTTDI : 20-07-09 às 16:58:17

  12. #162
    Piloto Lendário LinoMarques's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Glass City. [Não deite fora as suas revistas de carros - dê-mas!]
    Posts
    36,738

    Por Defeito

    A Daihatsu, numa atitude verdadeiramente inacreditável, inqualificável e perfeitamente estúpida, decidiu deixar de disponibilizar o ESP, nem mesmo em opção, como fazia até agora, no seu modelo Cuore.
    O resultado está à vista (ele não fazia isto antes, com ESP):
    (Fonte: www.autobild.de)







    Conclusão: o carro só não capotou porque foi um jornalista automóvel experiente a fazer o teste, e foi um teste, em que se sabia o que ia ser feito.
    Esteve muito mal, a Daihatsu!

  13. #163
    rmp
    rmp está offline
    Piloto de Testes rmp's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2008
    Localização
    Norte
    Posts
    1,299

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por LinoMarques Ver Post
    A Daihatsu, numa atitude verdadeiramente inacreditável, inqualificável e perfeitamente estúpida, decidiu deixar de disponibilizar o ESP, nem mesmo em opção, como fazia até agora, no seu modelo Cuore.
    O resultado está à vista (ele não fazia isto antes, com ESP):
    (Fonte: www.autobild.de)

    [...]

    Conclusão: o carro só não capotou porque foi um jornalista automóvel experiente a fazer o teste, e foi um teste, em que se sabia o que ia ser feito.
    Esteve muito mal, a Daihatsu!
    Eu pensava que estas coisas já não aconteciam em carros actuais...

  14. #164
    Piloto Lendário LinoMarques's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Glass City. [Não deite fora as suas revistas de carros - dê-mas!]
    Posts
    36,738

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rmp Ver Post
    Eu pensava que estas coisas já não aconteciam em carros actuais...
    Pois! Não era suposto acontecerem!

  15. #165
    rmp
    rmp está offline
    Piloto de Testes rmp's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2008
    Localização
    Norte
    Posts
    1,299

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por LinoMarques Ver Post
    Pois! Não era suposto acontecerem!
    O que eu não percebo é como uma marca (para além de vender veículos pouco seguros, o que é gravíssimo) põe em causa a sua imagem para ganhar mais uns trocos...

  16. #166
    Piloto Lendário LinoMarques's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Glass City. [Não deite fora as suas revistas de carros - dê-mas!]
    Posts
    36,738

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por rmp Ver Post
    O que eu não percebo é como uma marca (para além de vender veículos pouco seguros, o que é gravíssimo) põe em causa a sua imagem para ganhar mais uns trocos...
    Pode ser que o tiro lhes saia pela culatra! Espero sinceramente que sim!

  17. #167
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito Incompativeis com o teste do alce e seus similares

    No ESP, no Kopfairbags, miserable brakes and a quite simple chassis: The Agila no more is technical on the height of the time. Risky evasive maneuvers are not recommended.
    www.autobild.de/artikel/peugeot-1007-_-opel-a...



    Surprise! 2007 Toyota Hilux Fails the Moose Test

    By Alex Dykes
    October 31, 2007


    You may remember Sweden's infamous Älgtest (a.k.a. moose or Elk test). A kamikaze professional driver guides a fully-laden vehicle (simulated passengers, genuine cargo) down a closed course at 35.5mph. He/she then swerves to avoid an object, then swerves back; simulating the manoeuvres needed to to miss both an errant moose and oncoming traffic. Back in '97, pictures of Mercedes' newly-launched A-Class flipping over during moose testing led the German automaker to retrofit every single car sold with a new Electronic Stability Program module. And now those crazy bastards at Teknikens Värld have put the Toyota Hilux through the same test — with similar results. (TTAC's American readers may remember the Hilux as the previous generation Toyota Tacoma pickup.) The video in the link brings back memories of the 1988 Consumer Reports exposé on the Suzuki "Somersault" Samurai. Anyway, hands-up anyone who thinks Toyota is going to retrofit ESP on old Hilux pickups? Yeah I thought so.

    Surprise! Toyota Hilux Fails the Moose Test | The Truth About Cars

    Motor Trader Malaysia Forum - Hilux Moose/Elk Test





    No es oro todo lo que reluce: Land Rover Defender

    Publicado por Carlos en Sucesos y Land Rover.

    El Land Rover Defender, un todoterreno de los que ya no se hacen, el todoterreno de pata negra, también tiene sus defectos. Auto motor und sport, le puso recientemente las manos encima realizándole algunas pruebas típicas, como por ejemplo, la prueba del alce, y resulta, que en ésta última prueba, volcó.
    Este hecho podríamos calificarlo de muy grave, ya que si bien todos los SUVs que tan de moda hoy en día también corren un riesgo bastante más elevado que una berlina o compacto cualquiera de volcar en condiciones similares a las pruebas del alce, ninguno lo hace en la actualidad gracias entre otras cosas, a todos los sistemas de ayuda electrónica que llevan instalados. El Land Rover Defender, vuelca por ese motivo, ya que no cuenta con ESP ni como opción, ni Land Rover tiene planeado ponerlo a disposición de los clientes aunque sea como opción. Está muy bien que Land Rover quiera que su Defender siga siendo un poco espartano para poder seguir siendo el mejor todoterreno para salir al campo, pero creo que es inadmisible que no traiga ESP aunque sea como opción sabiendo que con eso podría evitarse que vuelque en la prueba del alce.
    Un problema similar tuvo Mercedes allá por el año 97 con el Clase A, el cual volcaba al hacer las pruebas del alce, y mercedes retrasó las entregas que tenía previstas para clientes para así realizar algunos cambios en las suspensiones para que no volcara en dicha prueba. Algo así por ejemplo no sería viable en el Defender, ya que entre otras cosas habría que rebajarle las suspensiones, y así se empeorarían sus habilidades camperas, por tanto, la mejor solución, repito, es ofrecer ESP aunque sea como opción.
    Muy mal Land Rover, muy mal.
    Vía: MotorFull
    Más información: Auto motor und sport

    Nissan Note: http://www.autobild.de/artikel/ratge...it_458679.html

    (post provisorio)
    Última edição por GTTDI : 22-07-09 às 10:24:58

  18. #168
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito Incompativeis com o teste do alce e seus similares



    Um outro modelo que quase capotou foi Land Rover Discovery 3 , penso que esse teste foi postado num outro topico sobre esse jipe

    Dacia Logan:





    Nissan Note
    untitled.JPG
    Última edição por GTTDI : 22-07-09 às 10:30:38

  19. #169
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito

    o teste do tal lan rover discovery3, sobre o qual a pouco, eu tinha falado.








  20. #170
    Piloto de Testes DonJuan1's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2008
    Posts
    1,594

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por LinoMarques Ver Post
    Pode ser que o tiro lhes saia pela culatra! Espero sinceramente que sim!
    O que é mais ridículo é que um sistema de ESP da Bosch não custa mais do que 80€, sendo, ainda hoje, proposto ao cliente por cerca de 500€. É uma roubalheira.
    Nestes casos de carros com pouca estabilidade, SUVs e jeep's incluídos, deveria ser obrigatório por lei.

  21. #171
    Piloto Lendário LinoMarques's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Glass City. [Não deite fora as suas revistas de carros - dê-mas!]
    Posts
    36,738

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por DonJuan1 Ver Post
    O que é mais ridículo é que um sistema de ESP da Bosch não custa mais do que 80€, sendo, ainda hoje, proposto ao cliente por cerca de 500€. É uma roubalheira.
    Nestes casos de carros com pouca estabilidade, SUVs e jeep's incluídos, deveria ser obrigatório por lei.
    E vai ser, muito em breve. Pelo menos na UE!

  22. #172
    Piloto de Troféu DaniCMax's Avatar
    Data de Registo
    May 2005
    Localização
    Desert
    Posts
    7,492

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por GTTDI Ver Post
    No ESP, no Kopfairbags, miserable brakes and a quite simple chassis: The Agila no more is technical on the height of the time. Risky evasive maneuvers are not recommended.
    www.autobild.de/artikel/peugeot-1007-_-opel-a...



    Surprise! 2007 Toyota Hilux Fails the Moose Test

    By Alex Dykes
    October 31, 2007


    You may remember Sweden's infamous Älgtest (a.k.a. moose or Elk test). A kamikaze professional driver guides a fully-laden vehicle (simulated passengers, genuine cargo) down a closed course at 35.5mph. He/she then swerves to avoid an object, then swerves back; simulating the manoeuvres needed to to miss both an errant moose and oncoming traffic. Back in '97, pictures of Mercedes' newly-launched A-Class flipping over during moose testing led the German automaker to retrofit every single car sold with a new Electronic Stability Program module. And now those crazy bastards at Teknikens Värld have put the Toyota Hilux through the same test — with similar results. (TTAC's American readers may remember the Hilux as the previous generation Toyota Tacoma pickup.) The video in the link brings back memories of the 1988 Consumer Reports exposé on the Suzuki "Somersault" Samurai. Anyway, hands-up anyone who thinks Toyota is going to retrofit ESP on old Hilux pickups? Yeah I thought so.

    Surprise! Toyota Hilux Fails the Moose Test | The Truth About Cars

    Motor Trader Malaysia Forum - Hilux Moose/Elk Test





    No es oro todo lo que reluce: Land Rover Defender

    Publicado por Carlos en Sucesos y Land Rover.

    El Land Rover Defender, un todoterreno de los que ya no se hacen, el todoterreno de pata negra, también tiene sus defectos. Auto motor und sport, le puso recientemente las manos encima realizándole algunas pruebas típicas, como por ejemplo, la prueba del alce, y resulta, que en ésta última prueba, volcó.
    Este hecho podríamos calificarlo de muy grave, ya que si bien todos los SUVs que tan de moda hoy en día también corren un riesgo bastante más elevado que una berlina o compacto cualquiera de volcar en condiciones similares a las pruebas del alce, ninguno lo hace en la actualidad gracias entre otras cosas, a todos los sistemas de ayuda electrónica que llevan instalados. El Land Rover Defender, vuelca por ese motivo, ya que no cuenta con ESP ni como opción, ni Land Rover tiene planeado ponerlo a disposición de los clientes aunque sea como opción. Está muy bien que Land Rover quiera que su Defender siga siendo un poco espartano para poder seguir siendo el mejor todoterreno para salir al campo, pero creo que es inadmisible que no traiga ESP aunque sea como opción sabiendo que con eso podría evitarse que vuelque en la prueba del alce.
    Un problema similar tuvo Mercedes allá por el año 97 con el Clase A, el cual volcaba al hacer las pruebas del alce, y mercedes retrasó las entregas que tenía previstas para clientes para así realizar algunos cambios en las suspensiones para que no volcara en dicha prueba. Algo así por ejemplo no sería viable en el Defender, ya que entre otras cosas habría que rebajarle las suspensiones, y así se empeorarían sus habilidades camperas, por tanto, la mejor solución, repito, es ofrecer ESP aunque sea como opción.
    Muy mal Land Rover, muy mal.
    Vía: MotorFull
    Más información: Auto motor und sport

    Nissan Note: Ratgeber Sicherheit - Schluss mit dem Schleuderkurs! - News - autobild.de

    (post provisorio)
    É impressão minha ou o pára-brisas saltou do carro [:O].
    Vi nuns posts atrás o comportamento da C-Max e fiquei contente por ver o bom desempenho dela

  23. #173
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito

    O parabrisas do Defender saiu mesmo

    Mais um equilibrista...

    Daihatsu Terios


  24. #174
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito França: um morto em acidente com autocarro português

    Pelo menos uma pessoa morreu e 19 ficaram feridas, dois com gravidade, após um acidente com um o autocarro da empresa portuguesa Mondinense, ao serviço da InterNorte, que aconteceu cerca das 3h00 (2h00 em Lisboa), em Saugnacq-et-Muret, na estrada nacional 10, a cerca de 70 quilómetros a sul de Bordéus, França.
    Segundo Marie-Laurence Desaix, porta-voz do consulado português em Bordéus, em declarações à Lusa, a nacionalidade da vítima mortal é ainda desconhecida e as autoridades estão a ser muito «prudentes» na identificação e divulgação da naturalidade das vítimas do acidente. Ainda assim, tudo indica que seja uma mulher portuguesa, até porque uma fonte da prefeitura de Landes confirmou à Lusa que é, de facto, uma portuguesa.
    O autocarro, que fazia a ligação entre a Estugarda e o Porto, com escala em Reims, transportava 53 pessoas (três condutores, que se revezavam ao volante), entre os quais 48 portugueses, três franceses e dois alemães, embora estes também de ascendência portuguesa.
    Há várias crianças, mas estão bem.
    «Os dois feridos graves são ambos passageiros e portugueses», afirma uma responsável da prefeitura francesa de Landes (Bordéus), acrescentando que «nenhum dos dois corre risco de vida», tendo sido transportados para os hospitais de Arcachon e Bordéus.
    Dos 17 feridos ligeiros assistidos no local, num posto médico avançado e numa célula de apoio psicológico, 13 foram encaminhados para exames médicos nos centros hospitalares de Dax, Arcachon e Mont-de-Marsan. Os restantes foram levados para o salão de festas do pessoal da comuna de Saugnacq-et-Muret e da Associação de Protecção e de Segurança Civil.
    «O autocarro, por uma razão indeterminada, galgou o separador central e imobilizou-se a um metro do ponto que atravessa a via RN10», explicou Serge Gonzalez, director da Prefeitura de Landes.
    Um agente da polícia avançou aos meios de comunicação franceses que, tendo em conta que o autocarro não chocou com outro veículo, o despiste pode ter ficado a dever-se a sonolência ou falta de atenção do condutor.
    As autoridades francesas puseram à disposição a linha telefónica 0033-811 00 640 para esclarecimento de dúvidas e já vou aberto um processo para investigação das causas do acidente.
    Um representante da empresa InterNorte em França deslocou-se já para o local do acidente. Um autocarro partiu de Bilbau para Dax para depois transportar as pessoas até ao final da sua viagem.
    «Batemos contra uma ponte»
    A situação está mais calma, depois do caos surgido no momento do acidente. Segundo o testemunho de uma passageira à «TSF», o autocarro bateu contra uma ponte.
    «Só demos fé do que aconteceu quando o autocarro caiu e bateu contra uma ponte. Ninguém tem ideia do que aconteceu, porque a maior parte das pessoas estava a dormir», contou Lídia Ferraz, garantindo que a assistência foi «muito rápida».
    Segundo o seu testemunho, a vítima mortal é mesmo portuguesa e as pessoas mais afectadas foram as que iam na parte dianteira do autocarro.
    Passageiros regressam esta tarde
    Segundo fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades, os passageiros regressam esta segunda-feira à tarde a Portugal.
    A mesma fonte avança que os passageiros sob observação hospitalar encontram-se livre de perigo, acrescentando que, como medida de precaução, alguns dos passageiros deverão manter-se em observação, prevendo-se que abandonem a unidade hospitalar ao final do dia.



    É impressão minha ou os autocarros modernos possuem uma gritante falta de segurança passiva?
    Podem ter os ultimos sistemas de segurança activa mas fico com a impressao, atraves do visionamento destas fotografias que apesar dos chassis dos autocarros parecerem bastante robustos as carroçarias em caso de acidente, mais parece, um "bocado de manteiga meia derretida a ser cortada por uma faca"

    Nao obstante de um design interior pouco propicio a proteccao das pessoas, a existencia de cintos de dois pontos que permitem o embate da cabeça dos passageiros nos bancos a sua frente, as grandes janelas laterais que nao oferecem qualquer protecçao em caso de capotamento, contra esmagamentos e projecções para fora dos veículos.

    Juntamente com, a falta de respeito pelas mais elementares normas de segurança dos condutores, o desrespeito pela propria condição fisica (quer estado fisico, animico, quer numero de horas ao volante) e a falta de uso frequente dos cintos de segurança, constitui os elementos de uma "receita" que em caso de acidente o mais provavel e ter consequencias extremamente graves.

    A falta de interesse da parte das entidades competentes nesta materia, ou seja, GNR-BT, as proprias empresas, condutores e a falta de uma punição severa dos comportamentos quer sejam potenciadores de/ou originem acidentes e perda permanente da carta de condução dos motoristas intervenientes em acidentes cujas causas, aferidas apos uma exaustiva e seria investigaçao indiquem que estes foram os principais responsaveis pelo acidente. ( Ex: Adormecer ao volate, excesso de horas de condução, manobras perigosas, etc..)

  25. #175
    Piloto Lendário LinoMarques's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Glass City. [Não deite fora as suas revistas de carros - dê-mas!]
    Posts
    36,738

    Por Defeito Os perigos da carga mal acondicionada

    Nesta época de férias, nunca é demais relembrar os seguintes conselhos prestados pela www.dekra.pt.

    Vejam o PDF em cima do lado direito.

  26. #176
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito Esp

    ESP verkauft sich schlecht - Ladenhüter Sicherheit - News - autobild.de

    ESP sells itself badly

    The General German Automobile Association strikes alarm: ESP often plays no role with sales talks in the autohouse. Opposite testers of the autoclub only half of the salesmen recommended the safety equipment.

    untitled.jpg

  27. #177
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito autobild relampagos mercedes classe c cabrio

    Blitz contra Cabrio - Mit Sicherheit geschlossen - Testberichte - autobild.de

    untitled.jpg

    With security closed Despite light Verdecks offers the new CLK Cabrio of Mercedes-Benz protection with lightning strike.
    With tests to DO Berlin proved Mercedes-Benz CLK Cabriolet that also a closed cover reliably against lightning strike protects

    Does Cabrio covering protect with lightning strike as well as a firm autoroof? Many fresh air fans in the first summer thunderstorm probably ask themselves this question. An experiment with the new Cabriolet Mercedes-Benz CLK class at Institut for high voltage technology of the technical University of Berlin gives 'all-clear' signal. Because the steel aluminum construction of the CLK Verdecks shields the interior with the lightning strike against the strong electrical field. The along and tie bars of the covering structure work thereby like a Faraday's cage, which lets the electric currents at its exterior flow off, so that in the interior " field-free Raum" develops. With the attempt scientists assistance unloaded several dozen of lightnings of strong condensers over the CLK Cabriolet. Lightning impulse voltages were reached by up to 1.4 million V. The lightning current was always derived thereby over the covering linkage, the body and the tires to the earth. And which happened with open cover? " In principle they are geschützt" also then in the CLK Cabriolet before thunderbolt; , Mercedes Benz speaker says Cypselus of franc mountain. Exception: They drive open and carry many metal parts - approximately by Piercing - at the body. Or provisionally the umbrella stretched. That could affect then nevertheless too attractively lightnings.

  28. #178
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito

    Indice

    Pagina 1

    1.Teste do Alce

    Kia Picanto
    Dacia Logan
    Mitsubishi Colt
    Smart Fourfor
    Kia Cerato
    Ford Focus
    Citroen C4
    Opel Astra H
    Toyota Prius MK2
    Peugeot 407 Break
    Skoda Octavia Break
    Audi A6
    Chrysler 300 M Carrinha
    BMW X3
    Fiat Idea
    Mitsubishi Grandis
    Honda FRV
    BMW 645
    Alfa Romeo GT
    Seat Altea
    Renault Modus
    Mercedes SLK MK2
    Opel Tigra Twin Top
    Chevrolet Lacetti
    Citroen C2
    Fiat Panda MK2
    Fod Fusion
    Kia Picanto
    Peugeot 107
    Renault Kangoo
    Suzuki Sx4
    VW Fox
    Citroen C3 Pluriel
    Lancia Y
    Nissan Micra
    Subaru Justy
    VW Golf MK5
    Mazda 3
    Volvo S40
    Audi A3 MK2
    Daewoo Nubira
    Mitsubihi Lancer
    Opel Meriva
    Ford Focus C-Max
    Renault Scenic
    BMW 530
    Honda Accord
    Toyota Avensis SW
    Opel Signum
    Jaguar XJ
    Subaru Legacy
    Daewoo Evanda
    BMW Z4
    Mazda MX-5
    Nissan 350-Z
    Smart Roadster Coupe
    VW Touareg
    Lexus RX300
    Toyota Land Cruiser
    Mitsubishi Outlander

    2.Teste de travagem

    BMW 550
    Audi Q7
    Citroen C1
    Ford S-Max
    Peugeot 207
    Mercedes Sprinter
    VW Caddy
    Opel Astra
    Dacia Logan
    VW T5
    Suzuki Grand Vitara
    Hyundai Terracan
    Honda Accord Tourer
    Mitsubishi L200
    Jeep Commander
    Fiat Bravo MK2
    Lexus LS

    3.Teste Farois

    Diversos modelos

    4.Teste do alce

    Land Rover Defender

    5. Teste de travagem

    Audi Q7
    Chevrolet Captiva
    Fiat Grande Punto
    Ford S-Max
    Hyundai Santa Fe
    Lexus GS
    Mercedes E-Klasse
    Peugeot 207
    Toyota Yaris
    VW Eos
    Toyota Land Cruiser

    6. Comparativo de segurança ACTIVA- Pequenos monovolumes

    Familiares
    Utilitarios

    7.Comparativo- Segurança ACTIVA vs Segurança PASSIVA

    Pag 3
    Influencia do peso

    Citroen Xsara
    Toyota Corolla
    Peugeot 306

    Ventos laterais

    Audi q7
    Audi TT
    BMW 530
    Ford Galaxy 2
    Opel Agila 1
    Porsche 911
    Skoda Roomster
    Toyota Aygo
    Mazda MX_5
    MB Classe E
    MB Sprinter
    Nissan Qashqai
    VW Golf
    VW Passat
    VW TOuran
    Toyota Rav 4


    Pagina 6


    Teste do alce

    VW Phaeton
    Audi A8
    Merceds CLK
    Hyundai Coupe
    Renault Espace
    merces Classe E
    Skoda Superb
    Lancia Thesis
    Renault Vel Satis
    Última edição por GTTDI : 06-08-09 às 10:31:29

  29. #179
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito


  30. #180
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Nov 2005
    Localização
    , , .
    Posts
    9,867

    Por Defeito















    Última edição por GTTDI : 06-08-09 às 09:22:36

Página 6 de 23 PrimeiraPrimeira ... 56716 ... ÚltimaÚltima

Tópicos semelhantes

  1. [comparativo] R8 V10 vs 911 turbo
    Por Crysis na secção Multimédia
    Respostas: 3
    Último Post: 24-06-09, 21:49:40
  2. Travagem peugeot 106
    Por FastLee na secção Boxes
    Respostas: 8
    Último Post: 18-04-08, 21:27:37
  3. [Comparativo] Lexus IS-F vs BMW M3 vs Audi RS4
    Por TSport na secção Multimédia
    Respostas: 9
    Último Post: 18-12-07, 04:27:13
  4. Lexus GS 450h - travagem mediocre
    Por v7 na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 286
    Último Post: 18-02-07, 22:19:18
  5. Lexus chumba na travagem
    Por v7 na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 425
    Último Post: 31-05-06, 21:37:16

Etiquetas para este tópico

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.