ADSE: tabela de comparticipações foi alterada - Página 3
 Rede MPL:
Página 3 de 3 PrimeiraPrimeira ... 23
A mostrar resultados 61 para 88 de 88

Título: ADSE: tabela de comparticipações foi alterada

  1. #61
    Chefe de Equipa Omega's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Posts
    27,730

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Omega

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7

    citação:Originalmente colocada por Pé Leve

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7
    ...Quanto aos 32 anos em que existem estes alegados direitos, deixa-me reavivar-te a memória. Sabes porque razão os FP's há cerca de 1 década atrás obtiveram estes "direitos" a mais que os restantes trabalhadores na Privada? porque tinham um ordenado mais baixo que os restantes trabalhadores, e depois de negociação, entendeu-se que, para equilibrar (igualdade, aquilo que reclaramaram há cerca de 3 décadas, e à qual agora chamam "dôr de cotovêlo") FP's com trabalhadores da Privada, deram-se esses "direitos" a mais aos FP's para contrabalançar o menor salário
    O pessoal parece ter não só esquecido isso (vá lá saber-se porquê...,) como também se esqueceu de que para além dos vários anos em que a FP não teve aumentos salariais, os valores encontrados em concertação social apenas serviram para impôr um tecto aos funcionários públicos, pois nas empresas privadas os aumentos salariais estipulados em sede de concertação social, que defeniram, ano após ano, os aumentos para a FP e lhes retiraram, paulatinamente, poder de compra/nível de vida, foram sistematicamente, ano após ano também, ultrapassados nas empresas privadas com aumentos sempre bem acima dos da FP...
    apesar desses aumentos, já viste os últimos números relativos à média de vencimentos da FP e da Privada?;)
    Quem tem maior vencimento ?
    .... declarado ?

    Não me digas que são os funcionários públicos ....

    p.s. Peço desculpa esqueci-me de completar a frase...


  2. #62
    Chefe de Equipa CarlosL's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2003
    Localização
    다니는 여자들의 땅
    Posts
    29,326

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Pé Leve

    ...
    É que esta "gestão das expectativas" está a derrapar completamente "fora de calendário" (até com uma, quanto a mim, forte dose de ilegalidade...aplicação rectroactiva da lei....)
    ...
    Conversa típica de um FP.

    Porque todos nós temos expectativas profissionais, mas apenas alguns têm o aval do Estado, além do que todos nós temos expectativas que o Estado funcione, mas ninguém tem meios de obrigar os servidores públicos a cumprir.

  3. #63
    Banido Excalibur's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    No Exilio
    Posts
    22,181

    Por Defeito

    Olhem, não é ADSE, mas vamos lá fazer uma comparação.


    Um trabalhador por conta de outrem tem:


    Vencimento base - 400€(miserável mas serve para verem o que se segue)

    Subsidio de alimentação - 5,75€ x 21=120,75€

    Total dos abonos - 520,75€

    Desconta para a Seg. Social - 44€(taxa fixa para este ordenado)

    Valor a receber - 476,75

    A entidade patronal por este trabalhador desconta cerca de 90€


    Para a segurança social

    Um trabalhador com um salário minimo desconta só á sua parte por ano - 44€ x 14 = 616€

    A entidade patronal desconta - 90€ x 14 = 1260€

    Total de descontos anuais directos para a Seg. Social - 1.876€

    Se mantiver a mesma percentagem durante toda a vida de trabalho de 40 anos,(dos 25 aos 65) irá haver um total de - 75.040€ que foram descontados para a Seg. Social.

    Não estamos a falar de IRS, porque essa verba é afecta a outras situações.

    Acham que como trabalhadores não existiria a obrigação de haver melhores condições de Saude tendo em conta os descontos que alguém com ordenado minimo efectua toda a vida de trabalho activo ?

    Agora qual é o mal, é o que nós descontamos ou a forma como essa verba é gerida ?
    Será que a ADSE não tem uma melhor gestão dos seus recursos !?

    Então fazemos ao contrário, em vez de nivelar e exigir retirar beneficios e regalias á ADSE, pedimos que o SNS integre a ADSE e passamos todos a descontar de igual modo com regalias equivalentes ao nivel dos cuidados de saude, com acesso aos mesmos hospitais clinicas e serviços.


    Só compete ás entidades privadas, sindicatos e afins exigir isso.

    Não peçam para retirar, peçam sim para integrar.

  4. #64
    Chefe de Equipa CarlosL's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2003
    Localização
    다니는 여자들의 땅
    Posts
    29,326

    Por Defeito

    Excalibur,

    Percebo o teu raciocínio e concordo com ele.

    Mas há aí uma pequena incorrecção. Os valores que se descontam para a SS, são uma parte para o SNS, outra para fins de solideriedade social e outra para reforma.

    Não tenho de cor as taxas respectivas, mas de qualquer modo o teu escrito está correcto.

  5. #65
    Banido Excalibur's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    No Exilio
    Posts
    22,181

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Carlos.L

    Excalibur,

    Percebo o teu raciocínio e concordo com ele.

    Mas há aí uma pequena incorrecção. Os valores que se descontam para a SS, são uma parte para o SNS, outra para fins de solideriedade social e outra para reforma.

    Não tenho de cor as taxas respectivas, mas de qualquer modo o teu escrito está correcto.
    Sim.
    Percentualmente é isso que sucede efectivamente, eu como também não sei a respectiva percentagem não a coloquei, mas, e digo eu, não é muito diferente dos descontos efectuados para a ADSE, há nuances, mas vai lá bater muito próximo.

    Como já aqui o disse o meu pai foi militar de carreira, na altura em que eu pertencia ao agregado familiar ainda Existia a ADME (Assistência na Doença aos Militares do Exército) que abrangia o respectivo agregado familiar.
    E na altura a unica grande vantagem era quem vivia nos grandes centros urbanos poder recorrer aos serviços dos hospitais militares face aos civis, porque nessa altura os convénios com clinicas privadas eram bem poucas, porem os militares e respectiva familia que descontavam para a ADME e estavam foram dos centros com essas valências, recorriam aos Hospitais Civis.

  6. #66
    Piloto de Fórmula 1
    Data de Registo
    Aug 2004
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    15,675

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Nthor

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7

    citação:Originalmente colocada por Nthor

    citação:Originalmente colocada por 911_Turbo


    eu nao culpo quem usufrui. A culpa é de quem lhes "ofereceu" estes direitos adquiridos. [8]
    Mas se são pagos, ou seja há um desconto efectuado todos os meses por um serviço que pode ou não ser usado todos os meses.

    Não vos entendo, voces quando pagam algo não esperam ter direito ao que pagam?

    Se assim é, tenho aqui umas coisas para vender :D.



    claro que se pagas, deves ter direito....
    Agora, não a qualquer custo....
    Não é a qql custo, é com desconto, pq o resto já foi pago regularmente, sem falha, ainda antes de receber o vencimento mensal, todos os meses ;).




    comparadando com o nivel de comparticipação que os FO's tinham com a ADSE, o que pagavam e pagam mensalmente eram e são, peanuts[xx(]

  7. #67
    Piloto de Fórmula 1
    Data de Registo
    Aug 2004
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    15,675

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Omega

    citação:Originalmente colocada por Omega

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7

    citação:Originalmente colocada por Pé Leve

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7
    ...Quanto aos 32 anos em que existem estes alegados direitos, deixa-me reavivar-te a memória. Sabes porque razão os FP's há cerca de 1 década atrás obtiveram estes "direitos" a mais que os restantes trabalhadores na Privada? porque tinham um ordenado mais baixo que os restantes trabalhadores, e depois de negociação, entendeu-se que, para equilibrar (igualdade, aquilo que reclaramaram há cerca de 3 décadas, e à qual agora chamam "dôr de cotovêlo") FP's com trabalhadores da Privada, deram-se esses "direitos" a mais aos FP's para contrabalançar o menor salário
    O pessoal parece ter não só esquecido isso (vá lá saber-se porquê...,) como também se esqueceu de que para além dos vários anos em que a FP não teve aumentos salariais, os valores encontrados em concertação social apenas serviram para impôr um tecto aos funcionários públicos, pois nas empresas privadas os aumentos salariais estipulados em sede de concertação social, que defeniram, ano após ano, os aumentos para a FP e lhes retiraram, paulatinamente, poder de compra/nível de vida, foram sistematicamente, ano após ano também, ultrapassados nas empresas privadas com aumentos sempre bem acima dos da FP...
    apesar desses aumentos, já viste os últimos números relativos à média de vencimentos da FP e da Privada?;)
    Quem tem maior vencimento ?
    .... declarado ?

    Não me digas que são os funcionários públicos ....

    p.s. Peço desculpa esqueci-me de completar a frase...
    vês como adivinhaste? e como é óbvio estamos a falar do declarado...

  8. #68
    Piloto de Provas de Perícia poloTDI's Avatar
    Data de Registo
    May 2006
    Localização
    Portugal
    Posts
    530

    Por Defeito

    Continuo a dizer...

    Se estão tão mal, porque é que insistem em ser funcionários públicos?

    Se é assim tão mau ser funcionário, porque é que os concursos externos estão sempre a abarrotar?

    Se a ADSE é tão má, porque é que não vão aos hospitais do SNS aguardar por uma consulta de oftalmologia, ou aos centros de saúde, aguardar por um médico de família nas listas dos utentes sem médico?

    Claro que eu posso escolher o médico particular a onde ir e depois descontar no IRS. A questão é que os beneficiários da ADSE podem ir ao médico que quiserem, as consultas são comparticipadas e depois ainda podem deduzir no IRS a percentagem que tiveram efectivamente de pagar...

    Por outro lado, acho que existe uma certa diferença entre ter um subsídio de desemprego limitado 4 anos correspondente a 80% (talvez) do vencimento e depois não haver mais nada, e ter um vencimento (sim, porque continuam funcionários) reduzido a metade mas sem ter limite temporal estando no quadro dos supranumerários!

    Agora, eu compreendo o porquê de tanta agitação: são só um milhão e trezentos mil beneficiários!

    Se calhar para melhorar a situação financeira da ADSE podiam propor aos não FPs a sua adesão, e aí, podem ter a certeza que em vez de 1 milhão, teriam mais de 5 milhões de beneficiários, contando comigo, é claro, porque seria dos primeiros a aderir.

    E mais, porque sou contra a existência de portugueses de 1.ª e de 2.ª, sou contra todo e qualquer sub-sistema de saúde dentro da ADSE ou entre os FP´s.

    Portanto, acho que devia existir um mínimo para todos os cidadãos, funcionários ou não, o SNS e quem quisesse, então subscrevia outros níveis de protecção social e na saúde.

    Agora, não poderiam era limitar o acesso só porque não são funcionários, juízes, militares, jornalistas, etc...

    Já agora, para mais informações, consultem:

    http://www.adse.pt/page.aspx?IdCat=3...51&MenuLevel=2

    Cumprimentos.

  9. #69
    Piloto de Fórmula 1
    Data de Registo
    Aug 2004
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    15,675

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Pé Leve

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7

    citação:Originalmente colocada por Pé Leve

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7
    ...Quanto aos 32 anos em que existem estes alegados direitos, deixa-me reavivar-te a memória. Sabes porque razão os FP's há cerca de 1 década atrás obtiveram estes "direitos" a mais que os restantes trabalhadores na Privada? porque tinham um ordenado mais baixo que os restantes trabalhadores, e depois de negociação, entendeu-se que, para equilibrar (igualdade, aquilo que reclaramaram há cerca de 3 décadas, e à qual agora chamam "dôr de cotovêlo") FP's com trabalhadores da Privada, deram-se esses "direitos" a mais aos FP's para contrabalançar o menor salário
    O pessoal parece ter não só esquecido isso (vá lá saber-se porquê...,) como também se esqueceu de que para além dos vários anos em que a FP não teve aumentos salariais, os valores encontrados em concertação social apenas serviram para impôr um tecto aos funcionários públicos, pois nas empresas privadas os aumentos salariais estipulados em sede de concertação social, que defeniram, ano após ano, os aumentos para a FP e lhes retiraram, paulatinamente, poder de compra/nível de vida, foram sistematicamente, ano após ano também, ultrapassados nas empresas privadas com aumentos sempre bem acima dos da FP...
    apesar desses aumentos, já viste os últimos números relativos à média de vencimentos da FP e da Privada?;)
    Quais números, meu caro? Aqueles números que dizem que estive dois anos sem ter aumentos salariais, enquanto o custo de vida (...) subia? Aqueles números que dizem que tenho a progressão na minha carreira congelada, quando, na verdade, nada disso constava do contrato que assinei inicialmente? Quais números, ainda, quando abrem concursos para ascensão na carreira que, de um momento para o outro, anulam após meses de expectativa e de preparação (jurídica...), com uma justificação no mínimo "inconsistente" (...)?...

    É que esta "gestão das expectativas" está a derrapar completamente "fora de calendário" (até com uma, quanto a mim, forte dose de ilegalidade...aplicação rectroactiva da lei....) e a defraudar, decisão após decisão, as condições que determinaram, há quase 22 anos (contando com a abertura de concurso, provas - mais de um ano... - curso, estágio... -, os motivos pelos quais não optei, então, por duas magníficas possibilidades de carreira no sector privado, possibilidades rejeitadas pela tal "gestão de expectativas", agora vergonhosa e mal educadamente defraudadas...[8][8][8]
    Oh Pé Leve, estás sem aumentos há dois anos, bem como, em muitas empresas privadas não há aumentos há mais de 4/5 anos...

    Tens a progressão da carreira congelada, pelo menos em termos automáticos, e bem. Não é por ti, mas sim, em relação aqueles que subiam e progrediam na carreira estando todo o dia sentadinhos nas suas cadeiras, sem fazer nada.....era vergonhoso....
    Todavia, como já te disse, considero que deve existir progressão na carreira e isso será um aspecto motivacional para o FP, e para tal deve haver rigor na avaliação do mérito.

    Em relação ao teu contrato....Pe Leve, um contrato não pode ser imutável, rigido, pelo menos na actualidade... Repara, está na FP há 22 anos, como seria se o teu contrato e dos demais não fossem alterados? era incomportável, pois as condições economicas dos paises mudam, as condições sociais igualmente, etc...

    Eu continuo a dizer...quem tem propostas na Privada e fala assim tão mal da FP e das suas regalias.....arrisque na Privada...
    Tu, confio que singravas, agora, sabes tão bem quanto eu que, muitos dos teus colegas FP's, em trÊs tempos estavam na rua....

  10. #70
    Piloto de Fórmula 1
    Data de Registo
    Aug 2004
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    15,675

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Nthor

    citação:Originalmente colocada por Pé Leve

    (...)Eu sou funcionário público e não tenho ADSE...(...)
    Por falar em justiça, eu andei durante mais de 15 anos a descontar para a ADSE (sem nunca ter usado) e agora fiquei sem a ADSE, como é, quero o meu dinheiro de volta.


    Cambada de chulos....



    eu quando estive num banco, também descontei para o SAMS e outras tretas e não é por isso que os utilizava....

    o valor que se desconta, é um valor que apenas te dá aposibilidade de recorreres a esses serviços...Agora, os exames, cnsultas, intervençõe cirurgicas, etc, devem ser pagos de forma, no minimo, mais proporcional à realidade....

  11. #71
    LB
    LB está offline
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    May 2004
    Localização
    , , .
    Posts
    462

    Por Defeito

    Muito se perseguem os funcionários públicos neste país... quer seja porque não somos atendidos de imediato e com todo o tipo de reclamações que por vezes levamos aos serviços de atendimentos, quer seja por causa do ditos aumentos e vencimentos superiores ao privado, quer seja por causa das comparticipações da ADSE...

    Criou-se um pensamento de culpabilização do funcionários públicos... mas serão so funcionários públicos, os que estão nas repartições publicas os verdadeiros culpados de tudo o que leva a culpar a função pública do estado deste país? Ou serão os senhores directores, chefes de gabinete, acessores, deputados, ministros e afins e ou grandes peixes os verdadeiros culpados desta situação? ou seja, os funcionários publicos que por lá aterram por motivos politicos e por politiquice os que verdadeiramente causam o caos nas finanças de qualquer sistema de reforma e de assistência médica? Porque raio se podem reformar os autarcas ao fim de algum (pouco tempo) com reforma por interiro? E podem acumular funções noutros serviços após essa reforma? Lembro-me de um recente ex-primeiro ministro, que se reformou e depois foi colocado como gestor da EDP... em que pode optar por qual dos rendimentos vai receber...

    Eu, no final do mês desconto para o IRS, ADSE e CGA tal como todos os trabalhadores: 10% para a CGA, mais 1% para a ADSE, portanto os mesmissimos 11% que o desconto para o SNS. Tenho mais regalias em relação ao que teria se descontasse para o SNS? Felizmente não tenho essa necessidade, mas estou a descontar todos os meses um montante que até à data não tive de usufruir. Se me dirigir ao SNS, fica esse registo feito e posteriormente a ADSE reembolsa o SNS. Por isso a questão de poder usufruir dos dois sistemas é pura balela!

    Outra coisa: o meu vencimento, para as funções que desempenho, seria no privado bem mais elevado. Mas provavelmente o efectivamente declarado seria bem menor..e porquê? Porque o meu patrão provávelmente quereria fazer assim, não tendo de pagar tantos impostos, nem os descontos para a Segurança Social, que representam um custo de 23.75% do ordenado que fosse declarado. Já trabalhei no privado, era assim que as coisas se passavam e sei que é assim continuam a passar, apesar de não concordar...eu, onde estou, tudo é declarado ao cêntimo, sem qualquer hipótese de fuga!
    Neste momento, e com a aplicação de uma coisa chamada SIADAP, algo que se pode comparar a uma progressão na carreira permitida por serem atingidos objectivos definidos, a grande maioria dos funcionários publicos não volta a ver uma progressão durante um largo periodo de anos. E porquê? Porque as regras foram feitas para que ninguém consiga atingir mais que a classificação de médio, por muito que se esforce ou que tente ultrapassar os objectivos que lhe foram impostos! Mesmo que o consiga, a decisão final da classificação fica ao critério dos tais funcionário publico-politicos, em que os amigos serão certamente beneficiados, trabalhem ou não!
    No final do ano certamente o aumento será novamente de 1%, porque é preciso apertar o cinto...mas continuamos a gastar desmesuradamente com obras públicas utópicas (tipo TGV), ou com frotas de carros para os senhores ministros topo de gama...para além das ajudas de custo, despesas de representação, viagens, e sei lá mais o quê que levam no final do mês...os peixes graúdos! Não me lixem a mim, e aos outros milhares de funcionários, que apesar de todos os dias tentarem levar isto para a frente, vão ser sempre os culpados de tudo aos olhos dos privados...
    O sentimento que se gerou em torno dos funcionários publicos leva os trabalhadores do privado a quererem o mal do funcionários públicos, e no lugar de quererem ascender ao mesmo tipo de regalias antes preferem que os funcionário públicos sejam castigados (estranha forma de pensar, mas enfim, estamos em Portugal....)

  12. #72
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    May 2004
    Localização
    Lisboa, Portugal.
    Posts
    895

    Por Defeito

    Agora no final do mês, olha para o recibo do vencimento de um deles e vê quanto descontam para a ADSE por mês, independentemente de usarem ou não, depois falamos.

    Muito bem!!!![^][^], assim a que é falar



  13. #73
    Chefe de Equipa CarlosL's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2003
    Localização
    다니는 여자들의 땅
    Posts
    29,326

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por LB

    ...
    Eu, no final do mês desconto para o IRS, ADSE e CGA tal como todos os trabalhadores: 10% para a CGA, mais 1% para a ADSE, portanto os mesmissimos 11% que o desconto para o SNS. Tenho mais regalias em relação ao que teria se descontasse para o SNS? Felizmente não tenho essa necessidade, mas estou a descontar todos os meses um montante que até à data não tive de usufruir. Se me dirigir ao SNS, fica esse registo feito e posteriormente a ADSE reembolsa o SNS. Por isso a questão de poder usufruir dos dois sistemas é pura balela!
    ...
    Claro que como cidadão, gostaria imenso de ver o FP a prestar um melhor serviço e a um custo suportável. Além de ver as instituições a funcionar como deve ser.

    Mas a citação ao texto tem a ver com um par de coisas. Os 11% não são para o SNS. Além do mais, as empresas privadas adicionam mais cerca de 24% aos 11% do funcionário, a título de Segurança Social. Daria para que qualquer pessoa tivesse acesso a serviços idênticos aos da ADSE.
    Além do mais, se a ADSE com 'apenas' 1% de desconto consegue ser tão rentável e uma cobertura considerada muito boa, porque raio o SNS para o mesmo tipo de serviços necessários não é eficaz?
    Parece-me que a ADSE é financiada por outras fontes, muito para além do 1% que cada FP contribui. E cheira-me que isso sai do bolso dos contribuintes, ou seja, do meu.
    A outra coisa, tem a ver com a afirmação de quem tem um não pode aceder ao outro. Há aí uma valente contradição. Não é verdade que quem tem SNS pode aceder aos serviços da ADSE. É verdade que quem tem ADSE pode recorrer ao SNS.

  14. #74
    Chefe de Equipa CarlosL's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2003
    Localização
    다니는 여자들의 땅
    Posts
    29,326

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Juju Delgado

    Agora no final do mês, olha para o recibo do vencimento de um deles e vê quanto descontam para a ADSE por mês, independentemente de usarem ou não, depois falamos.

    Muito bem!!!![^][^], assim a que é falar


    <center>1% de desconto</center>

    Quem é que paga o resto?

  15. #75
    Piloto de Provas de Perícia
    Data de Registo
    May 2004
    Localização
    Lisboa, Portugal.
    Posts
    895

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Carlos.L

    citação:Originalmente colocada por LB

    ...
    Eu, no final do mês desconto para o IRS, ADSE e CGA tal como todos os trabalhadores: 10% para a CGA, mais 1% para a ADSE, portanto os mesmissimos 11% que o desconto para o SNS. Tenho mais regalias em relação ao que teria se descontasse para o SNS? Felizmente não tenho essa necessidade, mas estou a descontar todos os meses um montante que até à data não tive de usufruir. Se me dirigir ao SNS, fica esse registo feito e posteriormente a ADSE reembolsa o SNS. Por isso a questão de poder usufruir dos dois sistemas é pura balela!
    ...
    Claro que como cidadão, gostaria imenso de ver o FP a prestar um melhor serviço e a um custo suportável. Além de ver as instituições a funcionar como deve ser.

    Mas a citação ao texto tem a ver com um par de coisas. Os 11% não são para o SNS. Além do mais, as empresas privadas adicionam mais cerca de 24% aos 11% do funcionário, a título de Segurança Social. Daria para que qualquer pessoa tivesse acesso a serviços idênticos aos da ADSE.
    Além do mais, se a ADSE com 'apenas' 1% de desconto consegue ser tão rentável e uma cobertura considerada muito boa, porque raio o SNS para o mesmo tipo de serviços necessários não é eficaz?
    Parece-me que a ADSE é financiada por outras fontes, muito para além do 1% que cada FP contribui. E cheira-me que isso sai do bolso dos contribuintes, ou seja, do meu.
    A outra coisa, tem a ver com a afirmação de quem tem um não pode aceder ao outro. Há aí uma valente contradição. Não é verdade que quem tem SNS pode aceder aos serviços da ADSE. É verdade que quem tem ADSE pode recorrer ao SNS.
    A ADSE tem uma assistência tão boa, que eu até o ano passado aderi a um seguro de saúde (Médis), por isso todos os meses me descontam uma quantia (X), e eu nem uso, pq não me satisfazia no serviço oferecido, e ninguem me pergunta se estou na disposição de descontar[8], é automático, lol

  16. #76
    Piloto de Provas de Perícia poloTDI's Avatar
    Data de Registo
    May 2006
    Localização
    Portugal
    Posts
    530

    Por Defeito

    Então, e quem desconta para SS? Nem sequer sabe quanto é vai para SNS, quanto é que vai para a reforma, quanto é que vai para o rendimento mínimo garantido do vizinho do lado que nem sequer procura trabalho, ou para os subsídios de doença atribuídos a muita gente e de que felizmente ainda não precisei?

    Por acaso, até gostaria de saber se dos descontos que são efectuados pelos FP, vai alguma quantia para a solidariedade social, vulgo rendimentos mínimos e afins? Porque, caso não vá, estão os que descontam para a SS a ser duplamente sacrificados, pois para além dos valores do OE para estas causas, ainda vão os descontos obrigatoriamente efectuados!
    Se alguém perceber alguma coisa de finanças públicas, diga pf para não estar a incorrer em erro.[8)]

    Por outro lado acho piada quando dizem que a ADSE não é suficientemente boa! Então, imaginem o que passa com um cidadão normal que SÓ tem acesso ao SNS, pois a ADSE lhe é vedade por não ser FP [8]

  17. #77
    rai
    rai está offline
    Piloto de Kart
    Data de Registo
    Oct 2004
    Localização
    , , .
    Posts
    386

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Avant

    citação:Originalmente colocada por air

    Pode ser que os que estão abrangidos pela ADSE deixem de comprar óculos de sol e até jóias à conta de factura para óculos "normais"... Não é todos que o fazem, mas uma grande maioria...
    Ora, ora, essa é que é essa. Não há regalia que se conceda ao portugas que eles não tentem logo arranjar o esquema para fazer render. Eu bem via ao que chegava a ADMG e a SAD-PSP, havia pessoas que tinham a distinta lata de vir às consultas médicas com cartões de familiares ou conhecidos (!) para passar os medicamentos em "nome deles", pois ficava mais barato... Até no SNS isso se passa, há utentes que fazem uma pressão enorme para passar os medicamentos no nome do paizinho reformado, que com o RT no cartão, tem direito ao regime especial de comparticipação... Dá ou não dá vontade de correr estes tipos à pedrada?
    Isso é um MITO! É evidente que não corresponde á verdade. Quando alguem ia a uma consulta médica pedir medicamentos em nome de outrem os médicos recusavam, como é éticamente correcto.

  18. #78
    Piloto de Provas de Perícia poloTDI's Avatar
    Data de Registo
    May 2006
    Localização
    Portugal
    Posts
    530

    Por Defeito

    citação:Isso é um MITO! É evidente que não corresponde á verdade. Quando alguem ia a uma consulta médica pedir medicamentos em nome de outrem os médicos recusavam, como é éticamente correcto.
    Como é que costumam dizer: "ironic mode on" :D

  19. #79
    Banido Nthor's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2004
    Localização
    Veritatis simplex oratio.
    Posts
    21,085

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por polo_TDI

    Continuo a dizer...
    Mas se queres tanto pq não fazes assim

    citação:Originalmente colocada por Excalibur

    (...)Só compete ás entidades privadas, sindicatos e afins exigir isso.

    Não peçam para retirar, peçam sim para integrar.



  20. #80
    Chefe de Equipa Omega's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Posts
    27,730

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7

    citação:Originalmente colocada por Omega

    citação:Originalmente colocada por Omega

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7

    citação:Originalmente colocada por Pé Leve

    citação:Originalmente colocada por pcnunes7
    ...Quanto aos 32 anos em que existem estes alegados direitos, deixa-me reavivar-te a memória. Sabes porque razão os FP's há cerca de 1 década atrás obtiveram estes "direitos" a mais que os restantes trabalhadores na Privada? porque tinham um ordenado mais baixo que os restantes trabalhadores, e depois de negociação, entendeu-se que, para equilibrar (igualdade, aquilo que reclaramaram há cerca de 3 décadas, e à qual agora chamam "dôr de cotovêlo") FP's com trabalhadores da Privada, deram-se esses "direitos" a mais aos FP's para contrabalançar o menor salário
    O pessoal parece ter não só esquecido isso (vá lá saber-se porquê...,) como também se esqueceu de que para além dos vários anos em que a FP não teve aumentos salariais, os valores encontrados em concertação social apenas serviram para impôr um tecto aos funcionários públicos, pois nas empresas privadas os aumentos salariais estipulados em sede de concertação social, que defeniram, ano após ano, os aumentos para a FP e lhes retiraram, paulatinamente, poder de compra/nível de vida, foram sistematicamente, ano após ano também, ultrapassados nas empresas privadas com aumentos sempre bem acima dos da FP...
    apesar desses aumentos, já viste os últimos números relativos à média de vencimentos da FP e da Privada?;)
    Quem tem maior vencimento ?
    .... declarado ?

    Não me digas que são os funcionários públicos ....

    p.s. Peço desculpa esqueci-me de completar a frase...
    vês como adivinhaste? e como é óbvio estamos a falar do declarado...
    :D:D:D:D:D:D

  21. #81
    Chefe de Equipa Omega's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Posts
    27,730

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por LB

    Muito se perseguem os funcionários públicos neste país... quer seja porque não somos atendidos de imediato e com todo o tipo de reclamações que por vezes levamos aos serviços de atendimentos, quer seja por causa do ditos aumentos e vencimentos superiores ao privado, quer seja por causa das comparticipações da ADSE...

    Criou-se um pensamento de culpabilização do funcionários públicos... mas serão so funcionários públicos, os que estão nas repartições publicas os verdadeiros culpados de tudo o que leva a culpar a função pública do estado deste país? Ou serão os senhores directores, chefes de gabinete, acessores, deputados, ministros e afins e ou grandes peixes os verdadeiros culpados desta situação? ou seja, os funcionários publicos que por lá aterram por motivos politicos e por politiquice os que verdadeiramente causam o caos nas finanças de qualquer sistema de reforma e de assistência médica? Porque raio se podem reformar os autarcas ao fim de algum (pouco tempo) com reforma por interiro? E podem acumular funções noutros serviços após essa reforma? Lembro-me de um recente ex-primeiro ministro, que se reformou e depois foi colocado como gestor da EDP... em que pode optar por qual dos rendimentos vai receber...

    Eu, no final do mês desconto para o IRS, ADSE e CGA tal como todos os trabalhadores: 10% para a CGA, mais 1% para a ADSE, portanto os mesmissimos 11% que o desconto para o SNS. Tenho mais regalias em relação ao que teria se descontasse para o SNS? Felizmente não tenho essa necessidade, mas estou a descontar todos os meses um montante que até à data não tive de usufruir. Se me dirigir ao SNS, fica esse registo feito e posteriormente a ADSE reembolsa o SNS. Por isso a questão de poder usufruir dos dois sistemas é pura balela!

    Outra coisa: o meu vencimento, para as funções que desempenho, seria no privado bem mais elevado. Mas provavelmente o efectivamente declarado seria bem menor..e porquê? Porque o meu patrão provávelmente quereria fazer assim, não tendo de pagar tantos impostos, nem os descontos para a Segurança Social, que representam um custo de 23.75% do ordenado que fosse declarado. Já trabalhei no privado, era assim que as coisas se passavam e sei que é assim continuam a passar, apesar de não concordar...eu, onde estou, tudo é declarado ao cêntimo, sem qualquer hipótese de fuga!
    Neste momento, e com a aplicação de uma coisa chamada SIADAP, algo que se pode comparar a uma progressão na carreira permitida por serem atingidos objectivos definidos, a grande maioria dos funcionários publicos não volta a ver uma progressão durante um largo periodo de anos. E porquê? Porque as regras foram feitas para que ninguém consiga atingir mais que a classificação de médio, por muito que se esforce ou que tente ultrapassar os objectivos que lhe foram impostos! Mesmo que o consiga, a decisão final da classificação fica ao critério dos tais funcionário publico-politicos, em que os amigos serão certamente beneficiados, trabalhem ou não!
    No final do ano certamente o aumento será novamente de 1%, porque é preciso apertar o cinto...mas continuamos a gastar desmesuradamente com obras públicas utópicas (tipo TGV), ou com frotas de carros para os senhores ministros topo de gama...para além das ajudas de custo, despesas de representação, viagens, e sei lá mais o quê que levam no final do mês...os peixes graúdos! Não me lixem a mim, e aos outros milhares de funcionários, que apesar de todos os dias tentarem levar isto para a frente, vão ser sempre os culpados de tudo aos olhos dos privados...
    O sentimento que se gerou em torno dos funcionários publicos leva os trabalhadores do privado a quererem o mal do funcionários públicos, e no lugar de quererem ascender ao mesmo tipo de regalias antes preferem que os funcionário públicos sejam castigados (estranha forma de pensar, mas enfim, estamos em Portugal....)
    [^][^][^][^][^][^]

  22. #82
    Banido Nthor's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2004
    Localização
    Veritatis simplex oratio.
    Posts
    21,085

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Carlos.L

    citação:Originalmente colocada por Juju Delgado

    Agora no final do mês, olha para o recibo do vencimento de um deles e vê quanto descontam para a ADSE por mês, independentemente de usarem ou não, depois falamos.

    Muito bem!!!![^][^], assim a que é falar


    <center>1% de desconto</center>

    Quem é que paga o resto?
    Vai-se pagando, ao longo dos anos até se precisar (como já foi demonstrado), estranho é um empresário que advoga que os fp ganham demais (segundo os empresários) fazer essa questão, uma vez que um fp que tenha ADSE desconta mais em 1% do que um empresário para a ss (os que cumprem).

    Quanto é que pagas do teu seguro de saúde 1%, 2%, 10%?

    Pagas o que podes pagar, no caso de quem trabalha paga o que pode pagar e se não está satisfeito tem de recorrer a soluções privadas pq nem lhe é dada a possibilidade de usar esse 1% noutro lado.

    Sendo que esse 1% será suficiente para uma pessoa é insuficiente para a habitual má gestão que se faz dele.




  23. #83
    Chefe de Equipa Omega's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Posts
    27,730

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Carlos.L

    citação:Originalmente colocada por LB

    ...
    Eu, no final do mês desconto para o IRS, ADSE e CGA tal como todos os trabalhadores: 10% para a CGA, mais 1% para a ADSE, portanto os mesmissimos 11% que o desconto para o SNS. Tenho mais regalias em relação ao que teria se descontasse para o SNS? Felizmente não tenho essa necessidade, mas estou a descontar todos os meses um montante que até à data não tive de usufruir. Se me dirigir ao SNS, fica esse registo feito e posteriormente a ADSE reembolsa o SNS. Por isso a questão de poder usufruir dos dois sistemas é pura balela!
    ...
    Claro que como cidadão, gostaria imenso de ver o FP a prestar um melhor serviço e a um custo suportável. Além de ver as instituições a funcionar como deve ser.

    Mas a citação ao texto tem a ver com um par de coisas. Os 11% não são para o SNS. Além do mais, as empresas privadas adicionam mais cerca de 24% aos 11% do funcionário, a título de Segurança Social. Daria para que qualquer pessoa tivesse acesso a serviços idênticos aos da ADSE.
    Além do mais, se a ADSE com 'apenas' 1% de desconto consegue ser tão rentável e uma cobertura considerada muito boa, porque raio o SNS para o mesmo tipo de serviços necessários não é eficaz?
    Parece-me que a ADSE é financiada por outras fontes, muito para além do 1% que cada FP contribui. E cheira-me que isso sai do bolso dos contribuintes, ou seja, do meu.
    A outra coisa, tem a ver com a afirmação de quem tem um não pode aceder ao outro. Há aí uma valente contradição. Não é verdade que quem tem SNS pode aceder aos serviços da ADSE. É verdade que quem tem ADSE pode recorrer ao SNS.
    Oh Carlos L. tu tens mesmo um trauma qualquer relaccionado com os funcionários públicos não tens ?
    :D:D:D:D

  24. #84
    Chefe de Equipa CarlosL's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2003
    Localização
    다니는 여자들의 땅
    Posts
    29,326

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Omega

    Oh Carlos L. tu tens mesmo um trauma qualquer relaccionado com os funcionários públicos não tens ?
    :D:D:D:D
    Não tenho. Penso que não...

    Preocupa-me é o pensamento de alguns. Sei que és FP e nunca andámos aqui com posições extremadas.

    Fico com os nervos em franja é a ler os comentários de situacionistas estilo Pé Leve, Nthor e ZeroRPM que entendem que têm como missão só ter previlégios, porque são FP (não apresentam outro argumento), enquanto a situação de outros milhões de trabalhadores não interessa a ninguém, muito menos a eles. [8D]

  25. #85
    Chefe de Equipa CarlosL's Avatar
    Data de Registo
    Sep 2003
    Localização
    다니는 여자들의 땅
    Posts
    29,326

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por Nthor

    Vai-se pagando, ao longo dos anos até se precisar (como já foi demonstrado), estranho é um empresário que advoga que os fp ganham demais (segundo os empresários) fazer essa questão, uma vez que um fp que tenha ADSE desconta mais em 1% do que um empresário para a ss (os que cumprem).

    Quanto é que pagas do teu seguro de saúde 1%, 2%, 10%?

    Pagas o que podes pagar, no caso de quem trabalha paga o que pode pagar e se não está satisfeito tem de recorrer a soluções privadas pq nem lhe é dada a possibilidade de usar esse 1% noutro lado.

    Sendo que esse 1% será suficiente para uma pessoa é insuficiente para a habitual má gestão que se faz dele.
    Palavra que não percebi. Texto e contas. Podes ser mais claro?

  26. #86
    Piloto de Troféu XlPower's Avatar
    Data de Registo
    Apr 2004
    Localização
    Num carro trihibrido, gasolina, eléctrico e GPL.
    Posts
    7,572

    Por Defeito

    É óbvio que 1% não dá para pagar o que usufruem.
    Então, se acham que dá, porque é que o estado não acaba
    com isso. Cada um que fique com os seus 1%, e que depois
    contrate um seguro de saúde quem quiser.
    Depois quero ver aonde é que vão arranjar um seguro
    de saúde com as mesmas regalias da ADSE com 1% do salário.
    É que nem 2 ou 3%, quase de certeza.

  27. #87
    Piloto de Fórmula 1 pmct's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2003
    Posts
    18,970

    Por Defeito

    na Conta Geral do estado de 2004 encontra-se o seguinte paragrafo:

    Foram várias as situações de regularização de dívidas a que se procurou acorrer, nomeadamente, do Serviço Nacional de Saúde (1 851,8 milhões de euros, dos quais 580,0 milhões de euros eram despesa do ano), de subsistemas públicos de saúde (261,4 milhões de euros), como a ADSE, dívidas de diversos ministérios à Segurança Social (224,8 milhões de euros), do Instituto das Estradas de Portugal para entidades não públicas (136,8 milhões de euros), relativa à compensação às autarquias locais do efeito da Reforma Tributária do Património (120,0 milhões de euros) ou da contribuição financeira de Portugal para o orçamento da União Europeia (112,1 milhões de euros).


    È evidente que se ha estas dividas para pagar então o 1% não chega, logo eu o eo Carlos.L pagamos [**]

  28. #88
    Banido Nthor's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2004
    Localização
    Veritatis simplex oratio.
    Posts
    21,085

    Por Defeito

    citação:Originalmente colocada por pmct

    na Conta Geral do estado de 2004 encontra-se o seguinte paragrafo:

    Foram várias as situações de regularização de dívidas a que se procurou acorrer, nomeadamente, do Serviço Nacional de Saúde (1 851,8 milhões de euros, dos quais 580,0 milhões de euros eram despesa do ano), de subsistemas públicos de saúde (261,4 milhões de euros), como a ADSE, dívidas de diversos ministérios à Segurança Social(224,8 milhões de euros), do Instituto das Estradas de Portugal para entidades não públicas (136,8 milhões de euros), relativa à compensação às autarquias locais do efeito da Reforma Tributária do Património (120,0 milhões de euros) ou da contribuição financeira de Portugal para o orçamento da União Europeia (112,1 milhões de euros).


    È evidente que se ha estas dividas para pagar então o 1% não chega, logo eu o eo Carlos.L pagamos [**]

    Se há dividas para pagar, mesmo depois de as pessoas terem feito os seus descontos e pago os seus impostos é obvio que o problema é a má gestão que se faz dos dinheiros e nesse caso pagas tu e pago eu, pagamos todos a incompetencia destes políticos e governos que ao invés de governarem o país, vão-se governando.

    Podias tb ter sublinhado isto:

    citação:Foram várias as situações de regularização de dívidas a que se procurou acorrer, nomeadamente, do Serviço Nacional de Saúde (1 851,8 milhões de euros, dos quais 580,0 milhões de euros eram despesa do ano), de subsistemas públicos de saúde (261,4 milhões de euros), como a ADSE, dívidas de diversos ministérios à Segurança Social (224,8 milhões de euros), do Instituto das Estradas de Portugal para entidades não públicas (136,8 milhões de euros), relativa à compensação às autarquias locais do efeito da Reforma Tributária do Património (120,0 milhões de euros) ou da contribuição financeira de Portugal para o orçamento da União Europeia (112,1 milhões de euros)
    Ou não era relevante?

    Significando que nem dentro do proprio estado as contas tem sido pagas, o que convenhamos mostra como o estado está a ser (mal) gerido.





Página 3 de 3 PrimeiraPrimeira ... 23

LinkBacks (?)

  1. *Clix
    Refback This thread
    04-03-09, 14:09:07

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.