Crise 2011/12/13/14/15/16/17/18/19... E os portugueses?[AVISO Página#2709-Post#81255] - Página 3
 Rede MPL:
Página 3 de 6132 PrimeiraPrimeira ... 23413 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 61 para 90 de 183951

Título: Crise 2011/12/13/14/15/16/17/18/19... E os portugueses?[AVISO Página#2709-Post#81255]

  1. #61
    Banido vsfce's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2009
    Posts
    6,373

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Alpiger Ver Post
    Antes de mais a culpa é do governo que deixa o défice passar de 2.7% para 9.4% de um ano para o outro

    Já para não falar do aumento do endividamento externo em mais 14 mil milhões de Euros (por enquanto)
    É incrível não é? Como é que é possível passar do melhor para o pior em tão curto espaço de tempo? Deixa-me pensar....hummmm...ahh já me lembro, foram as eleições! Não ficava bem apresentar um valor tão alto, por isso, toca a encobrir o que estava à vista de todos.

    Enfim, esta palhaçada teria sido evitada se já tivessem sido tomadas medidas há mais tempo mas agora que estamos perante o olhar da UE temos que pagar bem caro os erros do passado.

    Acredita que eu percebo a revolta do Péleve e todos os Portugueses deviam sentir o mesmo e reclamar, pedir contas, pedir justiça e explicações. Eu também estou farto de pagar pelos erros dos outros e eu também vejo o meu rendimento liquido a descer.
    Com esta brincadeira das scut's vou perder uma boa parte do meu ordenado para portagens e para quê? Será que vale a pena continuar a trabalhar e ser honesto neste país? Eu sou confrontado diariamente com casos de corrupção no público e no privado e ando eu a pagar para esses fdp gozar o meu dinheiro?

    Oh pá, começo a ficar cansado disto e começo seriamente a colocar a hipótese de abandonar o barco.


  2. #62
    Piloto de Provas de Perícia annlee's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    721

    Por Defeito

    Os meus pais são funcionários públicos.
    Eu, por sua vez, estou no privado.

    Coloquei a bold uma afirmação, com a qual não concordo. E passo a explicar. O meu pai, numa do seu percurso profissional, quis mudar de trabalho. Num meio pequeno, onde as oportunidades são poucas, em conversa com um amigo pediu-lhe ajuda. Esse amigo trabalhava na função pública, na administração local, e atendeu ao seu pedido de ajuda. Mas onde quero chegar é que tendo entrado, com a ajuda de um amigo, o meu pai ( e não falo por ser meu pai) foi uma pessoa competente durante o seu trabalho. Foi chefe e zelou pelo trabalho, para que tudo estivesse pronto dentro dos prazos que lhe eram exigidos. Entrou com a ajuda de um amigo, mas esforçou-se e teve mérito no seu trabalho. Não se pode meter tudo no mesmo saco!

    Citação Originalmente Colocado por PeLeve Ver Post
    Ninguém nega que há uma má FP e uma boa FP. A má é aquela em que as pessoas entraram pela cunha do tio, do primo, do padre, da mãe, do pai, do partido político, do raio que os parta...

    A boa é aquela feita pelos que entraram pelo seu mérito, subiram a pulso sem o ficarem a dever a filho de mãe nenhum e, agora, estão e vão continuar a pagar, sem culpa nenhuma, esta porra toda.

    Incompetentes na FP? Eu conheço "n"! Se eu mandasse por cá alguma coisa fazia-lhes as continhas e mandava-os para um determinado sítio...

    Agora, isso não caracteriza a FP! Aquela FP verdadeira, que é a esmagadora maioria, dos que trabalham. Aquela FP que não assenta no compadrio, na cunha, na delação, na graxa, na intriga, na "filhaputice" e na inscrição partidária!

    Mas eu nem estava a falar disso. Estava a falar de medidas adicionais ainda este ano, para alcançar os objectivos...

  3. #63
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    23,561

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por annlee Ver Post
    Os meus pais são funcionários públicos.
    Eu, por sua vez, estou no privado.

    Coloquei a bold uma afirmação, com a qual não concordo. E passo a explicar. O meu pai, numa do seu percurso profissional, quis mudar de trabalho. Num meio pequeno, onde as oportunidades são poucas, em conversa com um amigo pediu-lhe ajuda. Esse amigo trabalhava na função pública, na administração local, e atendeu ao seu pedido de ajuda. Mas onde quero chegar é que tendo entrado, com a ajuda de um amigo, o meu pai ( e não falo por ser meu pai) foi uma pessoa competente durante o seu trabalho. Foi chefe e zelou pelo trabalho, para que tudo estivesse pronto dentro dos prazos que lhe eram exigidos. Entrou com a ajuda de um amigo, mas esforçou-se e teve mérito no seu trabalho. Não se pode meter tudo no mesmo saco!
    Para mim há cunha e o tão chamado networking.

    Cunha é quando a pessoa que metem é claramente inferior aos outros candidatos, mas entra por ser filho, primo, etc. de alguém importante. Networking é quando somos competentes e as pessoas conhecem-nos por isso e, estando em igualdade com outros candidatos, somos escolhidos por já nos conhecerem e ser mais seguro.

    Nunca usei uma nem outra, mas networking não vejo mal nenhum.

  4. #64
    Piloto de Testes Benny's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2006
    Localização
    Agueda, , Portugal.
    Posts
    1,090

    Por Defeito

    O texto inicial é simplesmente ridiculo e impensavel...

  5. #65
    Piloto de Troféu Macavenco's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2007
    Posts
    5,828

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Israel Ver Post
    Isto faz-me lembrar a saúde em protugal.
    Os médicos e enfermeiros trabalham no privado e no público, e no privado tudo funciona melhor.
    Agora uma coisa é inegável, o Ernani Gonçalves, ainda á uns tempos falou do que o estado podia cortar, e falou de 3 pacotes, função publica, estado social, ou os juros da divida publica.
    Nos juros é impossivel cortar.
    Ou se corta no estado social ou na função pública, ou aumenta-se impostos.
    Independentemente de quem é a culpa, alguma coisa vai ser feita, agora eu pergunto qual?
    Isto não é querer fazer da FP bodes expiatórias, mas que possivelmente vão ter de sofrer, é uma grande possibilidade.
    Estás-te a referir a Ernâni Lopes, com esta notícia: Jornal de Negócios Online
    ?

    Eu não tenho dúvidas que isso vai acontecer (a função pública sofrer), mas pergunto se não andamos já "fartos" de ver este filme repetir-se demasiadas vezes?
    Com este filme refiro-me, por exemplo, ao aumentar da carga fiscal para os particulares e também para as empresas numa base, nos últimos anos, regular. Tenho ideia de ter havido um pequeno decréscimo para as empresas à relativamente pouco tempo, mas parece-me que já se "esfumou".

    Contribuimos mais, penso eu que, para aumentar a receita do Estado para cobrir o défice e/ou melhorar os serviços públicos prestados, mas passados "meses" voltamos ao mesmo, ou seja, ou a receita não é suficiente (!!!!, e daí o novo aumento de impostos que aí vem) ou é mal gerida/gasta.

    E vamos continuar a andar neste ciclo vicioso? Será que a culpa é só da crise internacional? Serão os funcionários públicos que ganham demais?
    Claro que serão eles a sofrer mais, é onde o Estado pode actuar directamente! É onde é mais fácil e rápido mexer!

    Mas e as reformas acima de 2000€? (é um valor exemplo, mas que me parece já bastante razoável para começar a cortar)
    Ou temos razões de caracter legal que não permitem baixar as reformas? 2000€ de reforma já dá para ter uma vida bem aliviada.

    Continuo a não perceber o que se passa por cá. Não nos esquecemos que estamos a descontar uma taxa extra desde 1 de Junho, pois não? Ou já nos habituamos ao 1% e 1,5% a mais (neste caso a menos no ordenado) para o IRS?
    E o aumento do IVA?

    Será só a mim que me parece que andamos aos círculos, à caça da nossa própria cauda?

  6. #66
    Piloto de Fórmula 1 Karma's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    New New York
    Posts
    19,412

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por air Ver Post
    Para mim há cunha e o tão chamado networking.

    Cunha é quando a pessoa que metem é claramente inferior aos outros candidatos, mas entra por ser filho, primo, etc. de alguém importante. Networking é quando somos competentes e as pessoas conhecem-nos por isso e, estando em igualdade com outros candidatos, somos escolhidos por já nos conhecerem e ser mais seguro.

    Nunca usei uma nem outra, mas networking não vejo mal nenhum.
    Para cargos de responsabilidade normalmente tem que haver trabalho de networking. Quando se recruta alguém para chefiar um departamento/equipa/etc o empregador recorre normalmente a informações de pessoas que trabalharam directamente com o candidato. Até para cargos com menos responsabilidades isso acontece, não se esqueçam que o mundo é pequeno.

  7. #67
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Dec 2004
    Localização
    Porto, Portugal.
    Posts
    9,402

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por VTEC Ver Post
    Eu só gostava de saber onde se ganha 400€/mês na folha de ordenado (o ordenado mínimo é de 450€) e ainda se ganha 1200€ + 300€ + carro.

    Porque mandava já o currículo para lá.

    Como é óbvio, isso foi escrito por um FP.
    Acredito que exista muita gente a ganhar por baixo da mesa.
    Mas não acredito nem um pouco que um empregado de 400€ ganhe isso.
    Acrescentava, nunca conheci nenhum FP, mesmo no tempo das vacas gordas, a deixar o estado para ir para os privados.
    Mas vejo muita gente "mortinha" por entrar nos quadros públicos.
    Não conheço ninguém que tenha um curso superior, que tenha entrado para o estado por causa do curso superior e que ganhe pouco mais que o ordenado mínimo.
    O sector público cumpre muito mais os horários de trabalho definidos que a grande maioria dos privados (que se trabalha mais horas)

    A ADSE é uma mais valia... que não se paga a si própria (contribuinte paga).

    Pegando nos professores, desafio a quem assina, que deixe o estado e vá para o privado.
    Claro, atira a pedra e esconde-se!!!!!
    Porque a verdade é que não é difícil haver professores no público a ganhar cerca do dobro dos colegas dos privados.
    Se queres credibilidade prova o que dizes...

  8. #68
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Dec 2004
    Localização
    Porto, Portugal.
    Posts
    9,402

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Lagarto Ver Post
    Conheço quem tem só o 9º ano de escolaridade e esteja em regime de efectividade na função publica a ganhar mais de 800 euros liquidos. Onde é que, hoje em dia, no privado, se ganha assim com tão poucos estudos?
    Conheces tão pouco... uma grande parte dos "milionários", vulgarmente chamados empresários, deste país não tem sequer o ensino básico completo.

  9. #69
    Banido Hipolito's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    3,254

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Benny Ver Post
    O texto inicial é simplesmente ridiculo e impensavel...
    Eu também gostava de saber onde está essa empresa maravilhosa?!

    *talvez seja um texto do patrão ou do filho do patrão

  10. #70
    Chefe de Equipa Rasec's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    BrewMaster
    Posts
    27,947

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Hipolito Ver Post
    Eu também gostava de saber onde está essa empresa maravilhosa?!

    *talvez seja um texto do patrão ou do filho do patrão

    de uma pseudo empresa que assim que levar uma visitinha do fisco leva à destruição de imensas vidas... e depois as Finanças é que são uns malvados...

    São estes chicos espertos que minam o país

  11. #71
    Banido Hipolito's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2009
    Posts
    3,254

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Rasec Ver Post
    de uma pseudo empresa que assim que levar uma visitinha do fisco leva à destruição de imensas vidas... e depois as Finanças é que são uns malvados...

    São estes chicos espertos que minam o país
    A questão é que o texto inicial insinua que aquelas regalias fossem para a larga maioria dos funcionarios do privado!

    Antes fosse!!

  12. #72
    Banido AirManMajor's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2010
    Posts
    115

    Por Defeito

    Eu já não vivo em Portugal e já não sou português, mas quando era, dos muitos trabalhos que tive antes de entrar para a fap, sempre tive melhores condições nas empresas, apesar de so ter o 12º ano, do que aquelas que tinha no estado. Numa empresa em particular, a minha folha do ordenado era sempre de 45 contos e depois recebia por fora cerca de 150 contos, mais carro, mais despesas de representação, mais combustível, mais manutenção de viatura e férias pagas fora do pais. No estado era completamente diferente, tão diferente que o primeiro dinheiro que recebi foram 7.500$, não me deixavam estudar, não recebia nada por estar deslocado do local da residência, não recebia o trabalho nocturno, nem qualquer subsidio por trabalhar 24 ou 48 horas, os meus impostos eram descontados antes de receber e não podia ter outro trabalho numa outra área ou estava sujeito a autorização superior, que nunca vinha.

    Aqui nos EUA é completamente diferente, trabalho para a USAF e recebo um suplemento quando me calha serviço de 24 horas, o meu ordenado ronda os 7.500 €, mais despesas de representação, sempre que saio do país em serviço recebo um valor fixo, mais uma percentagem conforme a distancia e o transporte utilizado, tirei duas phd e um master degree com um abatimento em 65% por ser funcionário do estado (para quem é trabalhador estudante de uma empresa não estatal há uma ajuda semelhante, 55% creio). A família que tenho aí e que trabalha no privado tem quase todos melhor qualidade de vida do que os que trabalham no estado, excepto um primo que não tem muito juízo, gasta tudo o que ganha em cerveja, férias a credito e futebol mas gosta de criticar quem trabalha, em vez de fazer algo contra quem lhe vai ao bolso.



    ã á ê í é ç

  13. #73
    Piloto de Troféu Israel's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2008
    Localização
    Israel
    Posts
    6,580

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Macavenco Ver Post
    Estás-te a referir a Ernâni Lopes, com esta notícia: Jornal de Negócios Online
    ?

    Eu não tenho dúvidas que isso vai acontecer (a função pública sofrer), mas pergunto se não andamos já "fartos" de ver este filme repetir-se demasiadas vezes?
    Com este filme refiro-me, por exemplo, ao aumentar da carga fiscal para os particulares e também para as empresas numa base, nos últimos anos, regular. Tenho ideia de ter havido um pequeno decréscimo para as empresas à relativamente pouco tempo, mas parece-me que já se "esfumou".

    Contribuimos mais, penso eu que, para aumentar a receita do Estado para cobrir o défice e/ou melhorar os serviços públicos prestados, mas passados "meses" voltamos ao mesmo, ou seja, ou a receita não é suficiente (!!!!, e daí o novo aumento de impostos que aí vem) ou é mal gerida/gasta.

    E vamos continuar a andar neste ciclo vicioso? Será que a culpa é só da crise internacional? Serão os funcionários públicos que ganham demais?
    Claro que serão eles a sofrer mais, é onde o Estado pode actuar directamente! É onde é mais fácil e rápido mexer!

    Mas e as reformas acima de 2000€? (é um valor exemplo, mas que me parece já bastante razoável para começar a cortar)
    Ou temos razões de caracter legal que não permitem baixar as reformas? 2000€ de reforma já dá para ter uma vida bem aliviada.

    Continuo a não perceber o que se passa por cá. Não nos esquecemos que estamos a descontar uma taxa extra desde 1 de Junho, pois não? Ou já nos habituamos ao 1% e 1,5% a mais (neste caso a menos no ordenado) para o IRS?
    E o aumento do IVA?

    Será só a mim que me parece que andamos aos círculos, à caça da nossa própria cauda?
    Sim era exactamente isso, enganei-me no nome, obrigado pela correcção
    Quanto ao resto, tenho as mesmas dúvidas que tu.

  14. #74
    Piloto de Provas de Perícia 36crazyfists's Avatar
    Data de Registo
    May 2007
    Posts
    822

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Lagarto Ver Post
    Onde já vai o choradinho. Afinal, estávamos todos enganados este tempo todo. A Função Publica é um antro de santidade, um ajuntamento de pobrezinhos, escravos e explorados pelo capataz mau chamado Sócrates.
    Tanto no privado como no público existem pessoas que trabalham e são competentes e depois existem as outras que nada fazem ou pouco acrescentam.
    Sei de quem trabalhe à mais de 30 anos nas Finanças do Porto, sempre fez horas extra e nunca recebeu mais por isso, deslocações eram à custa dela, quando era preciso fazer uma reunião não havia cadeiras para toda a gente, num andar com 100 pessoas existia 1 impressora, à uns 10 atrás quem tinha de fazer relatórios, processos etc em computador e tinha um prazo a cumprir, tinham de comprar um PC para trablhar em casa (depois de sairem do trabalho) pois não havia pc's suficientes, chegou ao cumulo de terem de levar papel higienico pois por vezes nem isso havia. Isto tudo a trabalhar num edificio com 6 andares com mais de 30 anos onde recentemente foram feitas obras em apenas 3 pisos, porque o dinheiro que estava previsto para as restantes obras foi retido, foi preciso comprar uns pcs novos para as finanças de Lisboa... Entre outras coisas que de momento não me lembro.
    Eu gostava que quem trabalha no privado fosse para a FP, queria ver se o rendimento e melhoramento dos serviços públicos aumentava alguma coisa, é que parece que todos os serviços privados são um exemplo de perfeição e eficiência...

  15. #75
    Piloto Veterano Avant's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2003
    Posts
    20,673

    Por Defeito

    Pois, todas as empresas privadas pagam com envelopes debaixo da mesa, pois não lhes interessa para nada as despesas com pessoal na contabilidade, assim davam ainda mais lucro para IRC, acima de tudo deve ser uma questão patriótica.

    Para o trabalhador também deve ser uma situação extremamente vantajosa, pois quando tiver de meter baixa por doença, quando for para o desemprego, ou para cálculo da reforma, deve dar um jeitão ter declarado na segurança social que ganhava 400€ por mês...

    O problema da função pública chama-se chefias intermédias AKA tachos, isso é que enquanto não for resolvido, não vamos a lado nenhum...

    Ainda assim, não tenho grandes razões de queixa dos serviços prestados pela função pública quando tenho necessidade. Piores que algumas bandalheiras do privado, não são, certamente.

  16. #76
    Piloto de Rallye zerorpm's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Posts
    12,622

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por CharGerGTi Ver Post
    O problema da função publica não é quem ganha até 1000€ +/-. O problema são as centenas de chefias que ganham 2000/3000€ que nada fazem.

    Já dei um exemplo algures aqui duma chefia da camara do seixal, que aparece as 11h, sai as 12 e so volta perto das 17h e bebado (não todos os dias, era o que faltava...). A juntar a isto poe como horas extraordinarias sabados e domingos.

    CP uma das empresas com maior prejuizo e uma das emrpesas com maior numero de chefias. Coincidencia? Dei na TV há pouco tempo.

    As chefias não podem ganhar horas extraordinárias...

    Citação Originalmente Colocado por Lagarto Ver Post
    Conta-me histórias. Ainda no outro dia fui a uma repartição de finanças tratar de uns assuntos e nos longos minutos em que lá estive pude observar coisas curiosas, como por exemplo, o funcionário que, de 5 em 5 minutos, mandava mensagens no telemóvel, o funcionário que foi à rua fumar 2 vezes em menos de meia-hora, o funcionário que ficava perdido a olhar para o relógio de parede e o funcionário que estava muito ocupado a ler a NovaGente. Se isto acontecesse uma vez que fosse numa empresa privada, já estavam todos na rua despedidos por justa causa.
    No outro dia fui a um hospital privado... Tinha consulta marcada para as 17h, fiquei à espera uma hora e só fui atendido às 18h

    No privado sai-se mais tarde, pois ficam na palheta, facebook, autohoje...

  17. #77
    Piloto de Rallye zerorpm's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Posts
    12,622

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por 36crazyfists Ver Post
    Tanto no privado como no público existem pessoas que trabalham e são competentes e depois existem as outras que nada fazem ou pouco acrescentam.
    Sei de quem trabalhe à mais de 30 anos nas Finanças do Porto, sempre fez horas extra e nunca recebeu mais por isso, deslocações eram à custa dela, quando era preciso fazer uma reunião não havia cadeiras para toda a gente, num andar com 100 pessoas existia 1 impressora, à uns 10 atrás quem tinha de fazer relatórios, processos etc em computador e tinha um prazo a cumprir, tinham de comprar um PC para trablhar em casa (depois de sairem do trabalho) pois não havia pc's suficientes, chegou ao cumulo de terem de levar papel higienico pois por vezes nem isso havia. Isto tudo a trabalhar num edificio com 6 andares com mais de 30 anos onde recentemente foram feitas obras em apenas 3 pisos, porque o dinheiro que estava previsto para as restantes obras foi retido, foi preciso comprar uns pcs novos para as finanças de Lisboa... Entre outras coisas que de momento não me lembro.
    Eu gostava que quem trabalha no privado fosse para a FP, queria ver se o rendimento e melhoramento dos serviços públicos aumentava alguma coisa, é que parece que todos os serviços privados são um exemplo de perfeição e eficiência...
    No meu serviço não temos cadeiras com rodas para todos... Os computadores estão velhos. O nosso veículo está avariado e levamos os nossos...

  18. #78
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Jun 2009
    Posts
    2,584

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por zerorpm Ver Post
    No outro dia fui a um hospital privado... Tinha consulta marcada para as 17h, fiquei à espera uma hora e só fui atendido às 18h

    No privado sai-se mais tarde, pois ficam na palheta, facebook, autohoje...
    Queres mesmo que diga quantas horas tenho de esperar de cada vez que tenho de ir a uma consulta com hora marcada num hospital publico??

    Em que privado? No privado onde eu trabalho, sou livre de fazer isso tudo desde que o trabalho apareça feito... no entanto, sempre que preciso de alguma coisa de alguma instituição publica, para alem de ver os funcionários a também fazerem isso, vejo-os depois a sair à hora certinha, e a deixar-me pendurado muito para além dos prazos...

  19. #79
    Piloto de Rallye VTEC's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto
    Posts
    11,491

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por mjm Ver Post
    Se queres credibilidade prova o que dizes...
    tocaram-te as minhas afirmações?
    E o texto original, não é exigível prova?
    Mas já que queres, aí tens!
    A FP é a única entidade onde tendencialmente TODOS os funcionários chegam ao topo da carreira. Significa que é habitual que numa faixa etária a partir dos 45-50 anos, a maioria está no topo ou próxima disso e portanto, com um salário a condizer.
    Conheces algum colégio, que concorra com a escola pública, que paguem salários de topo a todos os seus funcionários a partir de uma certa idade?Conheces algum desses colégios que pague tanto ou mais que o empregador estado? Então porque é que os sindicatos "exigem" que o estado empregue todos os professores?

    Prova a afirmação que fizeste. demonstra que aquilo que disse é falso.

  20. #80
    Banido Lagarto's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2010
    Posts
    3,358

    Por Defeito

    Sei de casos de professores do ensino primário que, em vésperas de entrarem na reforma, foram a correr tirar cursos no Instituto Piaget para progredirem na carreira e ficarem equiparados aos professores do ensino secundário, passando a auferir salários igualmente semelhantes sem nunca deixarem de leccionar na primária até atingirem a reforma.

  21. #81
    Piloto Veterano DarthVader1933's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2004
    Localização
    Por ai
    Posts
    22,775

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Lagarto Ver Post
    Sei de casos de professores do ensino primário que, em vésperas de entrarem na reforma, foram a correr tirar cursos no Instituto Piaget para progredirem na carreira e ficarem equiparados aos professores do ensino secundário, passando a auferir salários igualmente semelhantes sem nunca deixarem de leccionar na primária até atingirem a reforma.

  22. #82
    Piloto de Fórmula 1 K2000's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    Na terra das couves pequeninas
    Posts
    17,093

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Lagarto Ver Post
    Sei de casos de professores do ensino primário que, em vésperas de entrarem na reforma, foram a correr tirar cursos no Instituto Piaget para progredirem na carreira e ficarem equiparados aos professores do ensino secundário, passando a auferir salários igualmente semelhantes sem nunca deixarem de leccionar na primária até atingirem a reforma.
    Não há diferenças de salário entre níveis de ensino, ganham todos o mesmo, quer sejam educadores de infância ou professores do secundário.

  23. #83
    Banido Lagarto's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2010
    Posts
    3,358

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por K2000 Ver Post
    Não há diferenças de salário entre níveis de ensino, ganham todos o mesmo, quer sejam educadores de infância ou professores do secundário.
    Então explica-me exactamente que diferenças levam um professor do ensino primário passar a ganhar mais 1000 euros por mês apenas porque tirou um curso, quando se mantém exactamente nas mesmas funções. Porque foi isto que muitos andaram a fazer, grande parte a meia duzia de anos da reforma.

  24. #84
    Piloto de Troféu Peste's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2004
    Posts
    5,715

    Por Defeito

    A saúde, a educação, a segurança interna, a defesa nacional são sectores essenciais para o desenvolvimento e estabilidade da sociedade. Se funcionarem bem, permitem que o sector privado tenha as melhores condições para se desenvolver, ser produtivo e inovador com trabalhadores devidamente qualificados, vivendo numa sociedade segura de ameaças internas ou externas e usufruindo dos melhores cuidados de saúde possíveis.

    Mas o que se vê são escolas a fechar, professores desempregados e turmas sobrecarregadas com 40 alunos, centros de saúde e hospitais com falta de médicos, acabando por se contratar médicos vindos de um outro país onde as medias de acesso à carreira são mais baixos. Policias sem condições de trabalho e escassos meios humanos, com uma deficiente distribuição pelo território, apoiada e dividida por um conceito ultrapassado de urbano e rural, uma quase completa ausência de vias de acesso aos locais economicamente relevantes. Umas forças armadas que deveriam ser profissionais mas a quem faltam meios e que se vão lentamente transformando em trabalho temporário sem qualquer utilidade.

    Por tudo isto, aumenta a corrupção e a fuga ao fisco e por isso pagamos todos mais, aumenta a insegurança, aumenta a iliteracia, aumentam os problemas relacionados com a saúde e diminui a empregabilidade, como agora se diz. É óbvio que o sector estado gasta demais, mas claramente não o esta a gastar nos locais certos ou este problema das contas publicas nem sequer existiria.

  25. #85
    Piloto de Rallye VTEC's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto
    Posts
    11,491

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Lagarto Ver Post
    Então explica-me exactamente que diferenças levam um professor do ensino primário passar a ganhar mais 1000 euros por mês apenas porque tirou um curso, quando se mantém exactamente nas mesmas funções. Porque foi isto que muitos andaram a fazer, grande parte a meia duzia de anos da reforma.
    Acho que não chegava aos 1000€ a mais por mês... mas basicamente era a última etapa necessária para chegar ao topo da carreira de professor. continuavas a ter o mesmo trabalho, mas devido a um "curso" passavas para o topo da carreira docente, a ganhar umas centenas de euros a mais por mês.... e isso trazia ainda mais vantagens porque se aos 53 anos se reformasse, passava a ter uma reforma significativamente mais elevada. "Ouvi dizer" que do tipo, ganhar mais reformado que quando trabalhava...

    Ou seja, tal como os sindicatos dizem orgulhosamente, todos deviam poder chegar ao topo da carreira... apesar do trabalho e responsabilidade ser sempre o mesmo


    Mas talvrz mais grave seja o facto de estatisticamente o estado pagar um professor para cada 14 alunos (se não me falha a memória) mas na prática as turmas andarem quase todas no limite legal, cerca de 25 alunos por turma. Mas isso era outra história...

  26. #86
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Dec 2004
    Localização
    Porto, Portugal.
    Posts
    9,402

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por VTEC Ver Post
    tocaram-te as minhas afirmações?
    E o texto original, não é exigível prova?
    Eu não comentei o texto inicial, portanto não me vou desviar da minha citação...

    Mas já que queres, aí tens!
    A FP é a única entidade onde tendencialmente TODOS os funcionários chegam ao topo da carreira. Significa que é habitual que numa faixa etária a partir dos 45-50 anos, a maioria está no topo ou próxima disso e portanto, com um salário a condizer.
    Conheces algum colégio, que concorra com a escola pública, que paguem salários de topo a todos os seus funcionários a partir de uma certa idade?Conheces algum desses colégios que pague tanto ou mais que o empregador estado? Então porque é que os sindicatos "exigem" que o estado empregue todos os professores?

    Prova a afirmação que fizeste. demonstra que aquilo que disse é falso.
    Então pela tua teoria, no privado só há professores novos?!

    Talvez se conhecesses as tabelas do privado não falarias dessa maneira de atirar para o ar...
    http://www.spn.pt/Download/SPN/SM_Do...20Profiss..pdf

    Os sindicatos também existem para os professores do privado...

  27. #87
    Piloto de Fórmula 1 K2000's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2006
    Localização
    Na terra das couves pequeninas
    Posts
    17,093

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Lagarto Ver Post
    Então explica-me exactamente que diferenças levam um professor do ensino primário passar a ganhar mais 1000 euros por mês apenas porque tirou um curso, quando se mantém exactamente nas mesmas funções. Porque foi isto que muitos andaram a fazer, grande parte a meia duzia de anos da reforma.
    Não conheço o caso, eu só apresentei um facto, as tabelas salariais e respectivas condições são públicas.

  28. #88
    Piloto de Rallye VTEC's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto
    Posts
    11,491

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por mjm Ver Post
    Eu não comentei o texto inicial, portanto não me vou desviar da minha citação...

    Então pela tua teoria, no privado só há professores novos?!

    Talvez se conhecesses as tabelas do privado não falarias dessa maneira de atirar para o ar...
    http://www.spn.pt/Download/SPN/SM_Do...20Profiss..pdf

    Os sindicatos também existem para os professores do privado...
    Segundo o que conheço, é tudo muito bonito mas na realidade, esses valores dos sindicatos são teóricos... ainda por cima não havendo escasses de professores.

  29. #89
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Dec 2004
    Localização
    Porto, Portugal.
    Posts
    9,402

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por VTEC Ver Post
    Segundo o que conheço, é tudo muito bonito mas na realidade, esses valores dos sindicatos são teóricos... ainda por cima não havendo escasses de professores.
    Penso que nem tu acreditas no que escreves... isto não tem nada que ver com sindicatos, existe uma tabela de salários para o ensino privado e cooperativo, assim como existe no ensino público... não é contratação porta a porta...

    Em relação à escassez, depende do grupo de recrutamento, neste momento há falta de professores em determinadas disciplinas(não muitas, é verdade) e excesso em outras... mas, nem por isso, nos grupos onde há falta, ganham mais que os restantes, como seria de esperar.

  30. #90
    Piloto de Rallye VTEC's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto
    Posts
    11,491

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por mjm Ver Post
    Penso que nem tu acreditas no que escreves... isto não tem nada que ver com sindicatos, existe uma tabela de salários para o ensino privado e cooperativo, assim como existe no ensino público... não é contratação porta a porta...

    Em relação à escassez, depende do grupo de recrutamento, neste momento há falta de professores em determinadas disciplinas(não muitas, é verdade) e excesso em outras... mas, nem por isso, nos grupos onde há falta, ganham mais que os restantes, como seria de esperar.
    Ainda à umas semanas uma pessoa próxima recebeu uma proposta para dar aulas e recebia menos que o A11 dessa tabela (e já lecciona à algum tempo)...

    Outro exemplo, os enfermeiros também têm tabela... mas como há bastante oferta, há casos extremos que se sujeitam a ganhar 3€/hora para ter trabalho.
    etc, etc.

    Mas normalmente nas greves os sindicatos só se lembram da FP... aliás, começo a pensar que só se lembram neles próprios, já que parece-me (e aqui é uma opinião muito pessoal), que com as greves e exigências que se verificam por parte dos sindicatos ano após ano, estão a tentar melhorar a sua própria situação mas a prejudicar de forma irremediável os futuros colegas de trabalho

Tópicos semelhantes

  1. Vamos ser um país rico!!!! IUPI!!!
    Por zerorpm na secção OFF Topic
    Respostas: 53
    Último Post: 20-02-16, 16:41:34
  2. Merkel planeia governo económico da zona euro
    Por Omega na secção OFF Topic
    Respostas: 113
    Último Post: 23-09-13, 16:49:45
  3. Globalização, Euro e empobrecimento do País
    Por eu na secção OFF Topic
    Respostas: 102
    Último Post: 16-11-11, 18:48:47
  4. 2011 Corvette C6 Euro-Spec
    Por Chevyvan na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 137
    Último Post: 08-08-11, 15:22:42
  5. Crescimento da Zona Euro acelera
    Por PeLeve na secção OFF Topic
    Respostas: 12
    Último Post: 10-11-06, 19:09:58

Etiquetas para este tópico

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.