Termoacumulador, esquentador ou caldeira? - Página 4
 Rede MPL:
Página 4 de 6 PrimeiraPrimeira ... 345 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 91 para 120 de 159
Like Tree7Likes

Título: Termoacumulador, esquentador ou caldeira?

  1. #91
    Piloto de Fórmula 1 PeugeotSales's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2006
    Posts
    15,861

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrsX Ver Post
    Deixa cá sacar da pá...

    Aos entendidos... num apartamento com instalação de gás (ainda não sei se butano ou natural), e para uma pessoa, que equipamento acham mais adequado? Esquentador ou termoacumulador? Estou mais inclinada para o esquentador (tenho sempre a ideia de que o termoacumulador tem um gasto energético maior para aquecer e manter a água quente) mas queria "ouvir" as vossas opiniões.
    A melhor opção é o esquentador visto que é só uma pessoa.

    E se for gás natural, butano ou propano vai gastar muito pouco em relação á electricidade.

    Por norma uma pessoa gasta uma media de 1 a 5m3 de gás por mês

    Enquanto num termoacumulador,mesmo não estando a gastar agua,a resistência esta sempre a funcionar para que agua não baixe a temperatura: logo ai estará sempre a gastar luz.


  2. #92
    Chefe de Equipa MrsX's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2007
    Posts
    29,013

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por PeugeotSales Ver Post
    A melhor opção é o esquentador visto que é só uma pessoa.

    E se for gás natural, butano ou propano vai gastar muito pouco em relação á electricidade.

    Por norma uma pessoa gasta uma media de 1 a 5m3 de gás por mês

    Enquanto num termoacumulador,mesmo não estando a gastar agua,a resistência esta sempre a funcionar para que agua não baixe a temperatura: logo ai estará sempre a gastar luz.
    Pois, era a ideia que tinha. Estava a ponderar o termoacumulador numa situação em que fosse para "banir" o gás de casa, mas como não gosto de placas eléctricas isso nunca iria acontecer, e além disso não tenho bem a noção do gasto de energia de um termoacumulador.

  3. #93
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por PeugeotSales Ver Post
    A melhor opção é o esquentador visto que é só uma pessoa.

    E se for gás natural, butano ou propano vai gastar muito pouco em relação á electricidade.

    Por norma uma pessoa gasta uma media de 1 a 5m3 de gás por mês

    Enquanto num termoacumulador,mesmo não estando a gastar agua,a resistência esta sempre a funcionar para que agua não baixe a temperatura: logo ai estará sempre a gastar luz.
    Como?!
    Dizes isso baseado em quê?!

    Um termoacumulador eléctrico razoável, gasta menos que qualquer esquentador a gás!!

    Eu fui técnico de reparação de esquentadores e trabalhei alguns anos na assistência técnica oficial da Vulcano/Junkers, mas sempre preferi os termoacumoladores eléctricos aos esquentadores!
    Aliás, para mim, o gás faz cada vez menos sentido e, numa casa minha, nem sequer é uma opção!!

    O mesmo acontece com os fogões gás/placas indução!

    Aqui ficam testes da DECO; um que já tinha sido colocado neste tópico e, outro em relação às placas/fogões, que eu já tinha colocado noutro tópico:




  4. #94
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrsX Ver Post
    Pois, era a ideia que tinha. Estava a ponderar o termoacumulador numa situação em que fosse para "banir" o gás de casa, mas como não gosto de placas eléctricas isso nunca iria acontecer, e além disso não tenho bem a noção do gasto de energia de um termoacumulador.
    Acredita que tens a ideia errada....
    Faz uma pesquisa sobre o assunto e, vais ver que o termmoacumulador eléctrico é uma boa opção!

    Não gostas das placas de indução?!
    Porquê?

  5. #95
    Piloto de Fórmula 1 REDLINER's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2003
    Localização
    Algures entre Lisboa e o Cabo da Roca
    Posts
    17,982

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ASAS Ver Post
    Como?!
    Dizes isso baseado em quê?!

    Um termoacumulador eléctrico razoável, gasta menos que qualquer esquentador a gás!!

    Eu fui técnico de reparação de esquentadores e trabalhei alguns anos na assistência técnica oficial da Vulcano/Junkers, mas sempre preferi os termoacumoladores eléctricos aos esquentadores!
    Aliás, para mim, o gás faz cada vez menos sentido e, numa casa minha, nem sequer é uma opção!!

    O mesmo acontece com os fogões gás/placas indução!

    Aqui ficam testes da DECO; um que já tinha sido colocado neste tópico e, outro em relação às placas/fogões, que eu já tinha colocado noutro tópico:



    Asas já vi que percebes da "poda", tenho uma questão:

    Tenho um TA Vulcano Prime Aqua (100 L) e falam-me (aqui) de manutenção anual e/ou bienal...

    Que manutenção? Eu já li os manuais de trás para a frente e não leio nada disso...

    É que o meu já vai para 3 anos e nunca lhe fiz nenhuma "manutenção"! Podes ajudar?

  6. #96
    Chefe de Equipa MrsX's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2007
    Posts
    29,013

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ASAS Ver Post
    Como?!
    Dizes isso baseado em quê?!

    Um termoacumulador eléctrico razoável, gasta menos que qualquer esquentador a gás!!

    Eu fui técnico de reparação de esquentadores e trabalhei alguns anos na assistência técnica oficial da Vulcano/Junkers, mas sempre preferi os termoacumoladores eléctricos aos esquentadores!
    Aliás, para mim, o gás faz cada vez menos sentido e, numa casa minha, nem sequer é uma opção!!

    O mesmo acontece com os fogões gás/placas indução!

    Aqui ficam testes da DECO; um que já tinha sido colocado neste tópico e, outro em relação às placas/fogões, que eu já tinha colocado noutro tópico:



    De quando é que são esses gráficos?

    Mas olha que no AQS... esse tipo de consumo que aí está não tem nada a ver com o meu. Banhos de imersão? 170 litros por dia?? Vai lá vai!! É exactamente pelo gasto ser reduzido que me parece que o esquentador seria a melhor opção.

  7. #97
    Chefe de Equipa MrsX's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2007
    Posts
    29,013

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ASAS Ver Post
    Acredita que tens a ideia errada....
    Faz uma pesquisa sobre o assunto e, vais ver que o termmoacumulador eléctrico é uma boa opção!

    Não gostas das placas de indução?!
    Porquê?
    Do que li até agora, inclino-me para o esquentador!

    Não gosto... chama-lhe mania mas controlo melhor a confecção dos alimentos com uma placa a gás.

  8. #98
    Banido
    Data de Registo
    Dec 2011
    Posts
    7,904

    Por Defeito

    Há uns tempos fiz as contas e o termoacumulador era mais económico..

    Em termos de segurança não me sinto mais seguro com o termoacumulador dentro de casa em relação ao esquentador, recipiente fechado com agua é algo que não me agrada..

  9. #99
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2012
    Localização
    Leiria
    Posts
    9

    Lightbulb

    Boa noite,

    Na minha opinião MrsX, a escolha está dependente de dois factores:

    1 O apartamento tem inspecção feita do gás?
    Se ainda não a realizou creio que não vale a pena sendo pouco o uso que lhe irá dar, o gás (em especial o natural) pode compensar quando usado em quantidade (como o exemplo de uma familia numerosa)

    2 Vai manter gás devido ao fogão?
    Se pretende manter a ligação de gás activa a propósito do fogão (respeito a escolha de preferir confeccionar os alimentos com gás, eu também o prefiro embora não o tenha na minha casa) a questão de usar um esquentador pode ser uma opção, mas ainda assim, mesmo com pouco uso, o termoacumulador pode ser mais económico.
    Relembro que a maior parte dos termoacumuladores age por "on off" da sua resistencia, isto é, liga a resistencia apenas breves periodos de tempo para manter a água à temperatura selecionada (para quem conhece, semelhante aos ar condicionados sem inverter), concerteza que quanto mais quente a tiver maior será o consumo de energia para a manter assim. Se o consumo de água no duche não for muito grande, uma solução de 50 litros é suficiente e se mantiver a água a uma temperatura razoável de 50ºC vai ver que a factura da electricidade "aquece pouco"...

    E em relação ao dito pelo PeugeotSales, os termoacumuladores que estão continuamente a gastar energia, tem uma potencia variável (em semelhança a um ar condicionado com inverter, ou mesmo a um forno profissional), no inicio trabalham à potencia máxima (supomos 2000W) e essa potencia vai sendo reduzida para o mínimo necessário, por exemplo 75W. Ela sobe quando há consumo de água para repor a temperatura desejada e diminui em seguida para a manter na linha do ideal. Concerteza estão sempre a consumir mas são mais económicos de facto do que os termoacumuladores mais convecionais e baratos pois esses quando ligam é imediatamente à potencia máxima (neste exemplo 2000W) e estão periodicamente a ligar e a desligar como já disse anteriormente (são semelhantes por exemplo ao mítico ferro de engomar).

    Mas concordo com as opiniões que o gás fica bem noutra casa que não a nossa... Isto porque inevitavelmente é perigoso e requer muito cuidado com a ventilação do espaço onde é usado... Relembre-se que em muitos prédios a extracção de gases dos esquentadores não é a ideal e isso provoca que eles não funcionem correctamente... E neste caso falo por mim, se há coisa que detesto nos esquentadores é quando eles se desligam a meio do duche!
    Outra das desvantagens (tanto ecológica como para a sua carteira) é a água que desperdiça no processo de ligar o esquentador e para o manter acesso. Vou-lhe dar dois exemplos:
    - Se lava a loiça à mão, para manter a água quente tem de abrir a torneira praticamente na totalidade (o que significa muitas vezes mais de 15 Litros por minuto a sair da carteira). No termoacumulador pode abrir um mínimo de água para a lavar podendo aqui poupar alguns litros mesmo mantendo a água aberta.
    - Ao abrir a água tem de aguardar que o esquentador comece efectivamente a aquecer (o que pode demorar 10 segundos) e depois que a água chegue à divisória onde se encontra. Com o termoacumulador a água quente já se encontra pronta a sair, se ainda não a usou num longo espaço de tempo é só a viagem do TA para a torneira aberta. Se o usou recentemente a água quente já está na tubagem e não vai ter aquela clássica falha (que é complicada no duche e nos leva tantas vezes a não fechar a água) ao reabrir a torneira.


    REDLINER:
    Pelo que sei deve ser feita de dois em dois anos uma inspecção ao estado geral do termoacumulador e ao estado do anodo de magnésio (porque este se corroi e deve ser substituido periodicamente). Já ouvi falar que alguns termoacumuladores não o tem sendo que teoricamente dispensam essa inspecção e eventual manutenção. Aconselho a contactar directamente a Vulcano e a esclarecer com eles qual a necessidade de manutenção do seu equipamento:
    Contactos - Vulcano
    Caso lhe indiquem o que precisa de fazer e necessite de alguém pode pedir-lhes contactos de instaladores autorizados para pedir orçamento.


    Cumprimentos,

  10. #100
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2012
    Localização
    Leiria
    Posts
    9

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ferrer Ver Post
    Há uns tempos fiz as contas e o termoacumulador era mais económico..

    Em termos de segurança não me sinto mais seguro com o termoacumulador dentro de casa em relação ao esquentador, recipiente fechado com agua é algo que não me agrada..
    Mas pode sentir, os termoacumuladores já vem equipados desde à alguns anos com sistemas de controlo de pressão e com válvulas de emergencia, que em caso de excesso de pressão permitem a expulsão de água do recipiente. Tudo advém de uma correcta instalação! Relembre-se que o esquentador até à alguns anos também não trazia um sensor de CO e podia simplesmente asfixiar o seu proprietário! E quantas vezes um fósforo e uma fuga de gás (que advém de instalações que não são inspecionadas periodicamente) não significam graves problemas!
    A segurança vai evoluindo na matéria de AQS e dos termoacumuladores não precisa de ter medo eheh

  11. #101
    Piloto de Troféu MerryBerry's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2010
    Localização
    Sunset Boulevard
    Posts
    9,861

    Por Defeito

    Tu és tramada, falas que vais fazer mudanças para ver se algum se voluntaria a alombar com os móveis. Agora dás a dica subtilmente que precisas de um técnico de gás. Estou-te a ver!

    De experiências que conheço, diria que o esquentador é a tua melhor opção.

  12. #102
    Banido
    Data de Registo
    Dec 2011
    Posts
    7,904

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por verreauxeagle Ver Post
    Mas pode sentir, os termoacumuladores já vem equipados desde à alguns anos com sistemas de controlo de pressão e com válvulas de emergencia, que em caso de excesso de pressão permitem a expulsão de água do recipiente. Tudo advém de uma correcta instalação! Relembre-se que o esquentador até à alguns anos também não trazia um sensor de CO e podia simplesmente asfixiar o seu proprietário! E quantas vezes um fósforo e uma fuga de gás (que advém de instalações que não são inspecionadas periodicamente) não significam graves problemas!
    A segurança vai evoluindo na matéria de AQS e dos termoacumuladores não precisa de ter medo eheh
    Eu sei disso já fiz manutenção de caldeiras , eu considero que não havendo pessoas atentas ao esquentador e termoacumuladores o esquentador é mais seguro... o termoacumuladores é uma potencial bomba...

  13. #103
    eu
    eu está offline
    Piloto de Fórmula 1
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    16,153

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ferrer Ver Post
    o termoacumuladores é uma potencial bomba...
    Porquê?

  14. #104
    eu
    eu está offline
    Piloto de Fórmula 1
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    16,153

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por verreauxeagle Ver Post
    Relembre-se que o esquentador até à alguns anos também não trazia um sensor de CO
    Penso que o que trazem não é um sensor de CO mas apenas de temperatura. Ou sejam detetam se está a sair gás de combustão (quente) para fora da conduta mas sem medir o CO...

  15. #105
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2012
    Localização
    Leiria
    Posts
    9

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por eu Ver Post
    Penso que o que trazem não é um sensor de CO mas apenas de temperatura. Ou sejam detetam se está a sair gás de combustão (quente) para fora da conduta mas sem medir o CO...
    Eu não conheço muito de esquentadores mas várias marcas tem um sensor de CO, se o nível de monóxido de carbono for demasiado elevado (nível que começa a poder representar perigo para o utilizador) o esquentador não liga. Conheço uma pessoa que tem um esquentador (Junkers acho eu) instalado na garagem (porque é um espaço amplo e a cozinha não dispõe de boa ventilação) no entanto mal entra tem de desligar o jipe, de outra forma se não ventilar bem o espaço não tem água quente em casa x)
    Possivelmente além do sensor de CO também existe esse sensor de temperatura, o esquentador em casa dos meus pais vai constantemente abaixo e o problema é a má tiragem (a chaminé do prédio está obstruida) ...

  16. #106
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2012
    Localização
    Leiria
    Posts
    9

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ferrer Ver Post
    Eu sei disso já fiz manutenção de caldeiras , eu considero que não havendo pessoas atentas ao esquentador e termoacumuladores o esquentador é mais seguro... o termoacumuladores é uma potencial bomba...
    Sim percebo a sua questão, na ausencia de manutenção o esquentador possa parecer mais seguro, mas acredito que na ausencia de manutenção nem um nem outro sejam exemplos eheh
    Os termoacumuladores estão mais sujeitos a deixar de funcionar, mas o seu rebentamento é provavelmente tão possível de acontecer como uma explosão do gás na habitação...

    Agora na ausencia de cuidado muito provavelmente vai haver "inundações" em casa, isto porque as válvulas tem um certo limite a partir do qual podem-se degradar e começar a pingar água... Mas explosão é pouco provável...

  17. #107
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por REDLINER Ver Post
    Asas já vi que percebes da "poda", tenho uma questão:

    Tenho um TA Vulcano Prime Aqua (100 L) e falam-me (aqui) de manutenção anual e/ou bienal...

    Que manutenção? Eu já li os manuais de trás para a frente e não leio nada disso...

    É que o meu já vai para 3 anos e nunca lhe fiz nenhuma "manutenção"! Podes ajudar?
    Agora já estou um pouco desligado disso, mas, a única manutenção relevante nos termoacumuladores eléctricos será, como já referiram, a verificação/substituição do ânodo de magnésio!
    Se bem me lembro, deve ter no manual alguma coisa sobre a verificação do ânodo de magnésio, que, se não me engano, deve ser feita uma vez por ano.
    A sua duração é muito relativa e depende essencialmente da "agua" da zona onde estão, mas, por aqui, os que vi, duraram sempre mais de 10 anos!

    De qualquer modo, o ânodo de magnésio é um protecção contra a corrosão e, o pior que pode acontecer se este não fôr substituído na devida altura, é a dimunuição da vida útil do termoacumulador, pois vai ficar mais vulnerável à corrosão!!

  18. #108
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrsX Ver Post
    De quando é que são esses gráficos?

    Mas olha que no AQS... esse tipo de consumo que aí está não tem nada a ver com o meu. Banhos de imersão? 170 litros por dia?? Vai lá vai!! É exactamente pelo gasto ser reduzido que me parece que o esquentador seria a melhor opção.
    Sinceramente, não sei!
    Mas, hoje em dia, a realidade não será muito diferente, até porque o gás tem aumentado mais que a electricidade!
    Do que eu conheço sobre o assunto, na melhor das hipóteses, o esquentador e o termoacumulador tem custos semelhantes!

  19. #109
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrsX Ver Post
    Do que li até agora, inclino-me para o esquentador!

    Não gosto... chama-lhe mania mas controlo melhor a confecção dos alimentos com uma placa a gás.
    Pois.... eu continuo a "apostar" no termoacumulador eléctrico!
    Em relação às placas de indução, conheço muita gente que também dizia isso e, agora não querem outra coisa!!

  20. #110
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ferrer Ver Post
    Há uns tempos fiz as contas e o termoacumulador era mais económico..

    Em termos de segurança não me sinto mais seguro com o termoacumulador dentro de casa em relação ao esquentador, recipiente fechado com agua é algo que não me agrada..
    Se estiver tudo conforme as normas, não há razão para ter qualquer receio!
    O termoacumulador, além do termostato "normal", tem um de segurança e tem uma válvula se segurança, que, se por algum motivo, a pressão aumentar muito dentro do acumulador, ela vai abrir e libertar essa pressão sem qualquer perigo!!

    Então e o aquecimento central "tradicional" também não são tubos e radiadores com água quente num circuito fechado e espalhada pela casa toda?!
    Última edição por ASAS : 07-05-12 às 00:07:26

  21. #111
    Piloto de Rallye Agent's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2008
    Localização
    A caminho...
    Posts
    12,081

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MrsX Ver Post
    Deixa cá sacar da pá...

    Aos entendidos... num apartamento com instalação de gás (ainda não sei se butano ou natural), e para uma pessoa, que equipamento acham mais adequado? Esquentador ou termoacumulador? Estou mais inclinada para o esquentador (tenho sempre a ideia de que o termoacumulador tem um gasto energético maior para aquecer e manter a água quente) mas queria "ouvir" as vossas opiniões.
    Citação Originalmente Colocado por PeugeotSales Ver Post
    ...

    Enquanto num termoacumulador,mesmo não estando a gastar agua,a resistência esta sempre a funcionar para que agua não baixe a temperatura: logo ai estará sempre a gastar luz.
    Não sou entendido nem perto disso, mas deixo a minha experiencia com esquentadores e termoacumuladores.

    Qual será efectivamente o mais poupado? Não sei. Depende.

    O motivo apontado para o termoacumulador consumir mais é o facto de estar sempre ligado à corrente e ir consumindo energia para manter a água quente.
    No entanto, o que eu fazia era ter o aparelho desligado, ligando-o só antes de precisar efectivamente dele.

    Por exemplo: tendo em conta que tomava banho de manhã, ligava-o antes de me deitar.
    Ou se quisesse tomar banho ao final do dia, quando chegava a casa ligava-o, preparava as coisas para o jantar e tal ou arrumava qualquer coisita e entretanto a água já estava no ponto.

    De qualquer forma, acho que deves aproveitar o equipamento já existente, independentemente de qual seja.
    Sendo só para uma pessoa (tal como eu) as diferenças de gastos são muito pequenas e não compensa o investimento em novos aparelhos.

  22. #112
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por verreauxeagle Ver Post
    Eu não conheço muito de esquentadores mas várias marcas tem um sensor de CO, se o nível de monóxido de carbono for demasiado elevado (nível que começa a poder representar perigo para o utilizador) o esquentador não liga. Conheço uma pessoa que tem um esquentador (Junkers acho eu) instalado na garagem (porque é um espaço amplo e a cozinha não dispõe de boa ventilação) no entanto mal entra tem de desligar o jipe, de outra forma se não ventilar bem o espaço não tem água quente em casa x)
    Possivelmente além do sensor de CO também existe esse sensor de temperatura, o esquentador em casa dos meus pais vai constantemente abaixo e o problema é a má tiragem (a chaminé do prédio está obstruida) ...
    Eu já trabalhei na área e nunca vi nenhum esquentador com sensor de CO..... é um erro comum, embora hoje em dia, talvez já sejam usados....

    Tal como o "eu" referiu, trata-se essencialmente de um sensor de temperatura, que se por algum motivo os gases da combustão não forem libertados (ventilação mal feita/obstruída), vão-se concentrar na parte superior do esquentador, o que vai levar ao aumento da temperatura até um ponto onde esse sensor vai ser accionado e cortar a corrente de alimentação da ignição do esquentador!
    Não é um sensor de CO, mas funciona relativamente bem para a finalidade pretendida!

  23. #113
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ferrer Ver Post
    Eu sei disso já fiz manutenção de caldeiras , eu considero que não havendo pessoas atentas ao esquentador e termoacumuladores o esquentador é mais seguro... o termoacumuladores é uma potencial bomba...
    ??!!
    Porquê?!
    Então um esquentador com, por exemplo, uma fuga de gás, é mais seguro que um termoacumulador electrico?!

    Desculpa lá mas conheço montes de termos-acumuladores eléctricos com muitos anos e nunca ouvi falar de qualquer problema.... já dos esquentadores a gás, não posso dizer o mesmo.....

  24. #114
    Piloto de Troféu ASAS's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2005
    Localização
    Barcelos, Portugal
    Posts
    8,867

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Agent Ver Post
    Não sou entendido nem perto disso, mas deixo a minha experiencia com esquentadores e termoacumuladores.

    Qual será efectivamente o mais poupado? Não sei. Depende.

    O motivo apontado para o termoacumulador consumir mais é o facto de estar sempre ligado à corrente e ir consumindo energia para manter a água quente.
    No entanto, o que eu fazia era ter o aparelho desligado, ligando-o só antes de precisar efectivamente dele.

    Por exemplo: tendo em conta que tomava banho de manhã, ligava-o antes de me deitar.
    Ou se quisesse tomar banho ao final do dia, quando chegava a casa ligava-o, preparava as coisas para o jantar e tal ou arrumava qualquer coisita e entretanto a água já estava no ponto.

    De qualquer forma, acho que deves aproveitar o equipamento já existente, independentemente de qual seja.
    Sendo só para uma pessoa (tal como eu) as diferenças de gastos são muito pequenas e não compensa o investimento em novos aparelhos.
    Muitos dos termosacumuladores eléctricos actuais, tem um programador, onde podem programar quando querem que ele ligue, por exemplo, para a manhã ou para o final do dia!!
    ClioII gosta disto.

  25. #115
    Piloto de Rallye sempreabrir's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Portugal
    Posts
    10,266

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ASAS Ver Post
    Muitos dos termosacumuladores eléctricos actuais, tem um programador, onde podem programar quando querem que ele ligue, por exemplo, para a manhã ou para o final do dia!!

    Ou não tendo há sempre a hipótese das tomadas com programador.



    Saludos
    ClioII gosta disto.

  26. #116
    Piloto de Karts Sansoni7's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2006
    Localização
    Porto
    Posts
    11,970

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por PeugeotSales Ver Post
    A melhor opção é o esquentador visto que é só uma pessoa.

    E se for gás natural, butano ou propano vai gastar muito pouco em relação á electricidade.

    Por norma uma pessoa gasta uma media de 1 a 5m3 de gás por mês

    Enquanto num termoacumulador,mesmo não estando a gastar agua,a resistência esta sempre a funcionar para que agua não baixe a temperatura: logo ai estará sempre a gastar luz.
    Não é assim. A resistência só liga quando a temperatura da água do termoacomulador desce abaixo da temperatura seleccionada no termostato.

    Mas também acho que, neste caso, o esquentador será a solução mais eficaz e eficiente.

  27. #117
    Banido Gugul's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2003
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    9,385

    Por Defeito

    Já não me lembro à qto tempo foi, se 2 se 3 anos, tive de fazer uma inspeção ao gaz e se soubesse o que sei hoje, tinha optado pelo termoacumulador.

    Na altura foram SÓ 80€ x2 porque chumbou na 1ª inspeção!

    Só esses 160€ tinha dado para um pelo termoacumulador que não tem necessidade de inspeção.
    Ah e como chumbou, fiquei sem gaz uma serie de dias!!!! (Ao menos calhou no verão)

    Qdo pouco depois tive de substituir o fogão a gaz, optei logo pelo de vitroceramica. Os de indução são muito caros, além de ser necessário substituir as panelas todas, para ter tudo a trabalhar a 100%.
    Só o tempo que depois leva até compensar em relação aos de vitro, devem passar decadas LOL.

    Logo que o esquentador avariar, desligo por completo o gaz e toca de meter termoacumulador!!!

    Chulos dos gajos da GALP e as suas inspeções!!!!

  28. #118
    Já chegaste a casa? edias's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    , , .
    Posts
    2,981

    Por Defeito

    Concordo com os Chulos da GALP, mas as inspecções não é culpa deles. é lesgislação!

    Eu também ando a tentar acabar de vez com o gáz lá em casa e as ridículas inspecções que dificilmente se consegue passar em apartamentos antigos. Já só tenho gáz para o esquentador. A ver se este ano acabo de vez com ele.

  29. #119
    Piloto de Fórmula 1 PeugeotSales's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2006
    Posts
    15,861

    Por Defeito

    [QUOTE=ASAS;1066596350]Como?!
    Dizes isso baseado em quê?!

    Um termoacumulador eléctrico razoável, gasta menos que qualquer esquentador a gás!!

    Eu fui técnico de reparação de esquentadores e trabalhei alguns anos na assistência técnica oficial da Vulcano/Junkers, mas sempre preferi os termoacumoladores eléctricos aos esquentadores!
    Aliás, para mim, o gás faz cada vez menos sentido e, numa casa minha, nem sequer é uma opção!!

    O mesmo acontece com os fogões gás/placas indução!

    Aqui ficam testes da DECO; um que já tinha sido colocado neste tópico e, outro em relação às placas/fogões, que eu já tinha colocado noutro tópico:

    [/QUOTE=ASAS;1066596350]

    Tirei a imagem para o quote ficar mais pequeno.

    O que digo baseia-se na utilização que vai ser dada, é apenas para uma pessoa. Um bom termoacumulador ou caldeira, justifica-se muito mais, na minha opinião, quando falamos de pelo menos duas a três pessoas em casa, ou eventualmente uma pessoa que gaste mais água que, segundo percebi, não será o caso. Para alem disso, o custo de um bom termoacumulador com uma capacidade razoável ( 80 litros por exemplo ) é mais caro que um esquentador, senão a meio da banhoca fica sem água quente. Para além disso, o custo de instalação será maior uma vez que já existe instalação de gás na casa.

    Compreendo a questão de segurança do gás e acho que a pessoa deve ter sempre cuidado com a respectiva manutenção do sistema, no entanto, acho que para uma pessoa é o indicado.

  30. #120
    Piloto de Fórmula 1 PeugeotSales's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2006
    Posts
    15,861

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por verreauxeagle Ver Post
    Boa noite,

    Na minha opinião MrsX, a escolha está dependente de dois factores:

    1 O apartamento tem inspecção feita do gás?
    Se ainda não a realizou creio que não vale a pena sendo pouco o uso que lhe irá dar, o gás (em especial o natural) pode compensar quando usado em quantidade (como o exemplo de uma familia numerosa)

    2 Vai manter gás devido ao fogão?
    Se pretende manter a ligação de gás activa a propósito do fogão (respeito a escolha de preferir confeccionar os alimentos com gás, eu também o prefiro embora não o tenha na minha casa) a questão de usar um esquentador pode ser uma opção, mas ainda assim, mesmo com pouco uso, o termoacumulador pode ser mais económico.
    Relembro que a maior parte dos termoacumuladores age por "on off" da sua resistencia, isto é, liga a resistencia apenas breves periodos de tempo para manter a água à temperatura selecionada (para quem conhece, semelhante aos ar condicionados sem inverter), concerteza que quanto mais quente a tiver maior será o consumo de energia para a manter assim. Se o consumo de água no duche não for muito grande, uma solução de 50 litros é suficiente e se mantiver a água a uma temperatura razoável de 50ºC vai ver que a factura da electricidade "aquece pouco"...

    E em relação ao dito pelo PeugeotSales, os termoacumuladores que estão continuamente a gastar energia, tem uma potencia variável (em semelhança a um ar condicionado com inverter, ou mesmo a um forno profissional), no inicio trabalham à potencia máxima (supomos 2000W) e essa potencia vai sendo reduzida para o mínimo necessário, por exemplo 75W. Ela sobe quando há consumo de água para repor a temperatura desejada e diminui em seguida para a manter na linha do ideal. Concerteza estão sempre a consumir mas são mais económicos de facto do que os termoacumuladores mais convecionais e baratos pois esses quando ligam é imediatamente à potencia máxima (neste exemplo 2000W) e estão periodicamente a ligar e a desligar como já disse anteriormente (são semelhantes por exemplo ao mítico ferro de engomar).

    Mas concordo com as opiniões que o gás fica bem noutra casa que não a nossa... Isto porque inevitavelmente é perigoso e requer muito cuidado com a ventilação do espaço onde é usado... Relembre-se que em muitos prédios a extracção de gases dos esquentadores não é a ideal e isso provoca que eles não funcionem correctamente... E neste caso falo por mim, se há coisa que detesto nos esquentadores é quando eles se desligam a meio do duche!
    Outra das desvantagens (tanto ecológica como para a sua carteira) é a água que desperdiça no processo de ligar o esquentador e para o manter acesso. Vou-lhe dar dois exemplos:
    - Se lava a loiça à mão, para manter a água quente tem de abrir a torneira praticamente na totalidade (o que significa muitas vezes mais de 15 Litros por minuto a sair da carteira). No termoacumulador pode abrir um mínimo de água para a lavar podendo aqui poupar alguns litros mesmo mantendo a água aberta.
    - Ao abrir a água tem de aguardar que o esquentador comece efectivamente a aquecer (o que pode demorar 10 segundos) e depois que a água chegue à divisória onde se encontra. Com o termoacumulador a água quente já se encontra pronta a sair, se ainda não a usou num longo espaço de tempo é só a viagem do TA para a torneira aberta. Se o usou recentemente a água quente já está na tubagem e não vai ter aquela clássica falha (que é complicada no duche e nos leva tantas vezes a não fechar a água) ao reabrir a torneira.



    REDLINER:
    Pelo que sei deve ser feita de dois em dois anos uma inspecção ao estado geral do termoacumulador e ao estado do anodo de magnésio (porque este se corroi e deve ser substituido periodicamente). Já ouvi falar que alguns termoacumuladores não o tem sendo que teoricamente dispensam essa inspecção e eventual manutenção. Aconselho a contactar directamente a Vulcano e a esclarecer com eles qual a necessidade de manutenção do seu equipamento:
    Contactos - Vulcano
    Caso lhe indiquem o que precisa de fazer e necessite de alguém pode pedir-lhes contactos de instaladores autorizados para pedir orçamento.


    Cumprimentos,
    Isso é uma visão muito parcial da coisa....

Página 4 de 6 PrimeiraPrimeira ... 345 ... ÚltimaÚltima

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.