Rendimento mensal vs preço casa - Página 5
 Rede MPL:
Página 5 de 9 PrimeiraPrimeira ... 456 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 121 para 150 de 242

Título: Rendimento mensal vs preço casa

  1. #121
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    Oct 2015
    Posts
    871

    Por Defeito

    Eu para mim depois de divorcio optei pensar em comprar uma casa num local para "ferias".
    E por 50 a 60 mill euros em alguns locais ate de campo mas bem situados (tanto perto do porto ou lisboa) tens ate boas moradias.
    A enorme vantaggem é q caso depois queiras arrendar na cidade, arrendas essas mesmas casas tanto para turismo ou habitacao propria e permitem cobrir boa parte da despesa do teu arrendamento dentro da cidade. Para mim financeiramente se bem idealizado é a melhor opçao. PQ prestacao da tua casa se boa entrada é ridiculamente baixo e caso pretendas arrendas e vais buscar 50 a 200% do valor depois da tua renda (depende de varias variaveis por isso coloquei variacao tao grande). Em certas regioes de portugal tens casas boas e baratas e que o arrendamento nao é assim tao baixo naquelas regioes pq muita gente nem 5000 para entrada consegue arranjar... E com esse dinheiro cobres rendas em outros locais... isto vai ser meu projecto.
    Última edição por Mvieira79 : 17-11-17 às 14:40:56


  2. #122
    Banido
    Data de Registo
    Oct 2017
    Posts
    56

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MVA Ver Post
    Mas se tivermos em conta que um casa IGUAL custa, em termos de arrendamento, menos 700 euros mensais no Barreiro comparado com Lisboa, mais do que compensa.
    Gostei do teu racional, mas não esquecer que se em vez de arrendamento se falarmos de compra, o preço pago pode ser considerado um investimento.

    Citação Originalmente Colocado por Mvieira79 Ver Post
    Concordo com o que tu dizes.
    Casa em Portugal e a dinamica de comprar ou alugar é do que mais penaliza a quem cá vive. As rendas estao altissimas e em quase qq lado paga-se bem mais do que comprar um imovel igual. A diferença facilmente cola-se aos 40%. Depois de facto deve-se evitar a meu ver as tais "casas de sonho" excepto alguem q ganha muito bem e com muitos recursos financeiros. Se nao vive-se para pagar prestacoes de coisas e nao se vive nada. Recordo-me bem do modelo de vida a alguns anos de muita gente em Portugal que gozar a vida era ver TV e ao domingo dar uma volta de carro na marginal. É pa. Eu entendo q se tem de fazer opçoes na vida mas colocar tudo na casa e no carro em termos de despesas leva a q se tenha meras vidinhas... E o pior é q se depois passam por divorcios ( e muitos passam) todo o sacrificio de pouco valeu. Por isso muita gente vive em casamentos acabados apenas para manter a vida financeira estabilizada.
    É bem verdade.

  3. #123
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2015
    Posts
    16

    Por Defeito Rendimento mensal vs preço casa

    O aluguer pode ajudar pessoas que não tenham dinheiro para dar entradas e etc mas também sabemos que o aluguer em Portugal e tudo chapa 5.
    Parece que qualquer casa o mínimo são 400/500€ e depois num bairro melhor e aos 700/800/900€.

    Para quem tem alguma almofada financeira parece me melhor comprar casa com taxa esforço a rondar os 25/30% e é saber que o bem algum dia será seu, e se por acaso tiver algum azar e falecer o cônjuge pelo menos não vai para a rua.

    O que parece difícil fazer neste momento e arranjar uma casa num bairro em que se possa ir passear o cão as 23h sem ter de ir a olhar para todos os becos. As casas em Lisboa fazem lembrar as grandes capitais cada vez se vê mais casas a cima de 300/400 mil€ e as da periferia estão a ir pelo mesmo caminho.
    E todos dizem “então também andas à procura de casa ao pé de Lisboa tens de pagar”

    Mas esquecemos que noutros países a dita classe média vai para a periferia mas apanha o comboio ou outro transporte e em 30min está na capital. E moram num bairro arranjado e confortável e ainda juntam dinheiro.
    Aqui para ser “minimamente” acessível estamos a falar de Mafra mas digo “minimamente” pq na boa vê-se t3 a 180 000€ e obrigatoriamente temos de ter carro e gastar 150€ mês só em deslocações por pessoa


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

  4. #124
    Chefe de Equipa Rasec's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    BrewMaster
    Posts
    28,150

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Drdrey Ver Post
    O aluguer pode ajudar pessoas que não tenham dinheiro para dar entradas e etc mas também sabemos que o aluguer em Portugal e tudo chapa 5.
    Parece que qualquer casa o mínimo são 400/500€ e depois num bairro melhor e aos 700/800/900€.

    Para quem tem alguma almofada financeira parece me melhor comprar casa com taxa esforço a rondar os 25/30% e é saber que o bem algum dia será seu, e se por acaso tiver algum azar e falecer o cônjuge pelo menos não vai para a rua.

    O que parece difícil fazer neste momento e arranjar uma casa num bairro em que se possa ir passear o cão as 23h sem ter de ir a olhar para todos os becos. As casas em Lisboa fazem lembrar as grandes capitais cada vez se vê mais casas a cima de 300/400 mil€ e as da periferia estão a ir pelo mesmo caminho.
    E todos dizem “então também andas à procura de casa ao pé de Lisboa tens de pagar”

    Mas esquecemos que noutros países a dita classe média vai para a periferia mas apanha o comboio ou outro transporte e em 30min está na capital. E moram num bairro arranjado e confortável e ainda juntam dinheiro.
    Aqui para ser “minimamente” acessível estamos a falar de Mafra mas digo “minimamente” pq na boa vê-se t3 a 180 000€ e obrigatoriamente temos de ter carro e gastar 150€ mês só em deslocações por pessoa


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

    É preciso definir que países são esses... a classe média em Londres, Paris, Roma, etc também se vê à rasca para arrendar no centro da cidade, e normalmente vivem em espaços minúsculos e/ou velhos ou têm deslocações de 1h para o trabalho. Lisboa está simplesmente a equilibrar-se (é uma pena é verdade!) com as outras capitais.

  5. #125
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2015
    Posts
    16

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Rasec Ver Post
    É preciso definir que países são esses... a classe média em Londres, Paris, Roma, etc também se vê à rasca para arrendar no centro da cidade, e normalmente vivem em espaços minúsculos e/ou velhos ou têm deslocações de 1h para o trabalho. Lisboa está simplesmente a equilibrar-se (é uma pena é verdade!) com as outras capitais.
    Por exemplo Londres
    Podes estar afastado 1h do centro mas ainda tens transportes bons.
    Podes pagar 1000€ renda mas ganhas 3 ou 4 mil e quando és aumentado e aos 5000£ anuais e não aos 1000€ anuais como em Portugal.

    Haverá assim tanta gente a ganhar 3000/4000€ por aí?



    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

  6. #126
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Sep 2013
    Posts
    127

    Por Defeito

    Senti-me na obrigação de partilhar este mapa. Considero pertinente para o tópico. Ainda que referente a 2015, continua bastante atual.


  7. #127
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2015
    Posts
    16

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por FilipeMarques Ver Post
    Senti-me na obrigação de partilhar este mapa. Considero pertinente para o tópico. Ainda que referente a 2015, continua bastante atual.

    Realmente mostra bem a diferença entre países.
    E que se sente a dificuldade em ter casa própria em Portugal mesmo com o ordenado médio nacional.


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

  8. #128
    Chefe de Equipa Rasec's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    BrewMaster
    Posts
    28,150

    Por Defeito

    Esse mapa também é cultural, os nórdicos, anglo saxonicos, americanos são culturalmente muito diferentes dos latinos e hispânicos, muito mais dados e chegados à família. Enquanto muito português até podia ter casa própria mas prefere poupar e estar em casa dos pais noutros países isso é visto como uma vergonha!

    Aliás nos EUA é até cultural os filhos serem literalmente postos fora de casa aos 18/20 anos, ou então pagam renda em casa dos pais.

  9. #129
    Piloto de Kart Topolino's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2017
    Posts
    189

    Por Defeito

    A verdade é que não existe um bom mercado de arrendamento em Portugal, tudo por causa do estado a meter continuamente o bedelho na propriedade privada. E enquanto assim for, arrendar será sempre caro e comprar também.

  10. #130
    Piloto Lendário JGTB's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2005
    Localização
    Mesmo à tua frente
    Posts
    36,261

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MVA Ver Post
    Vou dar o meu exemplo, que moro no Barreiro e trabalho na Amadora e tenho um 320D:

    30 mil km ao ano (transporte para o emprego e passeios e férias), com consumo de 6.5 litros aos 100 e gasóleo a 1,20€ => 2340€
    Revisão anual => 600€
    Seguro => 120€
    Inspeção => 30€
    IUC => 240€
    Portagens/ano (trabalho e passeios) => 500€

    TOTAL => 3830€/ano

    Agora vamos comparar com um gajo que vive no centro de Lisboa e usa transportes públicos para ir para o emprego e usa o carro para passear e ir de férias (aqui já não compensa o gasóleo):

    8 mil km ao ano (passeios e férias), com consumo de 10 litros aos 100 e gasolina a 1,40€ => 1120€
    Revisão anual => 200€
    Seguro => 120€
    Inspeção => 30€
    IUC => 240€
    Portagens/ano => 200€
    Passe transportes públicos / ano => 370€

    TOTAL => 2280€/ano

    Conclusão: eu gasto, em média, por mês mais 130 euros em transportes que um gajo que viva no centro de Lisboa.

    Mas se tivermos em conta que um casa IGUAL custa, em termos de arrendamento, menos 700 euros mensais no Barreiro comparado com Lisboa, mais do que compensa.
    As tuas contas estão certas e são factuais. No entanto, a escolha de casa não se resume a aritmética.

    Viver em Lisboa e no Barreiro não é bem a mesma coisa. Ou seja, Lisboa é mais caro porque é muito melhor em todos os sentidos, não é só porque sim.

    A não ser que me oferecessem uma casa, eu nunca iria viver para o Barreiro. Se tenho a minha vida toda em Lisboa, incluindo trabalho, família e amigos, porque motivo iria viver para o Barreiro, que nem sequer é um sítio giro?

    Se formos só pela aritmética, não deverias andar de 320d. Tens carros mais baratos e que gastam menos, que também te levam do ponto A ao B, e ainda ficavas com mais dinheiro no bolso.

  11. #131
    Banido
    Data de Registo
    Oct 2017
    Posts
    56

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Drdrey Ver Post
    Aqui para ser “minimamente” acessível estamos a falar de Mafra mas digo “minimamente” pq na boa vê-se t3 a 180 000€ e obrigatoriamente temos de ter carro e gastar 150€ mês só em deslocações por pessoa
    Nesses países vês "jovens" a sair de casa para T3 ?

    Como referi em S. Marcos a 20 km ou 15 min (sem trânsito) de Lisboa compra-se um T3 com 100 m2, recente por 120 mil euros.

  12. #132
    Piloto de Testes iandrec's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2008
    Localização
    Faro/ Lisboa
    Posts
    1,540

    Por Defeito

    A meu ver esta questão do imobiliário vai ter um impacto muito positivo na sociedade em Portugal! Cada vez mais aqui no Algarve vejo pessoal que fugiu de Lisboa e Porto e estão muito satisfeitos com a escolha!
    Eu formei-me em Lisboa mas sempre achei que era uma cidade que para aproveitar e "viver a cidade era preciso ganhar muito bem! Isto há uns 7 anos atrás! Hoje em dia ainda é preciso ganhar bem mais!
    Um rendimento do casal líquido abaixo dos 2500e vai ter dificuldade em aproveitar de facto a cidade. Ficam a ver os outros passar! Nestas situações quem consegue trabalhar noutro local do país faz uma boa escolha! E acho que será uma tendência que vai aumentar. Quem sai prejudicado no final acabam por ser os grandes centros urbanos. Aos poucos vão se despersonalizando e orientados para o turismo e diversão com os tais tuk-tuks e segways! Cafés a vender pasteis de nata a 2 euros e por ai fora. A essência da cidade vai aos poucos desaparecendo para apenas capas atractivas.

    Prefiro viver no Algarve que tirando os meses de Verão se tem uma excelente qualidade de vida e quando me apetece passar um fds em Lisboa e curtir a cidade com o que tem de bom para oferecer, e é muito!

  13. #133
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Aug 2014
    Posts
    2,522

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Rasec Ver Post
    Esse mapa também é cultural, os nórdicos, anglo saxonicos, americanos são culturalmente muito diferentes dos latinos e hispânicos, muito mais dados e chegados à família.
    Exactamente. Eu conheço imensa gente na casa dos 30, cheia de dinheiro, com bons salários, que vivem em casa dos pais porque têm uma relação espetacular com os pais e adoram viver com eles.

    Porque raio é que eu tenho obrigatoriamente de me tornar independente dos pais e ir viver sozinho a partir de uma certa idade? Não há nada melhor que a familia.
    Das coisas que eu mais gosto de ver é familia de 3 gerações a co-habitarem uma casa. Avós, filhos e netos debaixo de um unico tecto cheio de amor. Há lá coisa melhor

  14. #134
    Piloto de Testes
    Data de Registo
    Aug 2014
    Posts
    2,522

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por JGTB Ver Post
    As tuas contas estão certas e são factuais. No entanto, a escolha de casa não se resume a aritmética.

    Viver em Lisboa e no Barreiro não é bem a mesma coisa. Ou seja, Lisboa é mais caro porque é muito melhor em todos os sentidos, não é só porque sim.

    A não ser que me oferecessem uma casa, eu nunca iria viver para o Barreiro. Se tenho a minha vida toda em Lisboa, incluindo trabalho, família e amigos, porque motivo iria viver para o Barreiro, que nem sequer é um sítio giro?

    Se formos só pela aritmética, não deverias andar de 320d. Tens carros mais baratos e que gastam menos, que também te levam do ponto A ao B, e ainda ficavas com mais dinheiro no bolso.
    Só para espicaçar: daqui a 30 anos, mesmo com 500 mil km em cima, o 320D ainda vai estar como novo, sem qualquer histórico de avarias, enquanto o outro carro mais barato e que gastava menos, ao fim de 15 anos foi parar à sucata (obrigando-me a trocar de carro ao fim desses 15 anos) e nesses 30 anos, esses 2 carros foram à oficina em média umas 20 vezes só por motivo de avarias.

    Portanto o 320D ficou-me bem mais barato. Diria que a metade do preço.

    Quanto a Lisboa ser melhor em todos os sentidos, só digo isto: lol
    Infelizmente conheço bem Lisboa, pois trabalho cá desde 2008. E felizmente conheço bem o país de norte a sul, pois já vivi 6 anos em Aveiro, 5 anos no Porto, 20 anos no Algarve e tive casa de férias em Évora durante 15 anos. Posso dizer que Lisboa é de longe, mas de longe o concelho com pior qualidade de vida onde já vivi (e Aveiro é de longe o melhor).

  15. #135
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Aug 2005
    Localização
    Tallinn, Estonia
    Posts
    5,540

    Por Defeito

    Confirmo. Aqui pelo norte os jovens aos 17-18 vao viver sozinhos. Mas obvio para dormitorios ou partilhar casas velhas com outros amigos. Nao ha uma ligacao a familia tao forte como nos temos pelo sul.

  16. #136
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Jan 2014
    Posts
    416

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Rasec Ver Post
    Esse mapa também é cultural, os nórdicos, anglo saxonicos, americanos são culturalmente muito diferentes dos latinos e hispânicos, muito mais dados e chegados à família. Enquanto muito português até podia ter casa própria mas prefere poupar e estar em casa dos pais noutros países isso é visto como uma vergonha!

    Aliás nos EUA é até cultural os filhos serem literalmente postos fora de casa aos 18/20 anos, ou então pagam renda em casa dos pais.

    Tretas e balelas, o que acaba de dizer! (com as devidas desculpas pela minha forma frontal)

    Não há países culturalmente mais dedicados à família, do que os países do norte da Europa.

    Essa cultura vê-se até na industria automóvel, onde a segurança e a união familiar está patente em todas soluções.

    Mais! Culturalmente são os países do sul, que mais mal tratam os familiares, e até os abandonam quando não obtêm proventos dos mesmos.

    Em Portugal os "jovens" até aos 35 anos não saem de casa, por comodismo, facilitismo, etc.

    Apenas a minha opinião.

  17. #137
    Piloto de Testes JcRabbit's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2004
    Localização
    Cascais, , Portugal.
    Posts
    1,662

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por European Ver Post
    Em Portugal os "jovens" até aos 35 anos não saem de casa, por comodismo, facilitismo, etc.
    Desculpa lá, com um salário minimo de 600 Euros e rendas médias de 400-500 Euros, como é que tu podes achar que é comodismo? Comodismo seria se os jovens ganhassem balúrdios e mesmo assim resolvessem ficar em casa dos pais para poupar uns trocos para as férias na Républica Dominicana. Não, eles ficam é para depois não morrerem à fome!

    Aliás, o que tu podes ver muito bem no mapa é que é precisamente nos países mais pobres que muita gente ainda vive com os pais.

  18. #138
    Piloto de Testes JcRabbit's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2004
    Localização
    Cascais, , Portugal.
    Posts
    1,662

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MVA Ver Post
    Das coisas que eu mais gosto de ver é familia de 3 gerações a co-habitarem uma casa. Avós, filhos e netos debaixo de um unico tecto cheio de amor. Há lá coisa melhor
    Olha, concordo contigo e foi uma coisa que se perdeu e faz muita falta: com ambos os pais a trabalharem hoje em dia, o apoio dos avós faz muita falta na educação das crianças, na ajuda da lida da casa, no proporcionar o tão necessário 'alone time' aos pais, etc... Se as pessoas se derem bem é só vantagens.

    Por outro lado, é preciso ter casa para isso. Se não houver espaço/privacidade suficiente a coisa descamba em três tempos.

  19. #139
    Piloto de Troféu
    Data de Registo
    Mar 2011
    Posts
    5,592

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MVA Ver Post
    Só para espicaçar: daqui a 30 anos, mesmo com 500 mil km em cima, o 320D ainda vai estar como novo, sem qualquer histórico de avarias, enquanto o outro carro mais barato e que gastava menos, ao fim de 15 anos foi parar à sucata (obrigando-me a trocar de carro ao fim desses 15 anos) e nesses 30 anos, esses 2 carros foram à oficina em média umas 20 vezes só por motivo de avarias.

    Portanto o 320D ficou-me bem mais barato. Diria que a metade do preço.

    Quanto a Lisboa ser melhor em todos os sentidos, só digo isto: lol
    Infelizmente conheço bem Lisboa, pois trabalho cá desde 2008. E felizmente conheço bem o país de norte a sul, pois já vivi 6 anos em Aveiro, 5 anos no Porto, 20 anos no Algarve e tive casa de férias em Évora durante 15 anos. Posso dizer que Lisboa é de longe, mas de longe o concelho com pior qualidade de vida onde já vivi (e Aveiro é de longe o melhor).

    Sendo natural da regiao de Aveiro e estando emigrado...porque dizes que Aveiro é o melhor?
    Quando penso em regressar a Portugal penso sempre no Porto (que detestava ha 5 anos atras) e já não penso em Aveiro (apesar de ter tudo à mão nessa cidade).

  20. #140
    Chefe de Equipa ZylmhuinVII's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2005
    Localização
    De cá para lá, de lá para cá...
    Posts
    26,419

    Por Defeito

    Aveiro ganha em sossego, falta de trânsito, preços das habitações...

    Depois perde em serviços, oferta cultural, oferta de emprego...

  21. #141
    Piloto de Provas de Perícia jmf's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2008
    Localização
    PT
    Posts
    612

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por NMiguel Ver Post
    Bom post.

    Por isso costumo comentar no tópico das casas que por vezes é esse mesmo bem que condiciona toda a vida. E... muitas das vezes nem fazemos uso da área ou zonas da casa que teoricamente valorizamos.
    Essa é uma grande verdade.

  22. #142
    Banido
    Data de Registo
    Oct 2017
    Posts
    56

    Por Defeito

    Falar em qualidade pode ser um pouco vago ou subjectivo.

    Há quem prefira a calma de um meio pequeno e quem não abdique da agitação de uma grande cidade.

    Eu não compraria uma casa para viver num bairro típico de Lisboa como Alfama, BA, Mouraria, etc. as casas antigas, ruas estreitinhas podem estar muito bem recuperadas e terem boa vista, mas para residir não me atraem, mas na Lisboa das Av. Novas por exemplo já é diferente, ou na Lisboa mais periférica como o Parque das Nações ou Restelo.
    São zonas sossegadas e desafogadas bem servidas de transportes e perto de tudo.

    Está é tudo caríssimo, actualmente 1/2 milhão de euros não compra uma casa fabulosa (considerando casa/localização) e para se poder comprar uma casa de 1/2 tem que se estar numa situação muito boa.

  23. #143
    Piloto de Provas de Perícia jmf's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2008
    Localização
    PT
    Posts
    612

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Drdrey Ver Post
    Por exemplo Londres
    Podes estar afastado 1h do centro mas ainda tens transportes bons.
    Podes pagar 1000€ renda mas ganhas 3 ou 4 mil e quando és aumentado e aos 5000£ anuais e não aos 1000€ anuais como em Portugal.

    Haverá assim tanta gente a ganhar 3000/4000€ por aí?



    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
    1000€ em Londres?? Nem um quarto quanto mais um T0. Mesmo a 1h um apartamento numa boa zona custa bem mais que isso. Tens depois aquelas zonas onde há a concentração de imigrantes mais económicas, mas mesmo assim em linha com o que ganha no país.

    Aqui a menos de 1h de Lisboa tens apartamentos mais baratos no preço de venda ou arrendamento. Há apartamentos na Margem sul perto do comboio, na linha de sintra tens mem martins, rio de mouro, rinchoa, mercês, cacém. Mesmo numa zona manhosa, para quem está numa fase inicial da vida e tem pouco rendimento servem perfeitamente, não se pode ser esquesito tendo em conta que a maioria apenas vai a casa para dormir. Mas dentro destas zonas económicas há zonas melhores para inicio de familia.
    Última edição por jmf : 18-11-17 às 12:21:58

  24. #144
    Piloto de Provas de Perícia jmf's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2008
    Localização
    PT
    Posts
    612

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MiltonSantori Ver Post
    Falar em qualidade pode ser um pouco vago ou subjectivo.

    Há quem prefira a calma de um meio pequeno e quem não abdique da agitação de uma grande cidade.

    Eu não compraria uma casa para viver num bairro típico de Lisboa como Alfama, BA, Mouraria, etc. as casas antigas, ruas estreitinhas podem estar muito bem recuperadas e terem boa vista, mas para residir não me atraem, mas na Lisboa das Av. Novas por exemplo já é diferente, ou na Lisboa mais periférica como o Parque das Nações ou Restelo.
    São zonas sossegadas e desafogadas bem servidas de transportes e perto de tudo.

    Está é tudo caríssimo, actualmente 1/2 milhão de euros não compra uma casa fabulosa (considerando casa/localização) e para se poder comprar uma casa de 1/2 tem que se estar numa situação muito boa.
    Eu por exemplo, para mim qualidade de vida não precisa de ser Lisboa (nem quero), mas tem de ser central na zona onde se insere, tem de permitir ir a pé a todos os locais da vivência diária, ter todas as infraestruturas/serviços, desde centro de saúde, jardins, escolas, farmácias, bancos e de preferência perto do local de trabalho, garagem. Prefiro uma casa pequena com tudo isto do que uma grande no meio do nada ( já tive as 2 e sei do que falo, fdx, ao fim de semana quase não podia sair, havia sempre qualquer coisa para fazer, ou era a relva, ou era lavar o quintal, ou era o tanque/piscina ou era os muros, etc...) apenas sinto falta da horta. Casa pequena a mim dá-me a sensação de aconchego, andamos mais perto uns dos outros, depois dos melhoramentos feitos no apartamento gasto menos de 1/3 em luz, com a lareira acesa aqueço a casa toda nesta tenho um esquentador de 11 litros aos invês dos 17l da moradia e chega-me perfeitamente, água nem se fala o consumo é 4x menos.

  25. #145
    Piloto de Testes ricbarata's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2013
    Posts
    2,584

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Karma Ver Post
    Ponto primeiro, Portugal é um local estranho e o salário é pago em 14x e pagam-se 12x ao banco.

    .

    era só o que faltava ter que pagar 14 meses de renda de empréstimo ao banco .....

    Paguem os salários como noutros paises e posso receber só 12 meses ...


    Nem 2.500 € é um bom ordenado, quanto mais o ordenado minimo .... o que vai valendo é o custo de vida não ser muiiitoooo elevado .....

  26. #146
    Piloto de Fórmula 1 Karma's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2007
    Localização
    New New York
    Posts
    19,546

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ricbarata Ver Post
    era só o que faltava ter que pagar 14 meses de renda de empréstimo ao banco .....

    Paguem os salários como noutros paises e posso receber só 12 meses ...


    Nem 2.500 € é um bom ordenado, quanto mais o ordenado minimo .... o que vai valendo é o custo de vida não ser muiiitoooo elevado .....
    Nunca disse isso.

    O que eu queria dizer com aquilo é que o rendimento engana quando se olha para o salário mensal. Os 2500€ por mes (a 14 meses) sao na verdade 2900€ (a 12 meses).

    Por exemplo, estás em Portugal e recebes 2000€ a 14 meses, vais para outro país e recebes 3000€ a 12 meses. Pensas que ganhas mais 1000€ por mes, mas na verdade só ganhas mais 666€.

  27. #147
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Mar 2011
    Localização
    Aveiro
    Posts
    438

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ZylmhuinVII Ver Post
    Aveiro ganha em sossego, falta de trânsito, preços das habitações...

    Depois perde em serviços, oferta cultural, oferta de emprego...
    Olha que os precos das casas em aveiro já estao a ficar puxadotes.

  28. #148
    Chefe de Equipa ZylmhuinVII's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2005
    Localização
    De cá para lá, de lá para cá...
    Posts
    26,419

    Por Defeito

    Mas em comparação com Lisboa e Porto...

  29. #149
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2015
    Posts
    16

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por MiltonSantori Ver Post
    Nesses países vês "jovens" a sair de casa para T3 ?

    Como referi em S. Marcos a 20 km ou 15 min (sem trânsito) de Lisboa compra-se um T3 com 100 m2, recente por 120 mil euros.
    É verdade que noutros países não vês jovens a sair logo para T3 mas tenho lá um casal e já não me lembro bem dos valores mas vou mandar um exemplo.

    Início de carreira começaram a ganhar a volta de 1700/1800£ mês enquanto esperavam por uns papéis, mal tiveram subiram de posto para os 2300/2400£ mês e que assim progressivamente a sua carreira aumenta 300/400£ mês quando tem aumentos.

    Ou seja agora moram num T1 novo mas daqui a 1 ou 2 anos conseguem mudar para algo maior.

    Aqui em Portugal na mesma área ganham 900€mês e quando sobem de posto passam para os 960€. Mais uns anos depois estão nos 1050€ e mais uns anos estão nos 1125€.

    Repito que os valores não são os exactos mas da para ter uma noção do que digo quando penso em comprar um T2 e daqui a 2 anos compro um T3, mas aqui a 2 anos o ordenado é mais 100€ e as casas são mais 10 ou 20 mil€ se não mais.


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

  30. #150
    Pedestre
    Data de Registo
    Mar 2015
    Posts
    16

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Drdrey Ver Post
    É verdade que noutros países não vês jovens a sair logo para T3 mas tenho lá um casal e já não me lembro bem dos valores mas vou mandar um exemplo.

    Início de carreira começaram a ganhar a volta de 1700/1800£ mês enquanto esperavam por uns papéis, mal tiveram subiram de posto para os 2300/2400£ mês e que assim progressivamente a sua carreira aumenta 300/400£ mês quando tem aumentos.

    Ou seja agora moram num T1 novo mas daqui a 1 ou 2 anos conseguem mudar para algo maior.

    Aqui em Portugal na mesma área ganham 900€mês e quando sobem de posto passam para os 960€. Mais uns anos depois estão nos 1050€ e mais uns anos estão nos 1125€.

    Repito que os valores não são os exactos mas da para ter uma noção do que digo quando penso em comprar um T2 e daqui a 2 anos compro um T3, mas aqui a 2 anos o ordenado é mais 100€ e as casas são mais 10 ou 20 mil€ se não mais.


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
    Por acaso conheço bem a zona de São Marcos/Cacém etc (infância toda passada lá) mas dizerem me que se compra prédios recentes e mentira.
    Aquilo há 7 anos já era velho e o ambiente mau por ser perto de transportes, então agora nem digo nada.
    Mesmo ao lado temos casas novas no oeiras residence( chamam oeiras mas e colado a s.marcos) em que as casas já estão completamente fora de uma família classe média.


    Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.