Recibos Verdes vs Empresa Unipessoal (Opinião - Ajuda)
 Rede MPL:
Página 1 de 2 12 ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 1 para 30 de 46
Like Tree1Likes

Título: Recibos Verdes vs Empresa Unipessoal (Opinião - Ajuda)

  1. #1
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Sentado...
    Posts
    34,039

    Por Defeito Recibos Verdes vs Empresa Unipessoal (Opinião - Ajuda)

    Trabalho a recibos verdes (RV) há mais de 10 anos e estou a ponderar formar uma Empresa Unipessoal (EU).

    As minhas despesas de actividade são relativamente poucas, gasóleo, veiculo e manutenção, net, telefone, telemóvel, material de escritório e informática e pouco mais.

    Será que tenho vantagens nesta alteração?

    Como EU posso continuar com regime simplificado ou tenho que passar obrigatoriamente para contabilidade organizada?

    No caso de mudar, a nivel de segurança social ser-me-ia indiferente ou passaria a ser considerado trabalhados por conta de outrem, no caso da EU?

    E a nível de IRC vs IRS. Actualmente retenho 20% mensalmente e no final do ano são feitas as contas. Como será com o IRC?

    Obrigado desde já aos entendidos ou a quem tenha experiência nesta situação.


  2. #2
    Banido AutoFan's Avatar
    Data de Registo
    May 2004
    Localização
    Aqui ou ali
    Posts
    3,474

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Trabalho a recibos verdes (RV) há mais de 10 anos e estou a ponderar formar uma Empresa Unipessoal (EU).

    As minhas despesas de actividade são relativamente poucas, gasóleo, veiculo e manutenção, net, telefone, telemóvel, material de escritório e informática e pouco mais.

    Será que tenho vantagens nesta alteração?

    Como EU posso continuar com regime simplificado ou tenho que passar obrigatoriamente para contabilidade organizada?

    No caso de mudar, a nivel de segurança social ser-me-ia indiferente ou passaria a ser considerado trabalhados por conta de outrem, no caso da EU?

    E a nível de IRC vs IRS. Actualmente retenho 20% mensalmente e no final do ano são feitas as contas. Como será com o IRC?

    Obrigado desde já aos entendidos ou a quem tenha experiência nesta situação.
    Sem dados concretos, apenas podemos especular. Começando pelo fim:

    -IRC:25%, com 12,5% nos primeiros 12500 euros (em 2009)
    -Se estas SEM contabilidade organizada, estas a ser tributado, apenas, com base nas vendas(ou prestaçao de serviços)
    -Seg. Social é indiferente. Se formares empresa a taxa é uma, como empregado, tens outra taxa.

    Se tens algumas despesas que te podem baixar os valores trubutados, então, parece-me melhor opçao começares por ENI com contab. organizada, fazendo-se depois uma analise para, se compensar, formar empresa.

    Agora sem ver o teu IRS, é impossivel dar-te certezas.

  3. #3
    Piloto de Rallye augustus's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Mein liebes Lissabon
    Posts
    12,790

    Por Defeito

    Eu como ENI, inscrito nas finanças, com dois CAE (que é o máximo) para efeitos de IRS tenho automaticamente previstas 30% de despesas sendo o restante (facturado) tributado. Para quem tem poucas despesas até pode compensar...

    Tenho um regime simplificado que não me obriga a escrita organizada.

    Cumps.

  4. #4
    Banido AutoFan's Avatar
    Data de Registo
    May 2004
    Localização
    Aqui ou ali
    Posts
    3,474

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por augustus Ver Post
    Eu como ENI, inscrito nas finanças, com dois CAE (que é o máximo) para efeitos de IRS tenho automaticamente previstas 30% de despesas sendo o restante (facturado) tributado. Para quem tem poucas despesas até pode compensar...

    Tenho um regime simplificado que não me obriga a escrita organizada.

    Cumps.
    Pode-se ter mais que dois CAE.

  5. #5
    Piloto de Rallye augustus's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Mein liebes Lissabon
    Posts
    12,790

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por AutoFan Ver Post
    Pode-se ter mais que dois CAE.
    A mim só me deixaram ter um primário e outro secundário. 62020 e 62030.

    Cumps.

  6. #6
    Banido vsfce's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2009
    Posts
    6,373

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Trabalho a recibos verdes (RV) há mais de 10 anos e estou a ponderar formar uma Empresa Unipessoal (EU).

    As minhas despesas de actividade são relativamente poucas, gasóleo, veiculo e manutenção, net, telefone, telemóvel, material de escritório e informática e pouco mais.

    Será que tenho vantagens nesta alteração?
    Como o Autofan já referiu sem valores é difícil dar uma opinião formada sobre o assunto mas eu vou tentar.

    Se realmente tens assim tão poucas despesas e se o volume de negócios não for muito elevado eu não te aconselho a alterar porque:

    A constituição e manutenção de uma sociedade acarreta muitas despesas nomeadamente:

    Obrigatoriedade de optar pelo regime de contabilidade organizada logo tens que pagar a um TOC para fazer a contabilidade.

    Elaboração de Relatório de Gestão e IES

    PEC - Se continuar a existir são 1000 € por ano independentemente de ter lucro ou prejuízo.

    Se o carro que mencionas não for comercial pagas 10% de tributação autónoma sobre a amortização do carro e sobre todas as despesas que apresentares.


    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Como EU posso continuar com regime simplificado ou tenho que passar obrigatoriamente para contabilidade organizada?
    Actualmente não existe regime simplificado para as sociedades por isso passas obrigatoriamente para contabilidade organizada.

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    No caso de mudar, a nivel de segurança social ser-me-ia indiferente ou passaria a ser considerado trabalhados por conta de outrem, no caso da EU?
    Passa a ser considerado trabalho por conta de outrem no entanto continuas a não ter direito ao subsídio de desemprego.
    Depois passas a descontar 31,25 % sobre o salário que decidires descontar.


    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    E a nível de IRC vs IRS. Actualmente retenho 20% mensalmente e no final do ano são feitas as contas. Como será com o IRC?
    Em IRC não tens que reter mensalmente os 20%.

    Infelizmente sem ver o teu IRS é muito difícil aconselhar mas sinceramente se ainda continuas no regime simplificado é porque não te deve compensar caso contrário já estarias no regime de contabilidade organizada.

    Espero ter esclarecido algumas das dúvidas e se quiseres saber mais alguma coisa apita.

  7. #7
    Banido vsfce's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2009
    Posts
    6,373

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por augustus Ver Post
    A mim só me deixaram ter um primário e outro secundário. 62020 e 62030.

    Cumps.
    Na declaração de início de actividade só tem lugar para esses dois no entanto nas observações podes colocar mais actividades.
    Que eu saiba não existe limite de actividades.

  8. #8
    Piloto de Rallye augustus's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Mein liebes Lissabon
    Posts
    12,790

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vsfce Ver Post
    Na declaração de início de actividade só tem lugar para esses dois no entanto nas observações podes colocar mais actividades.
    Que eu saiba não existe limite de actividades.
    Obrigado pela informação. Dava-me jeito ter muitos mais CAE. Vou-me informar na Finanças.

    Cumps.

  9. #9
    Chefe de Equipa Omega's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Posts
    27,310

    Por Defeito

    O vsfce fez uma boa análise.

  10. #10
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Sentado...
    Posts
    34,039

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vsfce Ver Post
    Como o Autofan já referiu sem valores é difícil dar uma opinião formada sobre o assunto mas eu vou tentar.

    Se realmente tens assim tão poucas despesas e se o volume de negócios não for muito elevado eu não te aconselho a alterar porque:

    A constituição e manutenção de uma sociedade acarreta muitas despesas nomeadamente:

    Obrigatoriedade de optar pelo regime de contabilidade organizada logo tens que pagar a um TOC para fazer a contabilidade.

    Elaboração de Relatório de Gestão e IES

    PEC - Se continuar a existir são 1000 € por ano independentemente de ter lucro ou prejuízo.

    Se o carro que mencionas não for comercial pagas 10% de tributação autónoma sobre a amortização do carro e sobre todas as despesas que apresentares.

    Actualmente não existe regime simplificado para as sociedades por isso passas obrigatoriamente para contabilidade organizada.

    Passa a ser considerado trabalho por conta de outrem no entanto continuas a não ter direito ao subsídio de desemprego.
    Depois passas a descontar 31,25 % sobre o salário que decidires descontar.

    Em IRC não tens que reter mensalmente os 20%.

    Infelizmente sem ver o teu IRS é muito difícil aconselhar mas sinceramente se ainda continuas no regime simplificado é porque não te deve compensar caso contrário já estarias no regime de contabilidade organizada.

    Espero ter esclarecido algumas das dúvidas e se quiseres saber mais alguma coisa apita.
    Agradeço desde já a todos e, pegando neste post;

    Não pretendo referir aqui publicamente qual o valor de facturação anual, mas será que, pela vossa experiência, não terão uma ideia de valor aproximado a partir do qual compensará a mudança?

    Isto prende-se essencialmente com as futuras alterações na contribuição para a SS. Pelo que tenho ouvido falar, vão aumentar brutalmente e não terei condições para as suportar. Já agora, sabem concretamente como vão ficar as coisas com base no novo código do trabalho? Para já só ouvi coisas por alto.

    Se puder ficar como trabalhador por conta de outrem, poder-me-á ser "vantajoso" desde que o acréscimo em IRC não acabe por anular essa "vantagem".

  11. #11
    Piloto Lendário MetalKing's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    PT
    Posts
    37,414

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Agradeço desde já a todos e, pegando neste post;

    Não pretendo referir aqui publicamente qual o valor de facturação anual, mas será que, pela vossa experiência, não terão uma ideia de valor aproximado a partir do qual compensará a mudança?
    Publica lá, assim vêem como nós ganhamos mal, ao contrário do que pensam.

  12. #12
    Banido vsfce's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2009
    Posts
    6,373

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Agradeço desde já a todos e, pegando neste post;

    Não pretendo referir aqui publicamente qual o valor de facturação anual, mas será que, pela vossa experiência, não terão uma ideia de valor aproximado a partir do qual compensará a mudança?

    Isto prende-se essencialmente com as futuras alterações na contribuição para a SS. Pelo que tenho ouvido falar, vão aumentar brutalmente e não terei condições para as suportar. Já agora, sabem concretamente como vão ficar as coisas com base no novo código do trabalho? Para já só ouvi coisas por alto.

    Se puder ficar como trabalhador por conta de outrem, poder-me-á ser "vantajoso" desde que o acréscimo em IRC não acabe por anular essa "vantagem".
    O novo regime da segurança social é mais uma palhaçada para levar os empresários à ruína mas adiante.

    Segundo este novo regime os trabalhadores independentes vão passar a descontar sobre aquilo que facturam ou seja deixa de existir a opção de escolherem sobre que valores querem descontar.

    No teu caso em concreto como és prestador de serviços passas a descontar sobre 70% do valor dos serviços prestados a dividir pelos 12 meses.

    Vamos supor que facturas 20.000 € por ano.

    20.000 x 70% = 14000 €

    14.000 € / 12 meses = 1166 €

    Agora temos que enquadra este valor nos vários escalões de contribuição para a segurança social.
    Para isso tens que dividir o valor mensal (1166 €) pelo IAS (419,22)

    Segundo este cálculo ganhas 2,78 IAS e ficarás enquadrado no 4º escalão.

    Ou sejas passas a descontar sobre 2,5 IAS = 419,22 x 2,5 = 1048,05

    A taxa de contribuição no entanto é inferior por isso passas a pagar de segurança social:

    1048,05 € x 24,6 % = Aprox. 257 €

    Podes no entanto optar entre descontar por este escalão ou pelo escalão imediatamente anterior.

    Que neste caso seria o 3º escalão e passarias a descontar:
    429,22 x 2= 838,44 x 24,6% = 206,25 €

    Para estes valores passas a pagar mais 50€ de segurança social que do meu ponto de vista continua a ser mais vantajoso do que pagar mais centos e tais euros ao TOC pela contabilidade.

    Podes consultar a nova legislação aqui: http://dre.pt/pdf1sdip/2009/09/18000/0649006528.pdf

    O regime dos trabalhadores independentes começa no artº 132.

  13. #13
    Piloto Lendário MetalKing's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    PT
    Posts
    37,414

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vsfce Ver Post
    Podes consultar a nova legislação aqui: http://dre.pt/pdf1sdip/2009/09/18000/0649006528.pdf

    O regime dos trabalhadores independentes começa no artº 132.
    Obrigado, por esta explicação.

  14. #14
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Sentado...
    Posts
    34,039

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vsfce Ver Post
    O novo regime da segurança social é mais uma palhaçada para levar os empresários à ruína mas adiante.

    Segundo este novo regime os trabalhadores independentes vão passar a descontar sobre aquilo que facturam ou seja deixa de existir a opção de escolherem sobre que valores querem descontar.

    No teu caso em concreto como és prestador de serviços passas a descontar sobre 70% do valor dos serviços prestados a dividir pelos 12 meses.

    Vamos supor que facturas 20.000 € por ano.

    20.000 x 70% = 14000 €

    14.000 € / 12 meses = 1166 €

    Agora temos que enquadra este valor nos vários escalões de contribuição para a segurança social.
    Para isso tens que dividir o valor mensal (1166 €) pelo IAS (419,22)

    Segundo este cálculo ganhas 2,78 IAS e ficarás enquadrado no 4º escalão.

    Ou sejas passas a descontar sobre 2,5 IAS = 419,22 x 2,5 = 1048,05

    A taxa de contribuição no entanto é inferior por isso passas a pagar de segurança social:

    1048,05 € x 24,6 % = Aprox. 257 €

    Podes no entanto optar entre descontar por este escalão ou pelo escalão imediatamente anterior.

    Que neste caso seria o 3º escalão e passarias a descontar:
    429,22 x 2= 838,44 x 24,6% = 206,25 €

    Para estes valores passas a pagar mais 50€ de segurança social que do meu ponto de vista continua a ser mais vantajoso do que pagar mais centos e tais euros ao TOC pela contabilidade.

    Podes consultar a nova legislação aqui: http://dre.pt/pdf1sdip/2009/09/18000/0649006528.pdf

    O regime dos trabalhadores independentes começa no artº 132.
    Bem vsfce, o meu GRANDE aplauso e Muito Obrigado pela forma clara como me fizeste o favor de explicar esta questão!

    Não querendo abusar, fazendo a divisão, dá-me 4,42 IAS, pelo que penso ficar no 6º escalão (4 IAS), podendo optar pelo 5º (3 IAS), certo? Aliás, se bem li o diploma, penso que a redução de escalão é feita automaticamente pela segurança social, certo?

    Se estiver correcto, para mim o 5º escalão equivale a pagar 309,38/mês! Para quem não tem direito a subsidio de doença ou de desemprego, é um belo negócio......para os outros!

    Mais uma vez, obrigado.

  15. #15
    Piloto Lendário MetalKing's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    PT
    Posts
    37,414

    Por Defeito

    Vais-me dsculpar CSFE, a mim dá-me 5,21 IAS, em que escalão fico, é que essa parte não consegui encontrar na legislação.

  16. #16
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Sentado...
    Posts
    34,039

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MetalKing Ver Post
    Vais-me dsculpar CSFE, a mim dá-me 5,21 IAS, em que escalão fico, é que essa parte não consegui encontrar na legislação.
    Suponho que seja o 7º e possas descer para o 6º.

    Andas a ganhar bem pá!

  17. #17
    Piloto Lendário MetalKing's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    PT
    Posts
    37,414

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Suponho que seja o 7º e possas descer para o 6º.

    Andas a ganhar bem pá!
    Ao contrário de alguns que têm dois empregos, eu só tenho um, e tenho de me esfalfar.

    E quanto é isso em €, é que actualmente pago € 202.
    Última edição por MetalKing : 27-09-09 às 22:21:41

  18. #18
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Sentado...
    Posts
    34,039

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MetalKing Ver Post
    Ao contrário de alguns que têm dois empregos, eu só tenho um, e tenho de me esfalfar.

    E quanto é isso em €, é que actualmente pago € 202.
    Dois? Agora não percebi.

  19. #19
    Piloto de Testes kushinadaime's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2008
    Localização
    Lisboa
    Posts
    3,446

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por AutoFan Ver Post
    Pode-se ter mais que dois CAE.
    A alteração ao sistema informático que permite ter dois cae é relativamente recente.
    Citação Originalmente Colocado por vsfce
    ...Actualmente não existe regime simplificado para as sociedades por isso passas obrigatoriamente para contabilidade organizada.
    Mas apartir de 1 de Janeiro próximo vai voltar sob o nome de NCRF-PE não é bem regime simplificado como era antes, basicamente será uma contabilidade liberal

  20. #20
    Banido vsfce's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2009
    Posts
    6,373

    Por Defeito

    Sim tens razão passas a descontar automaticamente sobre o 5º escalão.

    Em relação ao subsídio de doença não sei se vai continuar igual até porque não há qualquer referência a isso mas assim que eu souber de alguma coisa eu informo.

    Em relação á unipessoal não te esqueças que a taxa de segurança social é de 31,25 % por isso imagina que queres retirar um salário bruto de 1000 € são 312,50 € que tens que pagar à segurança social e apesar de teres direito ao subsidio de doença continuas a não ter direito ao subsídio de desemprego.

    É complicado eu afirmar que o melhor é mudares para uma unipessoal ou manteres como estás sem conhecer a tua actividade, despesas, valores, etc.
    Por isso o meu conselho é que se achas que vais sair muito prejudicado vai a um TOC de confiança e pede-lhe para analisar a tua situação e verás se realmente compensa ou não abrires uma sociedade.

  21. #21
    Banido vsfce's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2009
    Posts
    6,373

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por kushinadaime Ver Post
    Mas apartir de 1 de Janeiro próximo vai voltar sob o nome de NCRF-PE não é bem regime simplificado como era antes, basicamente será uma contabilidade liberal


    Tens a certeza do que estás a afirmar?

    É que o regime simplificado não tem nada a haver com o NCRF-PE.

    Não confundas fiscalidade com contabilidade.

    E esse novo regime pouco ou nada vai alterar nas PE se reparares as obrigações são idênticas. O que muda em alguns aspectos é contabilização.

  22. #22
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Sentado...
    Posts
    34,039

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vsfce Ver Post
    Sim tens razão passas a descontar automaticamente sobre o 5º escalão.

    Em relação ao subsídio de doença não sei se vai continuar igual até porque não há qualquer referência a isso mas assim que eu souber de alguma coisa eu informo.

    Em relação á unipessoal não te esqueças que a taxa de segurança social é de 31,25 % por isso imagina que queres retirar um salário bruto de 1000 € são 312,50 € que tens que pagar à segurança social e apesar de teres direito ao subsidio de doença continuas a não ter direito ao subsídio de desemprego.

    É complicado eu afirmar que o melhor é mudares para uma unipessoal ou manteres como estás sem conhecer a tua actividade, despesas, valores, etc.
    Por isso o meu conselho é que se achas que vais sair muito prejudicado vai a um TOC de confiança e pede-lhe para analisar a tua situação e verás se realmente compensa ou não abrires uma sociedade.
    Pois, de facto parece-me ser inviável a criação de empresa. Mesmo que poupasse alguma coisa, a maior burocracia não o compensaria certamente. Bom era que com este valor de contribuição, passasse a ter direito a, pelo menos, subsidio de doença...

    Mais uma vez, obrigado.

  23. #23
    Banido vsfce's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2009
    Posts
    6,373

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MetalKing Ver Post
    Ao contrário de alguns que têm dois empregos, eu só tenho um, e tenho de me esfalfar.

    E quanto é isso em €, é que actualmente pago € 202.
    Vai-te preparando para o susto.

    Ora como o Vanquish disse e muito bem ficas enquadrado no 7º escalão, no entanto só descontas sobre o 7º se quiseres porque ficas sempre a descontar pelo escalão abaixo que neste caso é o 6º.

    O 6º escalão corresponde a 4 IAS o que significa que vais passar a pagar sobre: 4 x 429,22 = 1716,88 €.

    1716,88 € x 24,60 % = 422,35 €

    É o dobro do que pagas por isso vê lá a tua vida porque parece-me que o Socas quer levar um salário para casa.
    Última edição por vsfce : 27-09-09 às 23:04:35

  24. #24
    Piloto Lendário MetalKing's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    PT
    Posts
    37,414

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Dois? Agora não percebi.
    E este não conta.

  25. #25
    Piloto Lendário MetalKing's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    PT
    Posts
    37,414

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vsfce Ver Post
    Vai-te preparando para o susto.

    Ora como o Vanquish disse e muito bem ficas enquadrado no 7º escalão, no entanto só descontas sobre o 7º se quiseres porque ficas sempre a descontar pelo escalão abaixo que neste caso é o 6º.

    O 6º escalão corresponde a 4 IAS o que significa que vais passar a pagar sobre: 4 x 429,22 = 1716,88 €.

    1716,88 € x 24,60 % = 422,35 €

    É o dobro do que pagas por isso vê lá a tua vida porque parece-me que o Socas quer levar um salário para casa.

    Obrigado, é um escândalo, para mais quando não se tem direito a nada.

  26. #26
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Sentado...
    Posts
    34,039

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MetalKing Ver Post
    E este não conta.
    Não tinha percebi caneco!

    Tomara eu receber alguma coisa......andar aqui a aturar-vos é só mesmo carolice.


  27. #27
    Piloto Lendário MetalKing's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    PT
    Posts
    37,414

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Vanquish Ver Post
    Não tinha percebi caneco!

    Tomara eu receber alguma coisa......andar aqui a aturar-vos é só mesmo carolice.

    Pois, pois...

  28. #28
    Banido vsfce's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2009
    Posts
    6,373

    Por Defeito

    Pessoal tenho mais algumas novidades em relação à segurança social.

    Em primeiro lugar quero apenas dizer que ainda existem muitas dúvidas em relação a esta nova lei e que a informação que eu vou transmitir não é vinculativa ok.

    Ponto 1 - Artº 279º e seguintes.

    Segundo este artº vai existir um ajustamento progressivo da base de incidência contributiva. Ou seja quem está neste momento a descontar pelo 1º escalão apenas poderá ficar enquadrado no 2º escalão para o próximo ano e assim sucessivamente.

    Ponto 2 - Artº 141

    Segundo este artigo o novo regime passa a garantir a doença.

    Ponto 3

    Existem duas taxas contributivas.
    29,60% para os Comerciantes e Produtores Agriculas
    24,60% para os prestadores de serviços

    No caso dos prestadores de serviços a diferença dos 5% será ao encargo de quem contrata o prestador de serviços no entanto a forma como isto se vai processar ainda é uma incóginta.

    Por fim quero pedir desculpa se por acaso induzi alguém em erro ou em desespero mas pelo menos por enquanto podem ficar "descansados" porque isto não vai ser tudo de uma vez.

    Estou á espera que saía alguma formação sobre esta nova lei para poder dar uma informação mais formada sobre este assunto porque por enquanto tudo é uma incógnita.

  29. #29
    Moderador Vanquish's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Sentado...
    Posts
    34,039

    Por Defeito

    Quem me dera que me induzissem em erro sempre desta forma!

    Ora bem, estou a descontar no 2º escalão (1,5 IAS). Isso quer dizer que, atendendo á progressividade da coisa, no próximo ano ficarei no 3º escalão (2 IAS), o que dá uma contribuição de 206,26€ mensais. Embora seja um aumento relevante de 30%, sempre é melhor e mais gradual do que um aumento de quase 100%!

    E passa mesmo a garantir a doença? Assim já fico mais contente, se bem que espero nunca na vida precisar de receber 1 cêntimo!

    Mais uma vez, fico-te muito agradecido com a ajuda pois já estava a entrar em parafuso com mais esta despesa. Muito Obrigado.

    Abraço

  30. #30
    Piloto de Testes kushinadaime's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2008
    Localização
    Lisboa
    Posts
    3,446

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por vsfce Ver Post


    Tens a certeza do que estás a afirmar?

    É que o regime simplificado não tem nada a haver com o NCRF-PE.

    Não confundas fiscalidade com contabilidade.

    E esse novo regime pouco ou nada vai alterar nas PE se reparares as obrigações são idênticas. O que muda em alguns aspectos é contabilização.
    por isso é que afirmei "...não é bem regime simplificado como era antes, basicamente será uma contabilidade liberal"

Página 1 de 2 12 ÚltimaÚltima

Tópicos semelhantes

  1. Tópico dos Recibos Verdes
    Por EnginE na secção OFF Topic
    Respostas: 2413
    Último Post: 30-06-14, 19:11:47
  2. Respostas: 1
    Último Post: 25-10-07, 20:37:49
  3. Recibos Verdes - Como funciona?
    Por fapoc na secção OFF Topic
    Respostas: 3
    Último Post: 23-10-06, 19:11:32

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.