[Economia] Agricultura biológica - Página 2
 Rede MPL:
Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12
A mostrar resultados 31 para 43 de 43

Título: Agricultura biológica

  1. #31
    Piloto de Rallye Karma's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    New New York
    Posts
    13,247

    Por Defeito

    MYTH #3: GE crops eliminate pesticides and are necessary for environmentally sustainable farming.
    REALITY: Farmers who grow GE crops actually use more herbicide, not less. For example, Monsanto created Roundup-Ready (RR) soy, corn and cotton specifically so that farmers would continue to buy Roundup, the company’s best-selling chemical weed killer, which is sold with RR seeds3. Instead of reducing pesticide use, one study of more than 8,000 university-based field trials suggested that farmers who plant RR soy use two to five times more herbicide than non-GE farmers who use integrated weed-control methods. GE crops may be the greatest threat to sustainable agriculture on the planet. Many organic farmers rely on a natural bacterial spray to control certain crop pests. The advent of genetically engineered, insect-resistant crops is likely to lead to insects that are immune to this natural pesticide. When this biological pesticide is rendered ineffective, other farmers will turn to increasingly toxic chemicals to deal with the “superbugs” created by GE crops. Meanwhile, organic farmers will be out of options.

    MYTH #6: GE foods are necessary to feed the developing worlds growing population.
    REALITY: In 1998, African scientists at a United Nations conference strongly objected to Monsanto’s promotional GE campaign that used photos of starving African children under the headline “Let the Harvest Begin.” The scientists, who represented many of the nations affected by poverty and hunger, said gene technologies would undermine the nations’ capacities to feed themselves by destroying established diversity, local knowledge and sustainable agricultural systems7. Genetic engineering could actually lead to an increase in hunger and starvation. Biotech companies like Monsanto force growers to sign a technology use agreementä when growing their patented GE crops which stipulates, among other things, they the farmer can not save the seeds produced from their GE harvest. Half the world’s farmers rely on saved seed to produce food that 1.4 billion people rely on for daily nutrition.


    Myths & Realities of GE Crops The True Food Network


    Podem rebater os argumentos, estamos aqui para aprender.
    Última edição por Karma : 08-03-09 às 21:14:16


  2. #32
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    May 2004
    Localização
    Porto, Portugal.
    Posts
    3,802

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Carlos.L Ver Post
    Mas porquê esta reacção das pessoas?
    Porque naturalmente as pessoas tem medo daquilo que desconhecem, daquilo que é novo e daquilo que é "demasiado" diferente ou revolucionário.

    Porque as pessoas confundem a tecnologia com aplicação da tecnologia.
    Confundem poder académico e cientifico, com poder corporativo, lobby.

    Porque a tecnologia em si, como grande parte das tecnologias existentes, permite os maiores feitos, ou as maiores calamidades.

    Porque o esclarecimento das populações sobre estes assuntos não está a ser realizada.

    Porque há lobby's "do outro lado da barricada", que são mais vocais, mais activos, mais mediáticos. Os produtos OGM vão dar dinheiro a ganhar a muita gente, evidente, mas também vão fazer muita gente perder dinheiro e poder.

    Volto a repetir. Não confundam a tecnologia como ferramenta, com a implementação da mesma, um martelo dá para ajudar a construir uma casa, mas também dá para matar uma pessoa. Vamos banir os OGM porque tem o potencial de ser usado com fins bélicos ou menos éticos? Não me parece. Os benefícios da tecnologia são MUITO superiores aos riscos, como já tive o cuidado de esclarecer no post das 19:57:40

    Isto vai para a frente, e daqui a uns anos vamos-nos rir de toda esta "polémica"

  3. #33
    Piloto de Troféu Sweden's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2008
    Localização
    Lisboa
    Posts
    8,141

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Carlos.L Ver Post
    É para te garantir que não estou no gozo.
    Ainda bem. Vindo de ti não esperaria outra coisa...

  4. #34
    Piloto de Troféu Sweden's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2008
    Localização
    Lisboa
    Posts
    8,141

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Karma Ver Post
    MYTH #3: GE crops eliminate pesticides and are necessary for environmentally sustainable farming.
    REALITY: Farmers who grow GE crops actually use more herbicide, not less. For example, Monsanto created Roundup-Ready (RR) soy, corn and cotton specifically so that farmers would continue to buy Roundup, the company’s best-selling chemical weed killer, which is sold with RR seeds3. Instead of reducing pesticide use, one study of more than 8,000 university-based field trials suggested that farmers who plant RR soy use two to five times more herbicide than non-GE farmers who use integrated weed-control methods. GE crops may be the greatest threat to sustainable agriculture on the planet. Many organic farmers rely on a natural bacterial spray to control certain crop pests. The advent of genetically engineered, insect-resistant crops is likely to lead to insects that are immune to this natural pesticide. When this biological pesticide is rendered ineffective, other farmers will turn to increasingly toxic chemicals to deal with the “superbugs” created by GE crops. Meanwhile, organic farmers will be out of options.

    MYTH #6: GE foods are necessary to feed the developing worlds growing population.
    REALITY: In 1998, African scientists at a United Nations conference strongly objected to Monsanto’s promotional GE campaign that used photos of starving African children under the headline “Let the Harvest Begin.” The scientists, who represented many of the nations affected by poverty and hunger, said gene technologies would undermine the nations’ capacities to feed themselves by destroying established diversity, local knowledge and sustainable agricultural systems7. Genetic engineering could actually lead to an increase in hunger and starvation. Biotech companies like Monsanto force growers to sign a technology use agreementä when growing their patented GE crops which stipulates, among other things, they the farmer can not save the seeds produced from their GE harvest. Half the world’s farmers rely on saved seed to produce food that 1.4 billion people rely on for daily nutrition.


    Myths & Realities of GE Crops The True Food Network


    Podem rebater os argumentos, estamos aqui para aprender.
    A Monsanto é o alvo preferencial dos anti-OGM. Estive a ver o site que mencionas e não encontrei a fonte das afirmações que fazem. Parecem-me falsas declarações, para mais uma vez, amedontrar o comum dos mortais. Os OGMs são um bicho papão que come criancinhas...
    O que posso dizer é que em relação aos pesticidas, os OGMs diminuem a sua utilização. Achas que algum produtor de milho compraria sementes de milho transgénico que ainda tivessem que levar mais pesticidas (mais $$$) que as "normais"?
    Os OGMs são perfeitamente inofensivos.

  5. #35
    h2o
    h2o está offline
    Banido h2o's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2006
    Posts
    903

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Sweden Ver Post
    A Monsanto é o alvo preferencial dos anti-OGM. Estive a ver o site que mencionas e não encontrei a fonte das afirmações que fazem. Parecem-me falsas declarações, para mais uma vez, amedontrar o comum dos mortais. Os OGMs são um bicho papão que come criancinhas...
    O que posso dizer é que em relação aos pesticidas, os OGMs diminuem a sua utilização. Achas que algum produtor de milho compraria sementes de milho transgénico que ainda tivessem que levar mais pesticidas (mais $$$) que as "normais"?
    Os OGMs são perfeitamente inofensivos.
    não come criancinhas mas sempre me disseram que destruiam a biodiversidade.
    Também tem coisas positivas, são bastantes resistentes à condições atmosféricas adversas.Pá mas daí a dizeres que são inofensivos, não iria tão longe.

  6. #36
    Piloto de Troféu Sweden's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2008
    Localização
    Lisboa
    Posts
    8,141

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por h2o Ver Post
    não come criancinhas mas sempre me disseram que destruiam a biodiversidade.
    Também tem coisas positivas, são bastantes resistentes à condições atmosféricas adversas.Pá mas daí a dizeres que são inofensivos, não iria tão longe.
    Esse é um bom argumento. Eu quando digo inofensivo refiro-me em relação às pessoas através da alimentação. A questão do impacto dos OGMs na biodiversidade é importante. Se todos os vegetais forem resistentes a um determinado parasita, ele acabará por extinguir-se... e com isso, toda uma cadeia alimentar será afectada... O importante será, talvez, decidir qual o grau de implantação máximo de uma cultura de OGMs numa determinada área de cultivo. É uma questão muito complexa... são precisos mais estudos.

  7. #37
    h2o
    h2o está offline
    Banido h2o's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2006
    Posts
    903

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Sweden Ver Post
    Esse é um bom argumento. Eu quando digo inofensivo refiro-me em relação às pessoas através da alimentação. A questão do impacto dos OGMs na biodiversidade é importante. Se todos os vegetais forem resistentes a um determinado parasita, ele acabará por extinguir-se... e com isso, toda uma cadeia alimentar será afectada... O importante será, talvez, decidir qual o grau de implantação máximo de uma cultura de OGMs numa determinada área de cultivo. É uma questão muito complexa... são precisos mais estudos.
    Exacto, pensava que te estavas referir a biodv.
    Penso que na alimentação, até pode ser vantajoso, uma vez que se pode alterar o "DNA", a composição dos mesmos pode ser mais rica em certos nutrientes, e em vez de precisares de comer por exemplo 4 porções de X, comes 3 e o preço em princípio é para baixar, logo economicamente penso que seria benéfico para a população.
    O efeito negativo que prevejo é talvez alguma perda de sabor/gosto do trangésnico.
    Muito sinceramente, duvido que os alimentos chegam ao mercado com algum perigo para consumo,não faltará dinheiro para testar a qualidade do produto.
    Agora, se a ideia é andarem aí a produzir comida para transformar em combustível, aí, vão mas é para o c%ralh$.

  8. #38
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    LX, , Burkina Faso (Upper Volta).
    Posts
    8,831

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Foliv Ver Post




    Os OGM's comercializados são ESTÉREIS, isto faz com que não se possam reproduzir e como tal não contaminam outras, especies com o seu polen, não crescem selvaticamente pelos campos a fora de foram descontrolada, não interagem com as espécies nativas naturais...



    Tens a certeza?


    Há uns anos tive que fazer uma apresentação sobre OGM e um das coisas que li dizia exactamente o contrário.

    Existiam estudos realizados com plantações de OGM ao lado de plantações normais que estava provado que existia "contaminação".

    Podemos também falar da redução da variabilidade genética. As espécies tradicionais deixam simplesmente de ter lugar nas culturas, para além do risco de uma pequena epidemia poder reduzir as plantações.

    Lembro-me de um professor meu ter dado um caso de uma largas centenas de laranjeiras, em Espanha, terem ido à vida num instante exactamente por isso. Eram todas genéticamente muito parecidas.

    Segundo parece também há estudos que indicam que podem haver contaminações entre espécies diferentes. Já ouvi falar de umas abelhas na America (sul, norte ou central.. não me lembro) nas quais as a flora intestinal incorporou as características transgénicas do milho, levado à sua morte.


    Não são assim também nenhuma maravilha..

  9. #39
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    LX, , Burkina Faso (Upper Volta).
    Posts
    8,831

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Sweden Ver Post
    Esse é um bom argumento. Eu quando digo inofensivo refiro-me em relação às pessoas através da alimentação. A questão do impacto dos OGMs na biodiversidade é importante. Se todos os vegetais forem resistentes a um determinado parasita, ele acabará por extinguir-se... e com isso, toda uma cadeia alimentar será afectada... O importante será, talvez, decidir qual o grau de implantação máximo de uma cultura de OGMs numa determinada área de cultivo. É uma questão muito complexa... são precisos mais estudos.

    São mesmo inofensivos em relação às pessoas?

    Não estaremos na presença de, assim muito mal comparado, um novo DDT? Em que no inicio são só maravilhas...

  10. #40
    Piloto de Rallye hpventura's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2004
    Localização
    Um Hotel de 5 estrelas no topo do Mundo !
    Posts
    12,576

    Por Defeito

    O suplemento de Economia do Expresso da semana passada traz uma reportagem sobre o que se faz em Agricultura na regisão de Odemira/ Oeste Alentejano.

    Há por ali muita inovação e investigação a produzir alimentos de qualidade com preços competitivos.

    Se há modificação genética? Possivelmente, aliás, os posts do Foliv são muito elucidativos.

    Os critérios de análise deverão ser simples:

    1) Segurança Alimentar
    2) Viabilidade econónimca para o produtor
    3) Preços competitivos para o consumidor
    4) Qualidade nutricional do alimento
    5) Paladar do alimento

    Se um dado OGM garantir todos estes critérios, não vejo porque não seja produzida.

    Até porque, em última análise, o OGM de hoje será a cultura biológica de amanhã.

  11. #41
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    May 2004
    Localização
    Porto, Portugal.
    Posts
    3,802

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por bizarro Ver Post
    Tens a certeza?


    Há uns anos tive que fazer uma apresentação sobre OGM e um das coisas que li dizia exactamente o contrário.

    Existiam estudos realizados com plantações de OGM ao lado de plantações normais que estava provado que existia "contaminação".

    Podemos também falar da redução da variabilidade genética. As espécies tradicionais deixam simplesmente de ter lugar nas culturas, para além do risco de uma pequena epidemia poder reduzir as plantações.

    Lembro-me de um professor meu ter dado um caso de uma largas centenas de laranjeiras, em Espanha, terem ido à vida num instante exactamente por isso. Eram todas genéticamente muito parecidas.

    Segundo parece também há estudos que indicam que podem haver contaminações entre espécies diferentes. Já ouvi falar de umas abelhas na America (sul, norte ou central.. não me lembro) nas quais as a flora intestinal incorporou as características transgénicas do milho, levado à sua morte.


    Não são assim também nenhuma maravilha..
    Sim são estéreis, propositadamente, para evitar precisamente o problema quer da diminuição das espécies autóctones por competição, quer para eliminar a contaminação ( reprodução entre variedades naturais e geneticamente manipuladas) e também para proteger evidentemente o trabalho intelectual do laboratório, e "obrigar" o agricultor a comprar novas sementes.

    O que acontece é quando se semeia/planta um organismo OGM, ( sim eles também vem de sementes, não são leite em pó) durante o processo algumas sementes podem ser arrastadas pelo vento, maquinas, pessoas, animais, etc, e espalhar essas variedades fora dos terrenos alvo. Elas germinam crescem, mas NÃO SE REPRODUZEM, logo não há contaminação de genética resultante de contaminações. Como são estéreis, essas plantas transgénicas que cresceram fora do terreno alvo, vivem, como qualquer outra, mas ao não se reproduzir, assim que morrer acaba essa "fuga".

    Quando se fala nos media de contaminação de campos vizinhos por ogm, é neste contexto de sementes fugitivas, e não no contexto genético da coisa.


    Resumindo: Como todo o processo desde o desenvolvimento do OGM á sua plantação é controlado, não há redução de variabilidade genética das espécies autoctones, no sentido que os OGM não vão invadir terrenos sem ser por acção humana, NÃO se vão reproduzir ou entre cruzar espalhando os genes. Reduz sim a biodiversidade no sentido em que se plantam áreas extensas de terrenos de monoculturas, do mesmo modo que se cultivam enormes extensões de terrenos de monoculturas de organismos não manipulados como vemos por esses campos fora. Ou seja é uma diminuição de biodiversidade por culpa humana e não por culpa do OGM.

    Quanto ás laranjeiras, foram á vida não por serem transgénicas mas porque não se podem reproduzir ( as semente são estéreis) E alguns agricultores tentam "dar o golpe" recolhendo as sementes dos OGM para posterior plantação, mas esse "truque" não funciona.

    Quanto á incorporação de genes de tangencias nas abelhas, é completamente FALSO!!! Ao comermos o que quer que seja, destruímos durante o processo de digestão qualquer vestígio genético, ou seja NÃO se fica geneticamente manipulado por se comer OGM's.


    Isso são tudo mitos, desinformação e campanhas de grupos "ambientalistas" que ainda não se aperceberam que os OGM são DE LONGE melhores que qualquer produto de produção agricula industrial química.
    Última edição por Foliv : 09-03-09 às 17:28:07

  12. #42
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    May 2004
    Localização
    Porto, Portugal.
    Posts
    3,802

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por bizarro Ver Post
    São mesmo inofensivos em relação às pessoas?

    Não estaremos na presença de, assim muito mal comparado, um novo DDT? Em que no inicio são só maravilhas...

    O DDT foi um pesticida ( muito bom por sinal) que cumpriu a sua função primária, mas na altura ainda não se tinha conhecimentos suficientes, nem foram feitos estudos suficientes para avaliar a toxicidade a longo prazo do DDT. É um produto artificial, nunca existiu de forma natural na natureza, sendo por isso mais complexos do que genes.

    Os transgénicos são organismos que tem no seu DNA natural, genes de outros organismos, que dão vantagem ao organismo final que pretendemos..

    Imagina um gene de "laranjas doces" extraído de uma variedade de laranjeira que dá doces mas mirradas, pouco sumarentas e de pouca duração.

    Se colocares este gene de "laranjas doces" numa variedade de laranjeira que ás dá grandes e sumarentas mas amargas, ela vai dar doces, grandes e sumarentas.

    Ou seja foi unicamente TRANSFERIDO o gene de uma espécie ou variedade para outra, NÃO foi inventado NENHUM gene!! Os genes dos transgénicos são tão naturais quando os do organismo original.

    Num OGM SÓ o processo de transferência de genes é que é "artificial" os genes em si são a mãe natureza .

    Espero ter ajudado. Por favor lê os meus post anteriores neste tópico. São longos mas tem informação util para que possas ter outra ideia ou não sobre o assunto.
    Última edição por Foliv : 09-03-09 às 17:45:31

  13. #43
    Chefe de Equipa CarlosL's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2003
    Localização
    다니는 여자들의 땅
    Posts
    29,326

    Por Defeito

    Foliv,

    Só agora consegui ler os teus posts e fiquei com uma ideia bastante clara sobre algumas das questões que a maioria das pessoas discutem.

    Agradeço o trabalho que tiveste.

    Num programa de TV, vi um exemplar de couve selvagem que por permanecer num estado (próximo) do original, tinha todas as protecções contra a maioria das pragas, mas perfeitamente inadequada para a alimentação humana. E foi o ser humano que manipulou, com os respectivos cruzamentos, as espécies que ao longo de milhares de anos se tornaram na base da nossa alimentação.

    Nesse mesmo programa, apresentava um artigo sobre o Uganda e a sua economia de subsistência baseada em alguns produtos, nomeadamente a banana. A maioria das bananeiras está contaminada por uma praga que atrofia a banana, tendo uma universidade local desenvolvido através da biotecnologia uma nova variante saudável e resistente da banana, que seria a solução para a alimentação de muitos milhares ou milhões.

    Por incrível que nos pareça, é o próprio Governo que sob pressão da política da UE, não permite o uso dessa tecnologia.

    E não há multinacionais metidas ao barulho.

    Esta aparente irracionalidade, espanta-me.

Página 2 de 2 PrimeiraPrimeira 12

Tópicos semelhantes

  1. Resposta do Ministro da Agricultura a Paulo Portas...
    Por Vanquish na secção OFF Topic
    Respostas: 24
    Último Post: 27-02-08, 20:55:03
  2. A Guerra Biológica da antiguidade aos tempos modernos
    Por Excalibur na secção OFF Topic
    Respostas: 8
    Último Post: 10-12-07, 08:18:55
  3. O regresso da agricultura
    Por pmct na secção OFF Topic
    Respostas: 78
    Último Post: 15-11-07, 16:05:33
  4. Ministro da Agricultura dá aumento de 23% ...
    Por PeLeve na secção OFF Topic
    Respostas: 13
    Último Post: 26-11-06, 22:54:06
  5. Ministério da Agricultura corta 30% dos seus .....
    Por Renas na secção OFF Topic
    Respostas: 9
    Último Post: 10-07-06, 19:35:49

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.