Corrente vs correia distribuição
 Rede MPL:
Página 1 de 4 12 ... ÚltimaÚltima
A mostrar resultados 1 para 30 de 105

Título: Corrente vs correia distribuição

  1. #1
    ice
    ice está offline
    Piloto de Troféu ice's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    Portugal
    Posts
    5,671

    Por Defeito Corrente vs correia distribuição

    Depois de uma breve pesquisa não encontrei dados concretos sobre o tema

    Quais os motores que montam corrente?

    Já agora digam de vossa opinião, quais os prós/contras da mesma?

    Qual o sistema que preferem?


    Adientando-me,

    -1.2 16v que equipa os corsas c

    -2.0d 177cv da bmw

    -1.2 16v do jazz (penso que este também é...)

    Quanto a mim os benefícios são a maior longevidade deste sistema, o que reduz significativamente os custos de manutenção, evitando ainda algumas azelhices que por norma destroem um bloco...

    Além disso, eu deposito mais confiança numa corrente que numa correia, mas aqui admito que seja um aspecto subjectivo...

    Contras, para já não me recordo de nenhum...


    PS: se este tópico se enquadrar nas boxes ou noutro local, peço que o deixem um pouco no geral, para ter mais visibilidade)

    Cump.


  2. #2
    Piloto de Fórmula 1 ZylmhuinVII's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2005
    Localização
    De cá para lá, de lá para cá...
    Posts
    15,055

    Por Defeito

    1.4 D4-D da Toyota tem corrente

  3. #3
    Piloto de Troféu nogueiraribeiro's Avatar
    Data de Registo
    Jun 2003
    Localização
    Porto
    Posts
    7,509

    Por Defeito

    Pessoalmente prefiro correntes, aliás foi um dos factores que somei aos custos de manutenção antes de comprar carro. Quando perguntava por aqui se alguns carros tinham correntes ou correias, perguntavam-me se estava a gozar, mas é um gasto extra na manutenção.


    Acabei por compara D-4D, já são assim desde o Corolla anterior!


    A gama Toyota de ligeiros já é toda a correntes, se não me engano, o 1º Yaris já era a correntes também!

  4. #4
    ice
    ice está offline
    Piloto de Troféu ice's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    Portugal
    Posts
    5,671

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por nogueira_ribeiro Ver Post
    Pessoalmente prefiro correntes, aliás foi um dos factores que somei aos custos de manutenção antes de comprar carro. Quando perguntava por aqui se alguns carros tinham correntes ou correias, perguntavam-me se estava a gozar, mas é um gasto extra na manutenção.


    Acabei por compara D-4D, já são assim desde o Corolla anterior!


    A gama Toyota de ligeiros já é toda a correntes, se não me engano, o 1º Yaris já era a correntes também!

    Tinha ideia que o 1.4 diesel era de corrente, mas não tinha certezas

    Mas não sabia que o 2.0 diesel, e tão pouco os gasolineiros, também são por corrente.


    Cump.

  5. #5
    Banido DJBS's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2009
    Posts
    571

    Por Defeito

    Os CDI também usam corrente. Acho uma solução muito mais fiável, contudo, tem um contra que é o ruído. As correntes tornam o motor mais ruidoso

  6. #6
    Banido P0rnStar's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2005
    Localização
    Vendas Novas
    Posts
    4,546

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ice Ver Post
    Depois de uma breve pesquisa não encontrei dados concretos sobre o tema

    Quais os motores que montam corrente?

    Já agora digam de vossa opinião, quais os prós/contras da mesma?

    Qual o sistema que preferem?


    Adientando-me,

    -1.2 16v que equipa os corsas c

    -2.0d 177cv da bmw

    -1.2 16v do jazz (penso que este também é...)

    Quanto a mim os benefícios são a maior longevidade deste sistema, o que reduz significativamente os custos de manutenção, evitando ainda algumas azelhices que por norma destroem um bloco...

    Além disso, eu deposito mais confiança numa corrente que numa correia, mas aqui admito que seja um aspecto subjectivo...

    Contras, para já não me recordo de nenhum...


    PS: se este tópico se enquadrar nas boxes ou noutro local, peço que o deixem um pouco no geral, para ter mais visibilidade)

    Cump.
    Melhor que isso tudo:

    Os V4 Honda que usam cascatas de engrenagens



    Elimina todos os problemas de desgaste e folgas das correias/correntes. Dura teoricamente a vida útil do motor

  7. #7
    Piloto de Rallye rogerAjacto's Avatar
    Data de Registo
    Aug 2004
    Localização
    Alto Da Maia, Porto, Portugal, Portugal
    Posts
    12,838

    Por Defeito

    O 1.248cc Multijet também é de corrente.

  8. #8
    Chefe de Equipa MrsX's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2007
    Posts
    28,938

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ice Ver Post
    -1.2 16v do jazz (penso que este também é...)

    Cump.
    Actualmente TODOS os modelos Honda usam corrente.

  9. #9
    Piloto Lendário Valium's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2003
    Localização
    Lisboa
    Posts
    33,479

    Por Defeito

    As correntes apesar de ter uma vida mais longa que as correias - estas por norma 100 mil km's - não necessitam igualmente de ser mudadas?

  10. #10
    Chefe de Equipa MrsX's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2007
    Posts
    28,938

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Valium Ver Post
    As correntes apesar de ter uma vida mais longa que as correias - estas por norma 100 mil km's - não necessitam igualmente de ser mudadas?
    Que eu saiba não, mas só posso falar até aos 240.000 kms que é quando acaba o livro de revisões dos modelos que conheço em que é aconselhada uma inspecção a cada 40.000 kms (coisa rápida).
    Última edição por MrsX : 04-03-09 às 13:07:06

  11. #11
    air
    air está online
    Piloto Veterano air's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Porto/Aveiro
    Posts
    21,042

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por P0rn-Star Ver Post
    Melhor que isso tudo:

    Os V4 Honda que usam cascatas de engrenagens



    Elimina todos os problemas de desgaste e folgas das correias/correntes. Dura teoricamente a vida útil do motor
    Desconhecia esta opção. Mais cara mas muito melhor do ponto de vista de problemas futuros.

  12. #12
    ice
    ice está offline
    Piloto de Troféu ice's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    Portugal
    Posts
    5,671

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Valium Ver Post
    As correntes apesar de ter uma vida mais longa que as correias - estas por norma 100 mil km's - não necessitam igualmente de ser mudadas?
    No manual do corsa, não me lembro de ter visto nenhuma referência à troca. Apenas verificações.

    Com certeza que se o motor for sujeito a um grande desgaste, seja por kms percorridos ou por condições de utilização extrema, devem de ser substituídas. Mas isto digo eu...

    Hum, então o 2.2ctdi do accord/civic também é por correias... os niponicos em força.

    A merdeces, assim como a bmw também...pelo menos no diesel...

    Será que o 2.0 que equipa os 190d também é?

    Curioso, nos carros que andei com corrente não notei nada de "invulgar", nem sequer o barulho. Refiro-me mais concretamente ao jazz

    Esses V4 são os montados nas vfr´s, certo P0rn-Star?

    Além de um barulho típico de carros de nascar (que adoro), pelo que vejo têm uma solução è prova de erros no que toca à distribuição

    Já agora, os modelos diesel da zafira, com o 2.0 e 2.2 são de corrente


    Cump.

  13. #13
    Banido DJBS's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2009
    Posts
    571

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ice Ver Post
    No manual do corsa, não me lembro de ter visto nenhuma referência à troca. Apenas verificações.

    Com certeza que se o motor for sujeito a um grande desgaste, seja por kms percorridos ou por condições de utilização extrema, devem de ser substituídas. Mas isto digo eu...

    Hum, então o 2.2ctdi do accord/civic também é por correias... os niponicos em força.

    A merdeces, assim como a bmw também...pelo menos no diesel...

    Será que o 2.0 que equipa os 190d também é?

    Curioso, nos carros que andei com corrente não notei nada de "invulgar", nem sequer o barulho. Refiro-me mais concretamente ao jazz


    Esses V4 são os montados nas vfr´s, certo P0rn-Star?

    Além de um barulho típico de carros de nascar (que adoro), pelo que vejo têm uma solução è prova de erros no que toca à distribuição

    Já agora, os modelos diesel da zafira, com o 2.0 e 2.2 são de corrente


    Cump.
    No Jazz ainda não tive um contacto próximo não sei. E os modelos mais recentes disfarçam bastante acredito que não se note. Mas dou um exemplo: tenho um amigo com uma C250 turbodiesel station de 1998. Nota-se bastante...

  14. #14
    ice
    ice está offline
    Piloto de Troféu ice's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    Portugal
    Posts
    5,671

    Por Defeito

    Sendo diesel deve-se tornar mais dificil de ouvir.

    Esse c250 ou é um motor muito silencioso, ou então a correia faz mesmo muito barulho.

    No 20d da bmw não consigo ouvir nada, mas não o dei como exemplo justamente por ser diesel ; )


    Cump.

  15. #15
    Banido DJBS's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2009
    Posts
    571

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ice Ver Post
    Sendo diesel deve-se tornar mais dificil de ouvir.

    Esse c250 ou é um motor muito silencioso, ou então a correia faz mesmo muito barulho.

    No 20d da bmw não consigo ouvir nada, mas não o dei como exemplo justamente por ser diesel ; )


    Cump.
    O motor até nem é silencioso. Os motores diesel BMW são mais silenciosos que os mercedes. Mas dá para ouvir

  16. #16
    Piloto de Fórmula 1 Braz's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Port-au-Prince, Haiti
    Posts
    19,909

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por DJBS Ver Post
    No Jazz ainda não tive um contacto próximo não sei. E os modelos mais recentes disfarçam bastante acredito que não se note. Mas dou um exemplo: tenho um amigo com uma C250 turbodiesel station de 1998. Nota-se bastante...
    Experimentem andar num Corsa B ou C 1.0 12v...

  17. #17
    Banido P0rnStar's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2005
    Localização
    Vendas Novas
    Posts
    4,546

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ice Ver Post
    No manual do corsa, não me lembro de ter visto nenhuma referência à troca. Apenas verificações.

    Com certeza que se o motor for sujeito a um grande desgaste, seja por kms percorridos ou por condições de utilização extrema, devem de ser substituídas. Mas isto digo eu...


    Esses V4 são os montados nas vfr´s, certo P0rn-Star?

    Além de um barulho típico de carros de nascar (que adoro), pelo que vejo têm uma solução è prova de erros no que toca à distribuição

    Cump.
    Sim, os V4 que falo Honda são os das VFR. A minha tem um escape mais aberto e perto do red-line nada soa como aquilo. E falo literalmente, pois não há nada no mercado com arquitectura V4 e a fazer 12 mil + rpm.

    É uma arquitectura que provém dos motores de competição que a Honda usava. É a solução mais complexa e dispendiosa, mas a mais segura e eficaz e robusta. É no entanto também a mais ruidosa, mas falamos de motas, tem de fazer barulho!

    Quanto às correntes vs correias

    Numa toada muito genérica, as correntes dependendo das tolerancias dos fabricantes fazem 350 mil + KM, mas têm a desvantagem de encarecerem o conjunto. As correntes por vezes também não são escolhidas para certos motores pois esticam e começam a fazer muito ruído por ganharem folgas e em motores a gasolina muito rotativos podem causar flutuações no acerto do timing das cames quando há folgas. Por isso se vêm mais correntes nos motores diesel, embora alguns motores a gasolina que façam menos de 7000 rpm também usem correntes, mas alguns fabricantes aconselham a substituição das mesmas aos 200 mil.

    Um sistema de correias é muito mais económico na construção do motor mas torna o bloco maior com todo o sistema de polies e tensores e ao mesmo tempo necessita de várias substituições ao longo da vida útil do motor. Por outro lado como se é "obrigado" a mudar as correias de X em X anos ou num intervalo de 100 mil KM ou menos, os timings das cames estão à partida sempre assegurados

  18. #18
    Banido P0rnStar's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2005
    Localização
    Vendas Novas
    Posts
    4,546

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Braz Ver Post
    Experimentem andar num Corsa B ou C 1.0 12v...
    Mas esse motor não é bom exemplo para nada! É um manco muito mal conseguido, mecanica e electronicamente

  19. #19
    Banido MrBrown's Avatar
    Data de Registo
    Dec 2008
    Localização
    = f(t,€)
    Posts
    4,921

    Por Defeito

    Isto corrente vs correia é quase um telégrafo vs telemóvel (pelo menos na prática). Como não estamos a falar de uma transmissão final, como por exemplo nas motas, a corrente tem mais vantagens. Quando ao ruído, não sei ao certo quais são os motores de cilindrada equivalente que usam correia (mas provavelmente ja estive à beira de algum), mas tenho a dizer que o 1.4 d4-d é dos pequenos motores diesel mais silenciosos que por aí anda...mesmo uma carrada de anos depois de saír.

    Quanto às engrenagens da Honda, é um conceito já antigo, mas que é muito dispendioso, e em caso de algo correr mal, é um tombo económico que dá pra encostar o carro e comprar um usado fracote que ande (se já quando se parte a corrente é o que é...). Tinha a ideia que também se aplicava maioritariamente em motas, por causa dos binários automóveis serem geralmente superiores e fazer peças que aguentem sai caro...

  20. #20
    Piloto de Fórmula 1 Braz's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2003
    Localização
    Port-au-Prince, Haiti
    Posts
    19,909

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por P0rn-Star Ver Post
    Mas esse motor não é bom exemplo para nada! É um manco muito mal conseguido, mecanica e electronicamente
    Estava a falar em ralação ao ruído, que neste caso, nota-se bem.

  21. #21
    Banido DJBS's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2009
    Posts
    571

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Braz Ver Post
    Estava a falar em ralação ao ruído, que neste caso, nota-se bem.
    nem mais

  22. #22
    Piloto de Troféu ClioIIIRS's Avatar
    Data de Registo
    Jul 2008
    Localização
    Portugal
    Posts
    9,845

    Por Defeito

    O 1.25 Multijet tem de mudar a correia aos 150k mil km se não me engano.

    Já agora sabem quanto fica isso ?

  23. #23
    Banido
    Data de Registo
    Jan 2009
    Posts
    401

    Por Defeito

    Pelo que li aqui no tópico, é comum a correia ser mudada por volta dos 100 mil km, dependendo do motor em questão.

    Tenho um peugeot 206 1.4hdi e fiquei surpreendido por vir estipulado no guia de manutenção mudança de correia aos 160 mil km.

    Mais surpreedido (e baralhado) fiquei quando liguei para a marca a confirmar e me adiantaram que seria só aos 240 mil km.


    Não acham que são kms a mais para uma correia de distribuição?

    Será por se tratar de um motor com pouco binário?

    Ou será que este motor usa corrente?

    Alguém que me possa ajudar por favor.

    Cumps.

  24. #24
    Banido P0rnStar's Avatar
    Data de Registo
    Oct 2005
    Localização
    Vendas Novas
    Posts
    4,546

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por Mr.Brown Ver Post
    Quanto às engrenagens da Honda, é um conceito já antigo, mas que é muito dispendioso, e em caso de algo correr mal, é um tombo económico que dá pra encostar o carro e comprar um usado fracote que ande (se já quando se parte a corrente é o que é...). Tinha a ideia que também se aplicava maioritariamente em motas, por causa dos binários automóveis serem geralmente superiores e fazer peças que aguentem sai caro...
    A cascata de engrenagens é mais antigo que as correias, mas aqui já não falamos de motores modernos, mas sim blocos antigos com cames no bloco (e não à cabeça).

    O sistema de cascata de engrenagens que a Honda usava nas VFR (agora esse modelo é V-Tec, portanto corrente) é um sistema complexo pois tem duas bancadas de cilindros por ser um motor em V e tem duas rodas dentadas antes da última chegar às cames em si, colocadas obviamente na cabeça do motor. Abaixo:



    Este sistema é à prova de bala, não há propriamente casos de "algo correr mal". Ou aguenta-se, ou aguenta-se! Isto em corridas (se os regulamentos o permitir) é o sistema padrão!

    Outro exemplo, mas desta vez de um bloco preparado especificamente para corridas (portanto a escolha das cascatas foi por ordem de importância: fiabilidade em todas as rotações, durabilidade a longo prazo (provas de resistência), tamanho do bloco e por fim custo (mais elevado).



    O antigo sistema de cascatas que falo é dos blocos americanos com uma cames no bloco dos cilindros, como este Chevy small block



    Depois de 5 horas e meia de profundo photoshop (ou 2 minutos no paint) legendei e destaquei certos elementos. A cambota dá movimento à cames mas esta não sai do bloco de cilindros, não é uma cames à cabeça. Depois aquele veio na oblíqua que destaquei a vermelho é que tem um movimento rectilínio vai-vem e faz actuar as válvulas.

    Nestes blocos são usadas ou correntes ou cascatas de engrenagens, mas num conjunto bem mais simples

    Ou assim:



    Ou com isto:

    Última edição por P0rnStar : 04-03-09 às 15:07:42

  25. #25
    Piloto de Testes migueldefender's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2004
    Localização
    Lisboa, Portugal.
    Posts
    2,034

    Por Defeito

    De facto a corrente tem um tempo de vida bastante logo, mas quando se muda a corrente tambem se paga bem, pois além da corrente, tem que se mudar todos os tensores (penso que seja este o nome). No meu caso tenho duas correntes e só de tensores são no mínimo 8, para além que quando as tiver de trocar, terá de ser com o motor cá fora. No entanto, acho um sistema bem mais fiável e seguro.


    Cumprimentos,

  26. #26
    Piloto de Rallye ciber007's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2004
    Posts
    10,563

    Por Defeito

    Citação Originalmente Colocado por ClioIIIRS Ver Post
    O 1.25 Multijet tem de mudar a correia aos 150k mil km se não me engano.

    Já agora sabem quanto fica isso ?
    A única correia que esse motor muda é a do alternador, perfeitamente visível ao lado do motor (lado do passageiro).

    Quanto ao sistema de distribuição por cascata de carretos, não é único do V4 da Honda VFR e muito menos da Honda, há muitos carros que usam mas são regra geral veículos pesados e sujeitos a esforços de tracção.

    Por exemplo, a Nissan Cabstar 2.5 de 1984 também faz a distribuição por carretos.

    Cumprimentos.

  27. #27
    Piloto de Rallye ciber007's Avatar
    Data de Registo
    Mar 2004
    Posts
    10,563

    Por Defeito

    As correntes são preferidas porque permitem poupar no custo de susbtituição e duram imenso tempo, seguramente a maioria de nós nunca terá de mudar isso ao longo de toda a vida do veículo. Salvo raras excepções, só se substitui com mais de 300mil kms, no momento em que começa a fazer muito barulho.

    O Corsa C 1.2 é um caso de um motor em que se ouve perfeitamente a corrente a fazer o seu trabalho.

    Penso que as desvantagens face às de correia são:

    - maior ruído de funcionamento
    - ligeiro aumento no consumo de combustível

    Cumprimentos.

  28. #28
    ice
    ice está offline
    Piloto de Troféu ice's Avatar
    Data de Registo
    Jan 2003
    Localização
    Portugal
    Posts
    5,671

    Por Defeito

    Eu não devo estar a ouvir bem

    No corsa c mal ouço o motor. É mais audível que o jazz, mas ainda assim... mas se calhar é de estar habituado a traineiras diesel

    O consumo é que me deixa baralhado.... então os d4d, que são conhecidos por serem poupaditos, assim como o "motor do momento", o 20d da bmw, são de corrente e têm consumos dos mais baixos nas respectivas classes... já o 1.250 da opel/fiat também acontece o mesmo...

    Não creio que o consumo seja factor de diferença...

    Faço novamente a pergunta para o pessoal dos opeles, o 2.0 e o 2.2 que equipam a zafira são de corrente?


    Cump.

  29. #29
    Piloto de Testes HenriquesJ's Avatar
    Data de Registo
    Nov 2003
    Localização
    Lisboa, , Portugal.
    Posts
    3,244

    Por Defeito

    Eu tenho dois carros um Hybrid com corrente e um Clio com correia, quando comprei os carros nem tinha pensado nos custos da manutenção destes sistemas mas agora já tenho, acabei de gastar uma pipa de massa a mudar a correia do Clio (750€) enquanto que o Honda tem corrente para toda a vida. Acho que as pessoas deviam ter em consideração a manutenção das correias dos seus automóveis na compra porque quando é necessário trocar gasta-se muito dinheiro e é de 5 em 5 anos ou 120.000km, 5 anos passa num instante.

  30. #30
    Banido DJBS's Avatar
    Data de Registo
    Feb 2009
    Posts
    571

    Por Defeito

    acho que a melhor opção eram os atacadores de sapatos em vez de correias ou correntes...



    sim eu sei nao teve piada

Página 1 de 4 12 ... ÚltimaÚltima

Tópicos semelhantes

  1. Respostas: 24
    Último Post: 27-01-12, 17:43:21
  2. Correia de Distribuição
    Por paulomiguel68 na secção Boxes
    Respostas: 42
    Último Post: 17-12-08, 20:10:59
  3. Correia Distribuição
    Por lazyandcrazy na secção Boxes
    Respostas: 11
    Último Post: 26-11-08, 15:44:09
  4. Respostas: 2
    Último Post: 21-05-08, 09:01:32
  5. CORRENTE DE DISTRIBUIÇÃO?
    Por ebrotas na secção FÓRUM GERAL
    Respostas: 6
    Último Post: 22-05-06, 16:36:34

Regras de Colocação

  • Não pode criar tópicos
  • Não pode responder
  • Não pode colocar anexos
  • Não pode editar os seus posts
  •  

A Motorpress Lisboa S.A. não pode ser responsabilizada pelas opiniões, imagens, links ou outros conteúdos submetidos pelos utilizadores deste Fórum.
Este Website encontra-se registado na Comissão Nacional de Protecção de Dados.